«

»

abr 16

A Terra vista do espaço: as cinzas do vulcão Eyjafjallajökull da Islândia bloqueiam o espaço aéreo norte-europeu

http://eoimages.gsfc.nasa.gov/images/imagerecords/43000/43670/eyjaf_tmo_2010105_lrg.jpg

Plumas ejetadas pelo vulcão Eyjafjallajökull da Islândia causam o bloqueio do espaço aéreo no Mar do Norte. Clique na imagem para ver a versão em alta resolução. Crédito: NASA Earth Observatory

O vulcão Eyjafjallajökull na Islândia expeliu uma vasta nuvem de cinzas e vapor através do Atlântico Norte em meados de Abril de 2010, levando as autoridades do Reino Unido, Irlanda, França e Escandinávia a fechar o espaço aéreo sobre seus países. O fechamento do espaço aéreo teve um efeito dominó, rompendo vôos de outros países, assim como a partida para demais localidades.

O dispositivo  Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) da NASA do satélite Terra capturou esta imagem da região em cor natural em 15 de abril de 2010. A pluma vulcânica ejetada pelo vulcão Eyjafjallajökull no sul da Islândia sopra na direção leste-sudeste.

http://www.nasa.gov/images/content/445263main_Eyjaf20100416-full.jpg

Neste mosaico temos a imagem original em cores naturais da plumas vulcânicas pelo instrumento MODIS (à esqueda) e a mesma imagem com os canais infravermelhos do MODIS, em 15 de abril de 2010. Clique na imagem para ver a versão em alta resolução (6,5MB) Crédito: NASA/GSFC/JPL

As autoridades não conseguem estimar dizer quanto tempo o fechamento do espaço aéreo irá durar e as cinzas espalhadas pela atmosfera ameaçam forçar o bloqueio adicional de mais regiões do espaço aéreo nos próximos dias.

As plumas voam passando pelas Ilhas Faroe e arqueiam ligeiramente em direção do norte, nas proximidades das ilhas Shetland. A cor bege da pluma indica um teor de cinzas bastante elevado.

Ao contrário material suave que resulta da queima da vegetação, a cinza vulcânica consiste de pequenas partículas irregulares de rocha. Uma vez sugadas pelas turbinas de um avião, o material abrasivo pode facilmente causar uma falha grave no motor, mas os radares que monitoram o tempo em uma aeronave não pode localizar estas cinzas.

http://eoimages.gsfc.nasa.gov/images/imagerecords/43000/43676/iceland_tmo_2010104_1230_lrg.jpg

Visão em 14 de abril de 2010, 12h30m, hora local (clique na imagem para a versão em alta resolução). Crédito: NASA Earth Observatory

Eyjafjallajökull (ou Eyjafjöll) é um estratovulcão, composto de camadas alternadas de cinzas, lava e rochas ejetadas por erupções anteriores. Este vulcão se eleva a uma altura de 1.666 metros acima do nível do mar. Suas erupções começaram pela primeira vez em 20 de março de 2010, após um longo período de 190 anos em que permaneceu adormecido.

A erupção abriu uma fissura de 500 metros e também produziu rios de lava que construíram várias colinas de rochas compostas de bolhas de lava (escória) ao longo do seu respiradouro.

Para saber mais, leia no AstroPT:

Veja a galeria de fotos no washingtonpost.com.

Acesse http://www.yr.no/nyheter/1.7085346 para ver animação que mostra como as cinzas se espalharam.

Fontes e referências

._._.

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Ferpa

    O destino a ela pertence.
    O homem é um simples incomodo para todo o sistema.

  2. Toni

    Roca, sou geologo e seu Blog foi provavelmente a melhor descoberta que fiz na web nos ultimos tempos.
    Divulgo ele pra todos os meus amigos. Mas ultimamente tenho recebido frequentemente a mensagem que essa conta foi suspensa quando tento acessar.
    Além disso me registrei no site mas nunca recebi um email de confirmação ou com a senha e toda vez que mando um email na opção esqueci a senha nunca obtenho resposta.
    Fora isso esse Blog é sensacional.
    Sds

    1. ROCA

      Os problemas que enfrentamos foi devido a um forte aumento no número de acessos. Isto foi resolvido definitivamente no domingo passado (11/04) quando nosso provedor de serviços (By Site) migrou nosso site para uma máquina mais potente.

      Quanto ao e-mail de notificação vou verificar.

  3. palerme

    A arrogância da nossa civilização que depressa cala perante as acções da Natureza…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!