Arquivo por mês: julho de 2014

jul 15

Contabilidade cósmica revela um déficit na radiação ultravioleta no Universo

http://cdn.phys.org/newman/gfx/news/hires/2014/cosmicaccoun.jpg

Estaria errada nossa compreensão do Universo? Há enorme déficit da radiação ultravioleta no “orçamento” cósmico? A vasto espaço vazio entre as galáxias está ligado por filamentos de hidrogênio e hélio, que podem ser usados como um preciso “medidor de luz” cósmico. Em um estudo recentemente publicado na The Astrophysical Journal Letters, uma equipe de cientistas …

Continue lendo »

jul 14

Infográfico da Missão Rosetta

Continue lendo »

jul 13

Explosão de raios gama distante revela possíveis segredos das primeiras estrelas

  Depois de analisarem, em 2013, uma explosão de radiação de alta energia e longa duração, astrônomos julgam terem encontrado características similares as originadas em explosões das primeiras estrelas do Universo. Se esta interpretação estiver correta, a explosão valida ideias sobre uma classe recentemente identificada de erupção de raios-gama (GRB, ou “Gamma-Ray Burst“) e servirá …

Continue lendo »

jul 12

Rosetta revela a estrutura incomum do cometa 67P-Churyumov-Gerasimenko – um binário de contato

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?release=2014-243

Incrível notícia: Rosetta manda imagens que revelam que o cometa 67P-Churyumov-Gerasimenko é uma dupla de objetos, um sistema binário de contato.

Continue lendo »

jul 11

Nuvens noctilucentes embelezam a noite em Londres

http://science.nasa.gov/media/medialibrary/2013/06/07/geometry.gif

Esta cena da madrugada de 03 de julho de 2014 foi capturada na ponte de Westminster, que cruza o Rio Tâmisa. Como parte de um ‘timelapse video’, este belíssimo quadro captura uma visão bem conhecida de Londres, o brilho noturno da famosa estrutura conhecida como ‘London Eye’. No entanto, ao fundo, uma paisagem celeste não tão …

Continue lendo »

jul 10

Mosaico da SN 1006 revela detalhes intrincados da nebulosa remanescente

http://chandra.harvard.edu/graphics/resources/desktops/2008/sn1006c_1680.jpg

Há mil e oito anos atrás, o mundo se maravilhou com a observação da notável explosão estelar conhecida como supernova SN 1006. A estrela se tornou mais brilhante do que Vênus, visível inclusive durante o dia durante semanas. De fato, SN 1006 foi a supernova mais brilhante já registrada na Terra. Este fenômeno espetacular foi …

Continue lendo »

jul 09

SN 2010jl: VLT revela como a poeira estelar se forma ao redor de uma supernova

http://www.eso.org/public/images/eso1421a/

Um grupo de astrônomos observou em tempo real a formação da poeira estelar originada de uma explosão de supernova. Demonstrou-se que estas fábricas de poeira cósmica produzem os seus grãos de poeira em um processo de duas fases, que começa pouco depois da explosão e continua muito depois desta. A equipe utilizou o Very Large …

Continue lendo »

jul 07

NGC 4651: galáxia do guarda-chuva revela dramáticas interações cósmicas

http://apod.nasa.gov/apod/image/1407/lrg_gabany-subaru_ngc4651.jpg

A galáxia espiral NGC 4651 reside a 62 milhões de anos luz na direção da constelação boreal de Coma Berenices. Com tamanho similar a nossa galáxia Via Láctea, este ‘universo-ilha’ pode ser observado com uma estrutura em forma de guarda-chuva cósmico que se estende (à esquerda da imagem) por 100.000 anos luz além do luminoso disco …

Continue lendo »

jul 06

Raios X detectado em frequências inéditas sugerem evidências para a assinatura da Matéria Escura

http://www.esa.int/spaceinimages/Images/2014/06/Mysterious_signal_in_the_Perseus_galaxy_cluster

Astrônomos usando observatórios de raios-X da ESA (XMM-Newton) e da NASA (Chandra) descobriram uma pista tentadora que indica um ingrediente fugaz do nosso Universo: a matéria escura. Embora seja uma substância invisível, que nem emite nem absorve a radiação, a matéria escura tem sido detectada por meio da sua influência gravitacional sobre os movimentos e …

Continue lendo »

jul 05

A galáxia M106 revelada no espectro desde o rádio até os raios-X exibe energéticos jatos de matéria expelidas pelo buraco negro central supermassivo

http://chandra.harvard.edu/photo/2014/m106/m106.jpg

Os braços espirais da galáxia ativa e brilhante M106 se espalham neste notável retrato em múltiplos comprimentos de onda. Esta é uma imagem composta a partir de dados desde o rádio até raios-X, através do espectro eletromagnético. A M106 (NGC 4258) pode ser encontrada na direção da constelação boreal de Canes Venatici. A medida da distância até a galáxia …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!