Arquivo por tag: aglomerado globular

jul 18

ESA: Contando as estrelas com o GAIA

Esta imagem, baseada no banco de dados do satélite GAIA [1] da ESA, não é uma representação comum dos céus. Embora retrate um esboço da Via Láctea e das galáxias vizinhas, as Nuvens de Magalhães, esta imagem foi obtida de uma forma bastante inusitada. À medida que o observatório GAIA [1] varre os céus para …

Continue lendo »

jun 20

Hubble captura um close-up de M5, o aglomerado globular que Charles Messier pensava ser apenas uma nebulosa

http://apod.nasa.gov/apod/image/1506/m5hst2048.jpg

Assim começa a 5a entrada no famoso catálogo de nebulosas e aglomerados estrelares do astrônomo Charles Messier, no século XVIII: Belíssima nebulosa descoberta entre a Balança [Librae] & a Serpente [Serpens]…  não contém nenhuma estrela, é redondo e pode ser visto muito bem em um céu escuro e limpo, com um [telescópio] refrator de 1 pé… Embora este …

Continue lendo »

maio 19

Censo em 47 Tucanae pelo Hubble mostra como se dá a evolução das estrelas moribundas

http://hubblesite.org/newscenter/archive/releases/2015/16/image/f/

Astrônomos através do Telescópio Espacial Hubble realizaram pela primeira vez um recenseamento de jovens anãs brancas que começam sua migração a partir do centro lotado do antigo aglomerado estelar 47 Tucanae (NGC 104) para sua periferia menos populosa. Os novos resultados desafiam nossas ideias sobre como e quando uma estrela perde massa perto do fim …

Continue lendo »

maio 16

ALMA revela um super proto-aglomerado-estelar no sistema de galáxias em colisão Arp 244 – as “Antenas”

https://public.nrao.edu/images/non-gallery/2015/c-blue/05-04-Super-Star-Cluster/Antennae_zoom_nrao.jpg

Os aglomerados globulares, aglomerações esfuziantes com até um milhão ou mais de estrelas antigas, estão entre os objetos mais velhos do Universo [1]. Apesar de abundantes tanto dentro quanto em volta das galáxias, exemplos de aglomerados recém-nascidos são extremamente raros e nunca foram detectadas as condições necessárias para produzir novos até então. Agora, astrônomos que …

Continue lendo »

maio 13

ESO: VLT descobre um novo tipo de aglomerados estelares globulares – os aglomerados escuros

Observações obtidas com o Very Large Telescope do ESO, no Chile, revelaram uma nova classe de aglomerados estelares globulares “escuros” situados em torno da galáxia gigante Centaurus A. Estes objetos misteriosos parecem-se com aglomerados normais, mas contêm muito mais massa e podem abrigar quantidades inesperadas de matéria escura ou então conter buracos negros massivos. Nenhuma …

Continue lendo »

out 02

VLT explora o aglomerado Messier 54 e mostra que o problema da escassez do lítio existe também fora da nossa galáxia

Esta imagem capturada pelo VLT Survey Telescope, no Observatório do Paranal do ESO, norte do Chile, mostra uma vasta coleção de estrelas, o aglomerado globular Messier 54. Este aglomerado parece muito semelhante a muitos outros, no entanto tem um segredo. Messier 54 não pertence à Via Láctea, mas sim a uma pequena galáxia satélite, a …

Continue lendo »

jun 08

Exoplaneta ancião potencialmente habitável orbita a estrela de Kapteyn a 13 anos-luz de nós

http://phl.upr.edu/press-releases/kapteyn

Um time internacional de cientistas, liderados por astrônomos da QMUL (Queen Mary University of London) reportou a presença de dois exoplanetas em órbita da estrela de Kapteyn em um dos sistemas solares mais antigos, na vizinhança próxima do Sol, a 13 anos-luz de distância. Além disto, um dos recém descobertos mundos pode tem condições favoráveis …

Continue lendo »

maio 23

Aglomerados de poeira cósmica lançam sombras profundas no espaço e explicam a origem das massivas estrelas classe O

http://www.nasa.gov/sites/default/files/pia18010-full.jpg

Astrônomos descobriram aglomerados cósmicos tão escuros, densos e poeirentos que lançam as sombras mais profundas já registadas. Paradoxalmente, as observações no espectro infravermelho destas regiões pelo Telescópio Espacial Spitzer da NASA iluminam o entendimento de como as estrelas mais massivas e brilhantes nascem.

Continue lendo »

maio 04

Galáxia elíptica gigante M87 expulsa um aglomerado globular

A super galáxia M87 arremessou um aglomerado estelar em nossa direção a mais de 1.000 km/s. O recém-descoberto aglomerado, que os astrônomos chamaram de HVGC-1, está agora em uma viagem veloz pelo vazio. O seu destino será voar à deriva entre galáxias. Nelson Caldwell do Centro Harvard-Smithsonian para Astrofísica, autor principal do estudo, publicado na revista …

Continue lendo »

dez 08

M107: aglomerado estelar a 21.000 anos-luz revela os segredos da Via-Láctea

Há cerca de 150 aglomerados globulares, verdadeiras coleções de estrelas anciãs, que orbitam em nossa Galáxia, a Via Láctea. O ESO capturou esta imagem muito nítida de Messier 107, através do dispositivo WFI (Wide Field Imager), instalado no telescópio de 2,2 metros pertencente ao Observatório de La Silla, no Chile. A foto nos revela a …

Continue lendo »

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!