Arquivo por mês: abril de 2014

abr 21

Hubble mede a rotação da Grande Nuvem de Magalhães

http://www.nasa.gov/sites/default/files/14-032_0.jpg

Esta imagem com anotações demonstra as medições do Hubble da rotação da Grande Nuvem de Magalhães, a galáxia de maior tamanho vizinha mais próxima da nossa Via Láctea. A Grande Nuvem de Magalhães reside no céu do Hemisfério Sul, tal como vista nesta imagem terrestre. Crédito: NASA/ESA Através do olhar penetrante do telescópio espacial Hubble, …

Continue lendo »

abr 20

A Lua vermelha e o raio verde?

Oops, esta não é uma cena ou efeito especial de um filme de ficção científica. O feixe verde de luz e o disco lunar avermelhado são imagens reais, capturados na manhã do eclipse lunar, em 15 de abril de 2014.

Continue lendo »

abr 19

ESO: VLT estuda a maior estrela hipergigante amarela conhecida

http://www.newscientist.com/article/dn25207#.U1a5cfldV8E

O interferômetro do Very Large Telescope do ESO revelou os segredos da maior estrela amarela já encontrada, uma das maiores estrelas conhecidas até hoje. Descobriu-se que esta hipergigante tem um tamanho de cerca de 1.315±260 vezes o diâmetro do Sol e faz parte de um sistema estelar duplo, com uma segunda componente tão próxima que ambas …

Continue lendo »

abr 18

Kepler-186f: encontrado exoplaneta do tamanho da Terra em Zona habitável!

Hoje saudamos Kepler-186f, um exoplaneta que reside na ‘zona habitável’ de sua estrela hospedeira, não muito maior do que a Terra. Entanto, cabe ressalvar que uso da palavra ‘habitável’ por si só não traz a efetiva garantia a vida como a conhecemos. A definição vigente de ‘zona habitável’ estabelece simplesmente uma zona orbital dentro da …

Continue lendo »

abr 18

David Kipping apresenta KOI-314c: um exoplaneta com a massa da Terra, porém gasoso como Netuno

Uma equipe internacional de astrônomos descobriu um exoplaneta com massa semelhante à da Terra a transitar sua estrela hospedeira. KOI-314c é o exoplaneta mais leve a ter tanto a massa como o tamanho medidos de formas distintas. Embora KOI-314c tenha a mesma massa que a Terra, ele apresenta um diâmetro 60% maior e uma densidade …

Continue lendo »

abr 17

Gum 41: uma paisagem cósmica em escarlate

http://www.eso.org/public/brazil/images/eso1413a/

O observatório de La Silla revelou detalhes inéditos de uma nuvem de hidrogênio chamada Gum 41. No seio desta nebulosa pouco conhecida, estrelas luminosas, quentes e jovens, emitem radiação que faz brilhar o hidrogênio circundante em tons de vermelho.

Continue lendo »

abr 16

Como estimar a taxa de fertilidade de um berçário estelar?

http://www.mpg.de/8119789/recipe-star-formation

Astrônomos descobriram uma nova forma de calcular a velocidade da formação estelar em uma nuvem molecular (berçário estelar). Usando uma técnica para reconstruir a estrutura tridimensional de uma nuvem, os astrônomos conseguiram estimar quantas novas estrelas podem ser geradas pela nuvem. A “receita de formação estelar” recém-descoberta permite testes diretos das teorias atuais. Tal permitirá …

Continue lendo »

abr 15

ESO: choque de cometa pode explicar aglomerado misterioso de gás em Beta Pictoris

http://www.eso.org/public/images/eso1408a/

O ALMA revela uma enigmática aglomeração de gás no disco de detritos que rodeia Beta Pictoris Astrônomos anunciaram hoje a descoberta de um caroço inesperado de monóxido de carbono gasoso no disco de poeira que circunda a estrela Beta Pictoris. A descoberta, feita com observações obtidas pelo Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), no Chile, é …

Continue lendo »

abr 13

ESO: um anel de diamantes na nebulosa planetária Abell 33

Astrônomos utilizaram o Very Large Telescope do ESO no Chile para capturar esta bela imagem da nebulosa planetária PN A66 33 (Abell 33). Formada quando uma estrela moribunda lança para o espaço as suas camadas externas, esta bonita bolha azul está, por mero acaso, alinhada com uma estrela que se encontra em primeiro plano, o …

Continue lendo »

abr 12

Entendendo o Bombardeio Pesado Tardio: cientistas encontraram a maior cratera de impacto da Terra já descoberta

O Barberton greenstone belt (cinturão de rochas verdes de Barbeton) é considerado uma das regiões mais antigas da crosta continental do planeta. Com cerca de 100 quilômetros de extensão e 60 quilômetros de largura, este cinturão se localiza na África do Sul a leste de Joanesburgo e não muito longe da fronteira com a Suazilândia, …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!