Arquivo por tag: XMM-Newton

dez 12

ASASSN-15lh: evento superluminoso foi explicado por buraco negro em rotação “engolindo” estrela

Os telescópios do ESO ajudam a reinterpretar uma explosão brilhante Foi observado, há cerca de um ano atrás, um ponto de luz extraordinariamente brilhante numa galáxia distante, ao qual se deu o nome ASASSN-15lh, supondo tratar-se da supernova mais brilhante observada até hoje. No entanto, novas observações obtidas em vários observatórios, incluindo o ESO, lançam …

Continue lendo »

nov 25

ESASKY: Todo o céu ao seu alcance

Como vê o XMM-Newton um remanescente de uma supernova em raios-X? E como o mesmo objeto pode ser visto em observações de luz visível a partir do telescópio espacial Hubble? É fácil saber através da aplicação em rede ESASky, que põe à nossa disposição os dados públicos disponíveis de todas as missões científicas da ESA. Fazendo …

Continue lendo »

nov 01

Astrônomos descobrem um par incomum de fontes ultra luminosas de raios-X

Astrônomos descobriram um par de objetos cósmicos extraordinários que explodem dramaticamente irradiando em raios-X. Esse achado, atingido com ajuda do Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o Observatório XMM-Newton da ESA, pode representar uma nova classe de eventos explosivos encontrados no espaço. As misteriosas fontes de raios-X tornam-se cerca de cem vezes mais …

Continue lendo »

out 06

XJ1417+52: Observatórios de raios-X Chandra e XMM-Newton encontram evidências de um buraco negro errante

Uma equipe de astrônomos utilizou o Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o observatório de raios-X XMM-Newton da ESA para descobrir uma fonte de raios-X extremamente luminosa e variável localizada fora do centro da sua galáxia hospedeira. Este objeto peculiar pode ser um buraco negro errante oriundo de uma pequena galáxia colidiu com …

Continue lendo »

set 12

O magnetar jovem em RCW 103 é o pulsar com o período mais lento já detectado até hoje

Através da utilização do observatório de raios-X Chandra da NASA junto com outros observatórios de raios-X, os astrônomos encontraram evidências de um objeto que é provavelmente um dos pulsares (estrela de nêutrons em rotação) mais extremos, até então já detectado. A fonte de raios-X exibe propriedades de uma estrela de nêutrons altamente magnetizada, denominada magnetar, …

Continue lendo »

jul 26

Astrônomos descobrem sobre a vertiginosa rotação do Halo da nossa galáxia Via Láctea

Astrônomos da LSA (Faculdade de Literatura, Ciência e Artes) da Universidade de Michigan, EUA, descobriram pela primeira vez que o gás quente no halo da Via Láctea gira na mesma direção e com velocidades comparáveis as do disco da Galáxia, que contém as nossas estrelas, planetas, gases e poeira cósmica. Este novo conhecimento lança novas …

Continue lendo »

jul 21

H 1743-322: Buraco Negro faz a matéria oscilar ao seu redor

O observatório orbital de raios-X XMM-Newton da ESA provou a existência de um “vórtice gravitacional” envolvendo um buraco negro. A descoberta, também suportada pela missão NuSTAR (Nuclear Spectroscopic Telescope Array) da NASA, elucida um mistério que iludia os astrônomos há mais de três décadas e nos permitirá mapear o comportamento da matéria muito perto dos …

Continue lendo »

out 25

ASASSN-14li: fluxos de raios-X revelam a desintegração de uma estrela por um buraco negro supermassivo

Novos detalhes sobre o que acontece quando um buraco negro despedaça uma estrela foram recolhidos por um trio de telescópios de raios-X em órbita da Terra. Tais observações fornecem aos cientistas uma oportunidade extraordinária para entender o complexo ambiente extremo em torno de um buraco negro. Quando uma estrela passa muito próxima de um buraco …

Continue lendo »

set 26

Sagittarius A*: Buraco Negro no centro da nossa galáxia Via Láctea mostra sinais de maior atividade

Três telescópios espaciais detectaram um aumento na taxa de erupções de raios-X do buraco negro gigante, em geral tranquilo, no centro da nossa Galáxia, após um novo acompanhamento a longo prazo. Os cientistas ainda estão tentando descobrir se este é um comportamento normal, que teria passado sem detecção devido a uma monitoração limitada, ou se estas …

Continue lendo »

ago 28

Don Goldman revela detalhes da remanescente de supernova Puppis A

Originada pela explosão de uma estrela massiva, a nebulosa remanescente de supernova Puppis A se expande detonando o meio interestelar a 7.000 anos luz de distância da Terra. Nessa distância, esta colorida imagem telescópica, capturada usando dados tanto de amplo espectro quanto filtros de banda estreita, resolve uma área de 60 anos luz de diâmetro. …

Continue lendo »

Posts mais antigos «