Arquivo por tag: XMM-Newton

maio 11

Galáxias em processo de fusão apresentam seus buracos negros supermassivos envolvidos e altamente obscurecidos por matéria circunvizinha

Os buracos negros têm, erroneamente, uma má reputação na cultura popular pois engolem tudo o que conseguem apanhar. Na realidade, as estrelas, gases e poeiras podem orbitar os buracos negros durante bem longos períodos de tempo, até que uma grande perturbação pode eventualmente empurrar esse material para dentro do buraco negro. A fusão entre duas …

Continue lendo »

maio 10

M1: um incrível retrato composto da Nebulosa do Caranguejo pelo Spitzer, XMM-Newton, VLA e Chandra

Um grupo de astrônomos produziu uma imagem altamente detalhada da Nebulosa do Caranguejo (M1), combinando dados de diversos telescópios abrangendo quase toda a amplitude do espectro eletromagnético, desde as ondas de rádio vistas pelo VLA (Karl G. Jansky Very Large Array) até ao poderoso brilho de raios-X capturado pelo Observatório Espacial Chandra. Foram incluídos, dentro …

Continue lendo »

abr 24

NuSTAR elucida o mistério da origem da fonte dominante de raios-X de alta energia em Andrômeda

A galáxia de grande porte mais próxima da Via Láctea, Andrômeda, contém uma fonte dominante de emissão de raios-X altamente energéticos, mas a identidade dessa fonte permanecia desconhecida até então. Como reportado em estudo recente, a missão NuSTAR (Nuclear Spectroscopic Telescope Array) da NASA localizou um objeto responsável por esta radiação de alta energia. Segundo …

Continue lendo »

mar 01

Mudanças rápidas na temperatura no disco de acreção revelam a origem dos ventos ultrarrápidos dos buracos negro supermassivos

Telescópios espaciais de altas energias da ESA e da NASA (XMM-Newton e NuStar) fizeram as observações mais detalhadas dos ventos ultrarrápidos que fluem a partir das redondezas de um buraco negro supermassivo em velocidades relativísticas (cerca de 24% da velocidade da luz).

Continue lendo »

fev 21

NGC 5907 X-1: XMM-Newton da ESA estuda o pulsar mais luminoso e distante conhecido

O XMM-Newton da ESA revelou dados de um pulsar mil vezes mais luminoso do que se pensava ser possível. O pulsar NGC 5907 X-1 é também o mais distante do seu tipo já detectado, pois sua radiação viajou 50 milhões de anos-luz até ser detectada pelo XMM-Newton. Os pulsares são estrelas de nêutrons magnetizadas que giram …

Continue lendo »

dez 12

ASASSN-15lh: evento superluminoso foi explicado por buraco negro em rotação “engolindo” estrela

Os telescópios do ESO ajudam a reinterpretar uma explosão brilhante Foi observado, há cerca de um ano atrás, um ponto de luz extraordinariamente brilhante numa galáxia distante, ao qual se deu o nome ASASSN-15lh, supondo tratar-se da supernova mais brilhante observada até hoje. No entanto, novas observações obtidas em vários observatórios, incluindo o ESO, lançam …

Continue lendo »

nov 25

ESASKY: Todo o céu ao seu alcance

Como vê o XMM-Newton um remanescente de uma supernova em raios-X? E como o mesmo objeto pode ser visto em observações de luz visível a partir do telescópio espacial Hubble? É fácil saber através da aplicação em rede ESASky, que põe à nossa disposição os dados públicos disponíveis de todas as missões científicas da ESA. Fazendo …

Continue lendo »

nov 01

Astrônomos descobrem um par incomum de fontes ultra luminosas de raios-X

Astrônomos descobriram um par de objetos cósmicos extraordinários que explodem dramaticamente irradiando em raios-X. Esse achado, atingido com ajuda do Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o Observatório XMM-Newton da ESA, pode representar uma nova classe de eventos explosivos encontrados no espaço. As misteriosas fontes de raios-X tornam-se cerca de cem vezes mais …

Continue lendo »

out 06

XJ1417+52: Observatórios de raios-X Chandra e XMM-Newton encontram evidências de um buraco negro errante

Uma equipe de astrônomos utilizou o Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o observatório de raios-X XMM-Newton da ESA para descobrir uma fonte de raios-X extremamente luminosa e variável localizada fora do centro da sua galáxia hospedeira. Este objeto peculiar pode ser um buraco negro errante oriundo de uma pequena galáxia colidiu com …

Continue lendo »

set 12

O magnetar jovem em RCW 103 é o pulsar com o período mais lento já detectado até hoje

Através da utilização do observatório de raios-X Chandra da NASA junto com outros observatórios de raios-X, os astrônomos encontraram evidências de um objeto que é provavelmente um dos pulsares (estrela de nêutrons em rotação) mais extremos, até então já detectado. A fonte de raios-X exibe propriedades de uma estrela de nêutrons altamente magnetizada, denominada magnetar, …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!