Arquivo por categoria: Física

jan 19

GW170817/GRB170817A: Fusão de Estrelas de Nêutrons fornece um novo enigma astronômico

A radiação resultante de uma distante fusão de estrelas de nêutrons, detectada em agosto de 2017 (evento GW170817), continuou a aumentar, para a surpresa dos astrofísicos que estudam as consequências da gigantesca colisão que ocorreu a aproximadamente 138 milhões de anos-luz de distância e atirou ondas gravitacionais através do Universo. Novas observações a partir do …

Continue lendo »

jan 15

Qual a massa máxima que as estrelas de nêutrons podem alcançar?

Desde sua descoberta nos anos de 1960, que os cientistas procuram responder a uma questão importante: qual massa máxima que as estrelas de nêutrons podem atingir? Contrastando com os buracos negros, estas estrelas não podem ganhar massa arbitrariamente, uma vez que após um certo limite, não há força física na natureza que possa contrariar a …

Continue lendo »

jan 05

CfA: Ondas Gravitacionais fornecem medidas da idade do Universo

A detecção direta de ondas gravitacionais em pelo menos cinco fontes nos últimos dois anos fornece uma confirmação notável do modelo de gravidade e espaço-tempo concebido por Einstein. A modelagem destes eventos também forneceu dados sobre a formação de estrelas massivas, explosões de raios-gama, características das estrelas de nêutrons e pela primeira vez a verificação …

Continue lendo »

nov 27

Como medir o tamanho das estrelas de nêutrons?

https://3c1703fe8d.site.internapcdn.net/newman/csz/news/800/2017/3-newmethodtom.jpg

  As estrelas de nêutrons são feitas de matéria ultra densa. O modo como esta matéria se comporta é um dos maiores mistérios da física nuclear moderna. Investigadores desenvolveram um novo método para medir o raio das estrelas de nêutrons, o que os ajuda a entender o que acontece com a matéria dentro da estrela …

Continue lendo »

set 07

LOFAR e FERMI: Telescópios “extremos” descobrem o segundo pulsar mais veloz conhecido  

Acompanhando as enigmáticas fontes altamente energéticas mapeadas pelo Telescópio Espacial de Raios-Gama FERMI da NASA, o radiotelescópio LOFAR (Low Frequency Array), na Holanda, identificou um pulsar girando a mais de 42.000 revoluções por minuto. Trata-se do segundo pulsar mais rápido conhecido.

Continue lendo »

set 02

Plêiades: observatório Espacial Kepler revela a variabilidade das Sete Irmãs

As “Sete Irmãs”, assim conhecidas pelos antigos gregos, são agora conhecidas pelos astrônomos modernos como M45, ou como o aglomerado estelar aberto das Plêiades, um conjunto de estrelas visíveis a olho nu e estudadas há já milhares de anos por culturas espalhadas por todo o mundo. O Dr. Tim White do Centro de Astrofísica Estelar …

Continue lendo »

ago 31

O ALMA descobre enormes reservatórios de gás turbulento escondidos em galáxias distantes

Primeira detecção de CH+ em galáxias distantes com formação estelar explosiva fornece pistas novas sobre a história de formação estelar do Universo O ALMA detectou reservatórios turbulentos de gás frio em torno de galáxias distantes com formação estelar explosiva. Ao detectar CH+ pela primeira vez, este trabalho abre uma nova janela na exploração de uma …

Continue lendo »

ago 28

CLASS B1152+199: VLA revela campo magnético de galáxia distante através de lente gravitacional

Com a ajuda de uma gigantesca lente gravitacional cósmica, os astrônomos mediram o campo magnético de uma galáxia a quase cinco bilhões de anos-luz de distância. Este marco astronômico está fornecendo pistas importantes sobre um problema nas fronteiras da cosmologia, a natureza e origem dos campos magnéticos que desempenham um papel importante na forma como …

Continue lendo »

ago 23

Antares: ESO divulga a melhor imagem já obtida da superfície e atmosfera de uma estrela

Primeiro mapa do movimento de matéria em uma estrela diferente do Sol Com o auxílio do Interferômetro do Very Large Telescope do ESO, astrônomos construíram a imagem mais detalhada até hoje de uma estrela — a supergigante vermelha Antares. Os astrônomos criaram também o primeiro mapa de velocidades do material na atmosfera da estrela — …

Continue lendo »

ago 18

Astrônomos desenvolvem previsões meteorológicas mais precisas das anãs marrons

Os objetos tênues denominados “anãs marrons” (em Portugal: “anãs castanhas”), menos massivos que o Sol, porém mais massivos que Júpiter, são cobertos de ventos e nuvens poderosas, especificamente, nuvens irregulares e relativamente quentes feitas de gotículas de ferro e poeira de silicato. Os cientistas perceberam recentemente que estas nuvens gigantes podem se mover e engrossar …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!