Arquivo por tag: tempestade solar

mar 10

Nova Ejeção de Massa Coronal (EMC) a caminho da Terra

A mancha solar AR1429 continua em forte atividade tendo liberado um nova erupção da classe M6 em 9 de março 03:58 UT. A explosão expulsou uma nuvem de plasma praticamente na direção da Terra. Conforme reportaram os analistas do Goddard Space Weather Lab, a EMC (Ejeção de Massa Coronal – em inglês: CME) chegará ao nosso planeta em …

Continue lendo »

mar 07

Sol mostrou sua força em uma explosão classe X5,4 em 07 de março de 2012 [atualizado]

A região ativa solar 1429 explodiu gerando uma tempestade solar (“solar flare” ou fulguração solar) classe X5,4 hoje pela manhã (00:28 UT), conforme capturado na imagem acima pelo Observatório de Dinâmica Solar (Solar Dynamics Observatory – AIA 304). A erupção solar expulsou uma enorme quantidade de plasma, uma EMC (Ejeção de Massa Coronal), veja abaixo …

Continue lendo »

jan 24

A Terra foi atingida hoje (24/01/2012) pela maior tempestade solar dos últimos 7 anos

Está previsto que uma potente erupção solar descarregue enormes quantidades de partículas ionizadas sobre o campo magnético da Terra a partir de hoje, resultado da maior tempestade solar desde 2005 que prossegue em andamento no Sol. De acordo com o site Spaceweather.com, às primeiras horas da madrugada de 23 de Janeiro (03h59min UT), a sonda …

Continue lendo »

abr 23

UAU! O SDO (Solar Dynamics Observatory) revela suas primeiras visões do Sol

http://www.newscientist.com/articleimages/dn18805/3-rings-of-fire-erupt-from-sun-in-nasa-probes-first-videos.html

O momento tão esperado da astrofísica solar chegou: o novo observatório solar da NASA (SDO – Solar Dynamics Observatory) está em operação. E o que podemos dizer? UAU! As primeiras imagens foram liberadas pala o público, mostrando-nos visões incríveis do Sol, com close-ups extremos em detalhes jamais vistos. Há manchas solares, explosões, labaredas gigantescas de …

Continue lendo »

jan 26

NOAA: como os cientistas podem prever as erupções solares (solar flares)?

Por décadas os especialistas têm procurado por sinais no Sol que poderiam indicar pistas para incrementar a previsão da ocorrência de erupções solares (solar flares — poderosas explosões de energia solar que podem supercarregar eletricamente a alta atmosfera terrestre e danificar satélites e eventualmente nos perturbar pois cada vez mais dependemos destas tecnologias). Agora, um …

Continue lendo »

out 27

O enigma da corona solar superaquecida parte 3: A ‘chuva solar’ pode explicar o mistério?

A chuva solar pode explicar as razões do calor infernal da corona? A atmosfera exterior do Sol, com a temperatura que chega a um milhão de graus do Sol é o último lugar onde esperaríamos encontrar algo como a chuva, no entanto a encontramos por lá sob uma forma exótica. Este fenômeno poderia ajudar a …

Continue lendo »

ago 19

O enigma da corona solar superaquecida parte 2: As nanoflamas solares explicam a alta temperatura da corona solar?

Pequenas explosões de calor e energia denominadas de nanoflamas provocam a elevação das temperaturas da atmosfera do Sol que alcançam milhões de graus de temperatura, conforme os cientistas da NASA. A atmosfera exterior do Sol, chamada de corona solar, está repleta de loops de gás aquecido que se formam arcos a grande altura sobre a …

Continue lendo »

jun 29

As sondas STEREO observam a primeira atividade de grande porte do ciclo solar 24 no lado oculto do Sol

O Sol tem se mantido muito calmo ultimamente… Assim, a visão de uma nova atividade solar de maior intensidade depois de um longo período de calmaria é saudada pelos meteorologistas espaciais. O fato marcante, contudo, é que a tempestade solar foi vista primeiro no lado oculto do Sol pela sonda solar STEREO! Uma das sondas …

Continue lendo »

maio 06

As estrelas anãs-laranjas são os verdadeiros oásis para a evolução da vida

O lugar mais apropriado para a existência da vida deve ser em volta de estrelas ligeiramente menos massivas que o Sol, denominadas anãs-laranjas, conforme análise publicada recentemente.

Essas estrelas vivem bem mais que o Sol (a vida útil de uma estrela é o tempo de permanência na seqüência principal) e têm zonas habitáveis (regiões onde água líquida pode existir em planetas) bem mais seguras (como a do Sol) que aquelas que se apresentam nas estrelas anãs-vermelhas menores.

abr 03

Sol: onde estão as manchas solares afinal?

Nada tem acontecido no Sol há algum tempo, pelo menos quando discutimos sobre a presença (ou melhor: ausência) das manchas solares. “Estamos experimentando um mínimo solar muito profundo”, disse o físico solar Dean Pesnell do Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Mariland, EUA. Em 2008 não observamos nenhuma mancha solar em 266 dos 366 dias do ano (73%). A contagem para as manchas solares em 2009 caiu ainda mais: em 03 de abril de 2009 12 dos 93 dias apresentaram alguma mancha, ou seja, tivemos um índice de inatividade de 87%. Para aqueles que acompanham o Sol rotineiramente esse é o Sol mais calmo já visto em quase um século. Mas, o que isso significa para nós?

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!