Arquivo por mês: julho de 2010

jul 09

Rosetta visita o asteróide 21 Lutetia no dia 10 de julho

Em 10 de julho de 2010 a espaçonave Rosetta da ESA irá passar próxima do asteróide 21 Lutetia, o maior asteróide já visitado por uma sonda espacial.

Continue lendo »

jul 08

ESO e NASA revelam o mais poderoso microquasar já observado

Astrônomos combinaram observações a partir do VLT (Very Large Telescope) do ESO e do observatório espacial de raios-X Chandra da NASA e descobriram o mais poderoso par de jatos de matéria já vistos em um buraco negro de dimensão estelar. Este microquasar ejeta um par de potentes feixes de partículas que insuflam uma enorme bolha …

Continue lendo »

jul 07

Ray Gralak flagrou Plutão transitando em frente à nebulosa escura Barnard 92

O tênue e distante planeta anão Plutão é muito difícil de ser visto com telescópios amadores, especialmente nos últimos meses porque está atravessando uma região repleta de estrelas perto do centro galáctico, na região da constelação de Sagitário.

Continue lendo »

jul 06

Novo mapa celeste gerado pelo Planck ajuda a entender como o Universo se formou

Resultado do primeiro ano do Planck

  O observatório espacial Planck da ESA concluiu a primeira (de uma série de quatro) varredura de todo o céu e nos revela detalhes em primeira mão das duas maiores fontes celestes de microondas: o fundo cósmico e a Via Láctea.  

Continue lendo »

jul 05

Energia Escura: Por que as supernovas Ia são confiáveis como velas padrão?

A figura demonstra a estrutura de uma supernova tipo Ia a partir de diversas observações. As cinzas das fagulhas iniciais aparecem em amarelo. Dependendo da linha de visão sob a qual a supernova é observada, diferentes características espectrais se manifestam. Por um lado a supernova mostra um desvio para o azul depois de algum tempo. No lado oposto a supernova exibe um "alto gradiente de velocidades" e seu espectro apresenta um desvio para o vermelho. Crédito: IPMU/Universidade de Tókio.

Entender a energia escura é um dos maiores objetivos da física moderna. Mas, o conhecimento de suas implicações na expansão acelerada do Universo depende da precisão das medidas cósmicas. Nós podemos tentar entender esta aceleração através do estudo do comportamento das supernovas tipo Ia, que atualmente são usadas como “velas padrão”. Assim, a distância entre …

Continue lendo »

jul 04

N49: a supernova ejetou uma bolha cósmica que viaja a 2.200 km/s

O que é esta bolha (rotulada como bullet) estranha azul que aparece isolada à direita? Não temos certeza, mas trata-se provavelmente de uma bolha de escombros remanescente de uma poderosa supernova que se comportou de maneira assimétrica, gerando esta bolha e um furioso magnetar (veja point source) chamado SGR 0526-66 (SGR quer dizer Soft Gamma ray …

Continue lendo »

jul 03

Cientistas esclarecem sobre o nascimento das primeiras estrelas

No começo, havia o Hidrogênio e o Hélio… [1]. Estes elementos primordiais foram criados nos primeiros três minutos após o Big Bang. Posteriormente, foram estes elementos que deram origem a todos os outros elementos no Universo. Desde então, as estrelas têm sido as verdadeiras fábricas de construção destes elementos. Através da fusão nuclear, as estrelas …

Continue lendo »

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!