«

»

maio 17

17 de maio de 2005 – dez anos do Observatório Astronômico da UFSC

Não Há Dia Sem História
17 de maio de 2005
Dez anos do Observatório Astronômico da UFSC

No dia 17 de maio de 2005, há onze anos, foi inaugurado, no campus universitário da Trindade, o observatório astronômico da Universidade Federal de Santa Catarina. Seu lema: “Dedicado aos que olham para o ceú”.

Luisa esclama: "Vênus é uma Lua", ao observar o planeta no telescópio da UFSC. Crédito da foto: Carolina R. Moraes

Luisa exclama: “Vênus é uma Lua”, ao observar o planeta no telescópio da UFSC. Crédito da foto: Carolina R. Moraes

O observatório conta com dois telescópios de 25 centímetros, para pesquisas e atendimento ao público. 0s equipamentos permitem a visualização de planetas e seus satélites, os anéis de Saturno, as calotas polares em Marte, as crateras e montanhas lunares com detalhes, cometas, estrelas binárias e múltiplas, aglomerados de estrelas, nebulosas e galáxias vizinhas. Um dos telescópios já funcionava na instituição e o outro é um equipamento de alta precisão, que permitirá trabalhos com maior qualidade. O observatório está localizado ao lado do Planetário da UFSC. Também está instalada no local uma câmera fotográfica eletrônica, para produção de imagens astronômicas, e uma estação meteorológica. A construção do observatório contou com recursos da UFSC e da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

O Grupo de Astrofísica do Departamento de Física da UFSC, idealizador e coordenador do observatório, dedica-se à pesquisa, através do estudo de estrelas anãs brancas, estrelas variáveis cataclísmicas e populações estelares em galáxias. Atua também no ensino, através de disciplinas em nível de graduação e pós-graduação.

O projeto “De Olho no Céu de Floripa” tem sido desenvolvido no Observatório Astronômico da UFSC desde sua inauguração em maio de 2005 e possui duas atividades principais. Na primeira, através de agendamento, o De Olho no Céu atende escolas todas as terças-feiras à noite para sessões de observação astronômica e atividades conjuntas com o Planetário. Nas quartas-feiras o Observatório abre suas portas para atendimento do público em geral, também com sessões dirigidas de observação. O objetivo principal dos seus idealizadores é apresentar ao visitante noções básicas de astronomia através desta experiência prática. Além disto, através da interação com os alunos e professores do grupo, o interessado tem a oportunidade de conhecer a pesquisa em Astrofísica que é desenvolvida dentro daquela instituição.

Telescópio Meade LX200 GPS de 12 polegadas de abertura

Ele é um dos telescópios mais usados no mundo para observações astronômicas amadoras, e com ele podemos ver uma diversa gama de objetos celestes, tais como planetas, satélites, cometas, estrelas binárias e múltiplas, aglomerados de estrelas, nebulosas e mesmo galáxias vizinhas. Os bolsistas responsáveis operam o telescópio e dão suporte ao público:

Celestron CM-1100 de 11 polegadas (28 centímetros) de abertura

Equipado com uma câmera de imageamento digital (CCD) controlado por computador. Ele será usado em observações remotas, através da internet e para o projeto de robotização de telescópios. Futuramente haverá um link para mais informações sobre este projeto:

Para saber mais:

._._.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!