Arquivo por tag: Subaru

maio 28

A fantástica imagem da nebulosa do Cone pelo Hubble

Estrelas nascem no gigantesco pilar de poeira cósmica denominado Nebulosa do Cone, que reside a 2500 anos-luz na constelação do Unicórnio (Monoceros). Cones, pilares, e majestosos formatos de fluxos preenchem os berçários estelares onde a nuvens de gás e poeira são agitadas pelos ventos energéticos provenientes das estrelas recém nascidas. A Nebulosa do Cone, um conhecido cenário deste …

Continue lendo »

maio 07

Robert Gendler apresenta a impressionante galáxia vizinha NGC 2841

http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/2011/06/image/b/

NGC 2841 é uma das mais massivas das galáxias vizinhas. Esta gloriosa galáxia espiral não barrada reside na direção da constelação boreal da Ursa Maior e dista de nós ‘apenas’ (em termos galácticos) 46 milhões de quilômetros. Esta visão contundente deste maravilhoso universo-ilha nos mostra um impressionante núcleo amarelado imerso em um gigantesco disco galáctico.

Continue lendo »

abr 02

Hubble ajuda a resolver o mistério da extinção das antigas galáxias ultracompactas

Usando os telescópios espaciais Hubble e Spitzer e o Observatório Espacial Herschel, os astrônomos conseguiram obter a sequência evolutiva das galáxias elípticas compactas que se tornaram ativas e se extinguiram no início da história do Universo. Com a ajuda dos sensores em infravermelho do Telescópio Espacial Hubble, os astrônomos conseguiram, pela primeira vez, uma amostra …

Continue lendo »

jan 09

A fascinante galáxia espiral NGC 6946 processada por Robert Gendler usando imagens do telescópio Subaru

A partir do nosso ponto de observação na nossa galáxia, a Via Láctea, vemos uma face da galáxia NGC 6946 em sua plenitude. Esta enorme e belíssima galáxia espiral reside a “apenas” 10 milhões de anos luz de distância de nós, atrás de um véu de poeira e estrelas na constelação de Cepheus.

Continue lendo »

dez 17

Astrônomos do ESO esclarecem o mistério das explosões de raios gama obscuras: a presença da poeira cósmica

As explosões de raios gama (sigla GRB, em inglês, Gamma Ray Burst) estão entre os fenômenos mais energéticos do Universo, Entretanto, algumas destas poderosas explosões parecem curiosamente fracas quando observadas no espectro da luz visível. Os astrônomos do ESO fizeram agora uma pesquisa mais detalhada sobre estes tipo peculiar de GRBs, denominada de ‘explosões de …

Continue lendo »

maio 21

SXDF-XCLJ0218-0510: descoberto o aglomerado de galáxias mais distante no Universo observável

Um time internacional de astrônomos alemães e japoneses descobriu o aglomerado de galáxias mais distante até agora já detectado cuja luz leva 9,6 bilhões de anos para chegar até nós. As observações em raios-X e no infravermelho mostraram que o aglomerado é dominado por galáxias antigas e massivas, o que sugere que estas galáxias se …

Continue lendo »

jun 25

Buracos negros glutões alimentavam antigas e misteriosas bolhas cósmicas?

Novos estudos concluíram que as misteriosas bolhas cósmicas que se espalham pelo Universo primordial parecem estar estufadas e energizadas por ferozes buracos negros no coração de galáxias massivas, no interior dessas bolhas. Estudos futuros sobre esses objetos misteriosos poderão revelar como as galáxias jovens regulavam seu desenvolvimento até tornarem-se as galáxias atuais que nos cercam …

Continue lendo »

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!