Arquivo por tag: berçário estelar

out 17

M42: a nebulosa de Órion pelo Herschel

Essa deslumbrante imagem revela as entranhas da M42 (Nebulosa de Órion), uma região onde reside o mais próximo berçário estelar. Usando dados nos comprimentos de onda do infravermelho, capturados pelo Observatório Espacial Herschel da ESA, essa composição em cores falsas explora essa nuvem cósmica de formação estelar que dista cerca de 1.500 anos luz.

Continue lendo »

out 12

M33: as nuvens de hidrogênio da galáxia do Triângulo por Danilo Pivato e Gimmi Ratto

A majestosa galáxia espiral M33 parece possuir bem mais que deveria da sua quota esperada de gás hidrogênio brilhante. M33 é um importante membro do grupo local de galáxias. Também conhecida como a Galáxia do Triângulo, ela reside a cerca de 3 milhões de anos luz da nossa galáxia e seu diâmetro mede cerca de …

Continue lendo »

out 11

A Parede de formação estelar em Cygnus por Sara Wager

Algumas vezes estrelas se formam em ‘paredes’, melhor dizendo, em paredes brilhantes de gás interestelar. Nessa vívida paisagem cósmica, estrelas estão surgindo na estrutura de emissão em formato de um W conhecida como a “Parede do Cisne” (Cygnus Wall).

Continue lendo »

set 11

M8: a larga e profunda ‘lagoa cósmica’ por Michael Miller e Jimmy Walker

Cumes de gás interestelar brilhante e nuvens de poeira escuras habitam as turbulentas profundezas cósmicas da Nebulosa da Lagoa. Também conhecida como M8, essa brilhante região de formação de estrelas reside a cerca de 5.000 anos luz de distância do Sol. Essa região consiste em uma parada popular em viagens telescópicas na constelação de Sagitário, em …

Continue lendo »

ago 25

Estrela massiva muito jovem a 11.000 anos luz do Sol ajuda aos astrônomos a entender como se formam esses objetos extremos

Astrônomos descobriram uma estrela bem jovem e massiva, situada a quase 11.000 anos-luz de distância, que poderá nos ajudar a entender como é que as estrelas mais extremas do Universo se formam. Esta estrela recém-nascida, que já possui mais de 30 vezes a massa do nosso Sol, está ainda no processo de aquiescência de material …

Continue lendo »

maio 28

NGC 3372: a Grande Nebulosa Carina por Peter Ward

A Grande Nebulosa Carina é uma joia dos céus do hemisfério sul, catalogada como NGC 3372, se espalha por 300 anos luz, consistindo em uma das mais relevantes regiões de formação estelar em nossa galáxia.

Continue lendo »

maio 23

LL Orionis: quando ventos cósmicos entram em colisão

O que criou essa curiosa estrutura no espaço? Essa graciosa estrutura encurvada, de fato, consiste em um arco de choque com diâmetro de cerca de um ano luz. Esse objeto foi criado através da colisão do vento estelar da jovem estrela LL Orionis com o fluxo de gás da Nebulosa de Órion. A deriva no berçário estelar de Órion e …

Continue lendo »

fev 27

A nebulosa da Tarântula processada por Robert Gendler e Roberto Colombari

A magnífica nebulosa da Tarântula possui mais de mil anos luz de diâmetro. Trata-se de uma gigantesca região de formação estelar dentro da vizinha galáxia satélite Grande Nuvem de Magalhães, que reside a 180.000 anos luz de distância da Terra. De fato, os cientistas julgam que essa nebulosa é a mais violenta área de criação de estrelas …

Continue lendo »

nov 06

NGC 1333: berçário estelar em Perseus sob a lente de Alberto Prats Rodríguez – Agrupació Astronòmica d’Eivissa/Ibiza (AAE)

A NGC 1333 pode ser observada no espectro visível como uma nebulosa de reflexão, dominada por tons azulados característicos da luz de estrelas refletidas na poeira interestelar. NGC 1333 reside na direção da constelação que homenageia o heroico Perseus, na borda de uma gigantesca nuvem molecular de formação estelar. Esse surpreendente close-up se estende nos céus por cerca de duas …

Continue lendo »

out 29

IC 1871: dentro da Nebulosa da Alma por Sara Wager

Este retrato cósmico revela as entranhas da ‘Soul Nebula’ (Nebulosa da Alma), também conhecida como IC 1871, Westerhout 5, Sharpless 2-199 ou LBN 667. As escuras nuvens de poeira se encontram delineadas por cumes brilhantes de gás incandescente. O campo de visão dessa foto cobre uma área com cerca de 25 anos luz de diâmetro, uma pequena parte da …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!