Arquivo por tag: oxigênio

jul 15

NGC 2736: a Nebulosa do Lápis por Howard Hedlund e Dave Jurasevich

Movendo-se de cima para baixo no quadro perto do centro desta composição colida acentuadamente detalhada, vemos filamentos finos e brilhantes trançados os quais são na verdade longas ondulações em uma folha cósmica de gás brilhante, vista praticamente de perfil. A onda de choque navega atravé do espaço interestelar em mais de 500.000 quilômetros por hora. …

Continue lendo »

jun 22

ESO: ALMA detecta o oxigênio mais distante já observado até hoje

Com o auxílio do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), uma equipe de astrônomos conseguiu detectar oxigênio brilhante numa galáxia distante observada apenas 700 milhões de anos depois do Big Bang. Trata-se da galáxia mais longínqua na qual foi detectado oxigênio de forma inequívoca, que está certamente sendo ionizado pela forte radiação emitida por estrelas gigantes …

Continue lendo »

jun 14

As nebulosas do Pelicano e da América do Norte por Ezequiel Etcheverry

Aqui vemos ‘formatos familiares’ em localizações ‘não familiares’. Na esquerda se vê a nebulosa de emissão catalogada como NGC 7000, particularmente famosa, pois lembra o mapa do continente da América do Norte. A região de emissão à direita da Nebulosa América do Norte é IC 5070, também conhecida por suas sugestivas formas como a Nebulosa do Pelicano.

Continue lendo »

jun 10

NGC 6888: a Nebulosa Crescente por Michael Miller e Jimmy Walker

A Nebulosa Crescente (NGC 6888) é uma bolha cósmica de 25 anos luz de diâmetro, insuflada por ventos emanados pela sua massiva e energética estrela central. Este preciso retrato telescópico usa dados em banda estreita que isola a luz irradiada pelos átomos de hidrogênio e oxigênio presentes na nebulosa soprada pelo vento estelar. Os átomos de …

Continue lendo »

abr 16

Pesquisadores do Brasil e Alemanha identificam anã branca com atmosfera dominada pelo oxigênio

Descoberta da primeira anã branca com atmosfera composta dominantemente por oxigênio se revela um importante objeto de estudos sobre evolução estelar Pesquisadores da UFRGS e da Universidade de Kiel, na Alemanha, identificaram, pela primeira vez, uma anã branca com atmosfera dominantemente composta por oxigênio. O surpreendente, segundo o estudo publicado na revista Science nesta sexta-feira, 1º de …

Continue lendo »

abr 14

Órion em Vermelho e Azul por David Lindemann

Como é que Órion se tornou tão deslumbrante? Essa colorida renderização de uma parte da constelação de Órion é oriunda da luz avermelhada emitida pelo hidrogênio e enxofre (SII) e a emissão azul esverdeada vem do oxigênio (OIII). Os tons coloridos na imagem em destaque foram digitalmente associados para se tornar indicativos da presença das origens dos elementos, mas também para causar …

Continue lendo »

fev 10

Exoplanetas tipo Terra têm interiores similares ao da Terra?

Passamos da descoberta da presença de exoplanetas para o passo seguinte do estudo suas atmosferas através da análise dos espectros produzidos quando um exoplaneta transita em frente da sua estrela. Contudo, ainda estamos nos estágios iniciais de deduzir padrões climáticos em alguns mundos distantes. Agora, nós estamos começando a sondar o interior dos exoplanetas para …

Continue lendo »

nov 24

Auroras sobre nuvens na Islândia por Daniele Boffelli

As auroras geralmente ocorrem muito acima das nuvens. O brilho auroral é criado quando partículas velozes ejetadas do Sol impactam a magnetosfera terrestre e as partículas ionizadas espiralam ao longo do campo magnético da Terra colidindo com os átomos e moléculas na atmosfera superior. Por exemplo, os átomos de oxigênio brilham em tons de verde comumente emitida pela aurora após terem sido …

Continue lendo »

out 28

Arno Rottal revela a Nebulosa Roseta através dos filtros de Hidrogênio e Oxigênio

http://apod.nasa.gov/apod/image/1502/ngc2244_rottal_1280.jpg

A Nebulosa Roseta (Caldwell 49) não é a única nuvem cósmica de gás e poeira que evoca imagens de flores, no entanto, é a mais famosa de todas. Caldwell 49 reside nas bordas de uma gigantesca nuvem molecular em Monoceros (Unicórnio), a cerca de 5.000 anos luz da Terra.

Continue lendo »

mar 08

Larry Van Vleet revela detalhes dos pilares e jatos na Nebulosa do Pelicano

Que são estas estruturas obscuras que crescem na Nebulosa do Pelicano? Visível dentro da constelação de outro pássaro, o Cisne (Cygnus), a Nebulosa do Pelicano é uma região pontilhada por estrelas recém nascidas, porém obscurecidas por nuvens negras de poeira cósmica. Esses grãos de poeira muito pequenos, formados nas atmosferas frias das protoestrelas, foram dispersados por ventos estelares e explosões …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!