Arquivo por tag: WISE

maio 14

IC 410: a formação estelar na Nebulosa do Girino capturada pelo WISE e processada por Francesco Antonucci

O que está acontecendo na Nebulosa do Girino? A resposta principal é: “formação estelar”. A poeirenta nebulosa de emissão do Girino, catalogada formalmente como IC 410, reside a cerca de 12.000 anos luz na constelação do Cocheiro (Auriga), observável nos céus do hemisfério norte.

Continue lendo »

jan 02

A missão NEOWISE revela dois objetos novos: um cometa e um corpo que está na linha divisória que separa um asteroide de um cometa

A missão NEOWISE da NASA descobriu recentemente alguns objetos celestes que viajam pela nossa vizinhança, incluindo um que está na fronteira entre o que classificamos como asteroide ou como cometa. O outro objeto, definitivamente um cometa, pode ser visto com binóculos nesta semana.

Continue lendo »

abr 21

WISEA 1147: astrônomos do WISE revelam um mundo que flutua solitário dentro da família de estrelas TW Hydrae

Em 2011, astrônomos anunciaram que a nossa Galáxia está provavelmente repleta de exoplanetas que flutuam livres pelo espaço (sem estrelas hospedeiras). De fato, estes mundos errantes, que permanecem silenciosamente na escuridão do espaço sem quaisquer companheiros exoplanetários ou até mesmo uma estrela mãe, podem até mesmo superar o número de estrelas na nossa Via Láctea. …

Continue lendo »

jan 16

O nascimento turbulento de um quasar – ALMA revela segredos sobre a galáxia mais luminosa conhecida no Universo

A galáxia mais luminosa conhecida no Universo — o quasar W2246-0526, observado quando o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual — é tão turbulenta que se encontra ejetando o seu fornecimento total de gás destinado a formação estelar, de acordo com novas observações obtidas com o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).

Continue lendo »

nov 07

MOO J1142+1527: aglomerado de galáxias gigante observado pelos olhos infravermelhos do SPTIZER e do WISE

Astrônomos descobriram um aglomerado gigante de galáxias em uma parte remota do Universo, graças ao uso em conjunto do Telescópio Espacial SPITZER e do Observatório WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer). O aglomerado de galáxias, localizado a 8,5 bilhões de anos-luz, é uma das estruturas mais massivas já encontrada nestas grandes distâncias no Cosmos.

Continue lendo »

ago 11

GAMA: iniciativa com vários telescópios mapeia a morte lenta do Universo

Rastreamento GAMA divulga primeiros dados na Assembleia Geral da UAI Uma equipe internacional de astrônomos estudou mais de 200.000 galáxias e mediu a energia gerada numa enorme região do espaço com a maior precisão até hoje. Este estudo representa a estimativa mais completa de produção de energia no Universo próximo. A equipe confirmou que a …

Continue lendo »

jun 30

Podem os exoplanetas orbitando estrelas moribundas rejuvenescer?

http://www.nasa.gov/sites/default/files/thumbnails/image/pia19346.jpg

Para um exoplaneta, o processo de rejuvenescimento seria como um dia no SPA. Depois de passar anos envelhecendo, um exoplaneta massivo poderá, em teoria, iluminar-se com um brilho radiante e jovem. Na verdade, os ditos “exoplanetas rejuvenescidos” são apenas objetos hipotéticos. Agora, no entanto, uma pesquisa através do Telescópio Espacial de infravermelho Spitzer (NASA) identificou …

Continue lendo »

maio 23

WISE revela as galáxias mais luminosas do Universo Observável

Uma galáxia distante que brilha com a luminosidade equivalente a mais de 300 trilhões de sóis foi descoberta usando dados do observatório espacial Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE) da NASA. WISE J224607.57-052635.0 é a galáxia mais luminosa já encontrada até o momento e pertence a uma nova classe de objetos recentemente descobertos pelo WISE, as …

Continue lendo »

ago 27

Astrônomos encontram evidências de nuvens de vapor d’água na atmosfera da anã marrom WISE J0855-0714

Uma equipe de pesquisadores, liderada pelo cientista espacial Jacqueline Faherty, encontrou evidências da presença de nuvens de água na atmosfera de uma anã marrom [em Portugal: anã castanha] situada a apenas 7,3 anos-luz de distância da Terra. Em seu artigo a equipe descreve como eles encontraram as evidências da descoberta e os próximos passos da …

Continue lendo »

ago 26

ESO: ALMA aplica métodos de Sherlock Holmes para avaliar galáxias em colisão no Universo longínquo

http://www.eso.org/public/images/eso1426d/

Através do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) e com suporte de outros telescópios instalados no solo e no espaço, uma equipe internacional de astrônomos obteve a melhor imagem já capturada de uma colisão entre duas galáxias quando o Universo tinha apenas metade da sua idade atual. A equipe usou uma “lupa” do tamanho de uma …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!