Arquivo por tag: Lyman alfa

nov 30

ESO: O instrumento MUSE completa o mais profundo rastreamento espectroscópico executado até hoje

Dez artigos científicos exploram as profundezas por mapear do Campo Ultra Profundo Com o auxílio do instrumento MUSE montado no Very Large Telescope do ESO no Chile, astrônomos efetuaram o rastreamento espectroscópico mais profundo realizado até à hoje. Os pesquisadores focaram-se no Campo Ultra Profundo do Hubble, medindo distâncias e propriedades de 1600 galáxias muito …

Continue lendo »

set 21

ALMA descobre segredos de uma bolha espacial gigante de Lyman-alfa

Uma equipe internacional de astrônomos usou o ALMA, o Very Large Telescope do ESO e outros telescópios, para descobrir a verdadeira natureza de um objeto raro no Universo distante, chamado Bolha de Lyman-alfa. Até agora, os astrônomos não compreendiam o que é que fazia estas enormes nuvens de gás brilhar tão intensamente, mas o ALMA …

Continue lendo »

ago 08

EGSY8p7: a galáxia mais distante conhecida foi medida pelos Observatórios Keck do Havaí

MAUNAKEA, Havaí: Um time de astrofísicos, usando o Observatório W. M. Keck no Havaí, mediu com sucesso a galáxia mais distante já registada. Mais interessante ainda, a equipe capturou suas emissões de hidrogênio quando o Universo tinha menos de 600 milhões de anos de idade. Além disso, o método de detecção da galáxia, a EGSY8p7, …

Continue lendo »

ago 27

Mega estruturas de hidrogênio Lyman-Alfa contém os segredos do Universo primordial

Estudos realizados com o suporte do “Very Large Telescope” (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO) permitiram descobrir a fonte de energia de uma enorme nuvem de gás brilhante do Universo primordial, que os astrônomos chamam de “bolha Lyman-alfa” (Lyα). As novas medidas mostram de forma inédita que esta gigantesca “bolha Lyman-alfa”, um dos maiores …

Continue lendo »

mar 29

Por que as pesquisas de galáxias longínquas deixam de detectar 90% de seus alvos?

Os astrônomos têm notado há algum tempo que em muitas pesquisas sobre objetos do Universo longínquo uma grande fração da radiação intrínseca total não tem sido capturada. Agora, graças a um rastreamento profundo executado com dois dos quatro telescópios gigantes (8,2 metros cada) do sistema Very Large Telescope do ESO (VLT), usando um filtro de …

Continue lendo »

jun 25

Buracos negros glutões alimentavam antigas e misteriosas bolhas cósmicas?

Novos estudos concluíram que as misteriosas bolhas cósmicas que se espalham pelo Universo primordial parecem estar estufadas e energizadas por ferozes buracos negros no coração de galáxias massivas, no interior dessas bolhas. Estudos futuros sobre esses objetos misteriosos poderão revelar como as galáxias jovens regulavam seu desenvolvimento até tornarem-se as galáxias atuais que nos cercam …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!