«

»

dez 09

IC 4628: visões da Nebulosa do Camarão por Michael Sidonio e por Roberto Colombari

https://apod.nasa.gov/apod/image/1612/ic4628_colombari_1853.jpg

IC 4628 processada por Roberto Colombari

Ao sul da estrela Antares, na cauda da constelação de Escorpião (Scorpius), um lugar rico em nebulosas, encontra-se a nebulosa de emissão IC 4628. Vizinhas a essa nebulosa habitam estrelas jovens de grande massa, as quais energizam a nuvem cósmica com a invisível radiação ultravioleta, arrancando os elétrons de seus átomos. Os elétrons eventualmente se recombinam com outros átomos para produzir o brilho visível da nebulosa, dominado pela emissão vermelha de hidrogênio.

A impressionante imagem colorida acima (em destaque) é uma nova composição astronômica usando dados da câmera de campo largo OmegaCAM do ESO (Observatório Meridional Europeu) e imagens do astrônomo amador Roberto Colombari capturadas nos céus escurecidos em Tenerife, Ilhas Canárias.

Residindo a uma distância estimada de 6.000 anos-luz de nós, a região mostrada tem cerca de 250 anos-luz de diâmetro, cobrindo uma área equivalente a quatro luas cheias nos céus. A nebulosa IC 4628 também está catalogada como Gum 56 pelo astrônomo australiano Colin Stanley Gum. No entanto, os astrônomos amantes de frutos do mar se referem a esta nuvem cósmica como a Nebulosa do Camarão.

http://apod.nasa.gov/apod/image/1607/Prawn_Sidonio_2070.jpg

A Nebulosa do Camarão por Michael Sidonio

Fontes

APOD:

IC 4628: The Prawn Nebula – crédito da imagem©: Michael Sidonio [2016]

IC 4628: The Prawn Nebula – créditos da imagem©: Dados de ESO/INAF/R. Colombari/E. Recurt, Processamento por – Roberto Colombari [2016]

._._.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!