«

»

jan 09

Cassini revela Reia ressurgindo por trás de Titã

Cassini capturou esta bela imagem da lua Reia ressurgindo por trás de Titã. Crédito: NASA/missão Cassini

Cassini capturou esta bela imagem da lua Reia ressurgindo por trás de Titã. Crédito: NASA/missão Cassini

Nesta rara imagem tomada pela sonda robótica Cassini a lua de Saturno Reia ressurge após a ocultação pela mega-lua Titã.

As duas maiores luas de Saturno

Titã (5.150 km) tem mais de 3 vezes o tamanho de Reia (1.528 km, a segunda lua em tamanho de Saturno e nona lua do Sistema Solar). Nesta imagem Reia está mais de duas vezes mais longe da Cassini (2,3 milhões de km) que Titã (1 milhão de km), fazendo Reia visualmente bem menor.

Eventos múltiplos de observação destes objetos, passando próximos entre si ou através de suas ocultações, permitem aos cientistas entender melhor as órbitas das luas de Saturno.

Esta imagem foi tomada pela Cassini sob a luz visível com sua câmera telescópica em 27 de outubro de 2009. A escala da imagem é de 6 km/pixel em Titã e 14 km/pixel em Reia.

A névoa de Titã

Além disso, vemos claramente aqui que a disposição das nuvens da atmosfera de Titã não tem a mesma altura em toda a circunferência. Assim, próximo a topo da imagem vemos que a névoa se apresenta mais alta. A imagem (PIA07774) abaixo apresenta mais detalhes sobre esta característica da atmosfera de Titã.

Halo de Titã mostrado pela sonda Cassini. Crédito: NASA/missão Cassini

Halo de Titã mostrado pela sonda Cassini. Crédito: NASA/missão Cassini

Fontes

Cyclops.org:

Bad Astronomy: Peek-a-moon

._._.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Esse blog é protegido!