Arquivos de fevereiro 2023

JWST: Repensando o Universo Primordial?

https://iopscience.iop.org/article/10.3847/2041-8213/acb59c

Continuando o tema das galáxias com alto desvio para o vermelho, o objeto SPT0418-47 combina muito bem com o artigo de 24/02/2023 “Desvio para o vermelho extremos? Prossiga com cautela” sobre as galáxias de 13,5 bilhões de anos, estudadas por Joel Leja, da Penn State, e seus colegas. Nesse caso, a questão consiste na aparente …

Continue lendo

Observatório Chandra da NASA descobre buracos negros gigantes em rota de colisão

https://chandra.harvard.edu/photo/2023/bh_pairs/bh_pairs_lg.jpg

Astrônomos descobriram a primeira evidência de buracos negros gigantes em galáxias anãs em rota de colisão. Este resultado do Observatório de Raios-X Chandra da NASA tem ramificações importantes para entender como a primeira onda de buracos negros e galáxias cresceu no início do Universo. As colisões entre os pares de galáxias anãs, identificadas em novo …

Continue lendo

JWST: Desvio para o vermelho extremo? prossiga com cautela.

https://www.centauri-dreams.org/2023/02/23/high-redshift-caution/

Quando algo aparece em dados astronômicos que contradizem a teoria há muito aceita, o caminho a seguir é proceder com cautela, continuar coletando dados e tentar resolver a tensão com modelos mais antigos. Isso incluiria, é claro, considerar as possibilidades de erro em algum ponto das observações. Tudo isso é bastante óbvio, mas um novo …

Continue lendo

Quatro classes de sistemas exoplanetários?

https://www.unibe.ch/news/media_news/media_relations_e/media_releases/2023/media_releases_2023/four_classes_of_planetary_systems/index_eng.html

Os astrônomos há muito sabem que os sistemas planetários não são necessariamente estruturados como o nosso sistema solar. Pesquisadores das Universidades de Berna e Genebra, bem como do Centro Nacional de Competência em Pesquisa PlanetS, mostraram agora pela primeira vez que existem de fato quatro tipos de sistemas planetários. Em nosso sistema solar, os objetos …

Continue lendo

O quão comum são os exoplanetas orbitando estrelas anãs vermelhas classe M?

https://www.centauri-dreams.org/2023/02/22/how-common-are-planets-around-red-dwarf-stars/

Começamos a aprender como os planetas comuns estão em torno de estrelas de vários tipos, mas as anãs vermelhas classe M recebem atenção especial devido ao seu papel em futuros estudos astrobiológicos. Agora falaremos de CARMENES (Calar Alto high-Resolution search for M dwarfs with Exoearths with Near-infrared), programa de busca em alta resolução de Calar Alto por estrelas anãs M …

Continue lendo

Wolf 1069 b: astrônomos encontram raro planeta rochoso de massa terrestre orbitando estrela anã vermelha possivelmente adequado para a busca de sinais de vida

https://www.mpg.de/19798012/exoplanet-earth-like-habitable

Um exoplaneta recém-descoberto pode valer a pena procurar por sinais de vida. As análises de uma equipe liderada pela astrônoma Diana Kossakowski, do Instituto Max Planck de Astronomia, descrevem um planeta que orbita sua estrela natal, a anã vermelha Wolf 1069, na zona habitável do sistema. Esta zona inclui distâncias ao redor da estrela para …

Continue lendo

JWST: Novos detalhes descobertos no Aglomerado de galáxias de Pandora!

https://esawebb.org/images/weic2305a/

Os astrônomos revelaram a mais recente imagem de campo profundo do Telescópio Espacial James Webb da NASA/ESA/CSA, apresentando detalhes nunca antes vistos em uma região do espaço conhecida como Aglomerado de Pandora (Abell 2744) [1]. A visão do observatório espacial Webb mostra três aglomerados de galáxias – já enormes – se unindo para formar um …

Continue lendo

Chelyabinsk, uma década depois: os asteroides invisíveis por causa do Sol

Ninguém viu o meteoro Chelyabinsk de 15 de fevereiro de 2013 se aproximando… Esse foi o maior asteroide a atingir a Terra em um século. Logo após o nascer do sol em um dia ensolarado de inverno, um asteroide de 20 metros e 13.000 toneladas atingiu a atmosfera sobre os Montes Urais, na Rússia, a …

Continue lendo

Qual é a relevância do exoplaneta K2-415b?

É importante analisarmos a recente confirmação de K2-415b. Este mundo se enquadra em uma categoria interessante: planetas com grandes implicações para o estudo de suas atmosferas. Orbitando um uma estrela anã vermelha classe M5V a cada 4,018 dias a uma distância de 0,027 UA, inferimos que não é um planeta com qualquer probabilidade de vida. …

Continue lendo

Fred Hoyle: The Black Cloud versus Panspermia por Paul Gilster

https://www.centauri-dreams.org/2022/12/13/life-from-elsewhere/

Paul Gilster de Centauri Dreams fala do famoso livro de ficção científica de Fred Hoyle [1] “The Black Cloud” (A Nuvem Negra) [4] e o tema sobre Panspermia [2 e 3]. A ideia de que a vida na Terra veio de outro lugar me intrigou desde que a encontrei pela primeira vez no trabalho de …

Continue lendo

Carregar mais

error: Esse blog é protegido!