Arquivo por tag: bolha cósmica

ago 21

NGC 6888: A Nebulosa Crescente sob a lente de Daniel Lopez – IAC

A nebulosa Crescente, NGC 6888, é uma bolha cósmica com 25 x 16 anos-luz de diâmetro, insuflada pelos ventos estelares de sua massiva estrela central, uma violenta Wolf-Rayet. Este belíssimo retrato da nebulosa foi feito a partir do telescópio Isaac Newton no observatório Roque de los Muchachos da IAC, nas Ilhas Canárias.

Continue lendo »

jul 01

NGC 2367: um pequeno aglomerado aberto e jovem inserido no seio de uma estrutura antiga na periferia galáctica

Esta rica e precisa imagem de um conjunto de estrelas coloridas e gás foi capturada pela câmera Wide Field Imager (WFI), montada no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros, do Observatório de La Silla no Chile. A imagem mostra um aglomerado estelar aberto muito jovem conhecido por NGC 2367, um grupo estelar bebê que reside no …

Continue lendo »

mar 15

Observatório Gemini revela fenômeno que paralisou o desenvolvimento de uma galáxia massiva

Impressão artística mostra um quasar primordial, cercado por nuvens de gases e poeira cósmica, estrelas e aglomerados de estrelas jovens. Novas pesquisas sugerem que as galáxias massivas tiveram sua formação de estrelas paralisada quando o Universo estava ainda nos seus primórdios, com cerca de 3 bilhões de anos de idade. Os astrônomos suspeitam que os buracos negros centrais supermassivos (que existem no coração dos quasares) exerceram uma influência sobre a interrupção do nascimento de novas estrelas. Crédito: NASA / ESA / ESO / Wolfram Freudling et al. (CCTEP)

Os cientistas encontraram evidências de um evento catastrófico foi responsável pela paralisação do nascimento de estrelas em uma determinada galáxia no início do Universo. De acordo com as suas conclusões, há apenas 3 bilhões de anos depois do Big Bang, uma galáxia massiva sofreu uma série de detonações, cada uma bilhões de vezes mais poderosa …

Continue lendo »

jun 25

Buracos negros glutões alimentavam antigas e misteriosas bolhas cósmicas?

Novos estudos concluíram que as misteriosas bolhas cósmicas que se espalham pelo Universo primordial parecem estar estufadas e energizadas por ferozes buracos negros no coração de galáxias massivas, no interior dessas bolhas. Estudos futuros sobre esses objetos misteriosos poderão revelar como as galáxias jovens regulavam seu desenvolvimento até tornarem-se as galáxias atuais que nos cercam …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!