Arquivo por tag: Wide-Field Infrared Survey Explorer

nov 07

MOO J1142+1527: aglomerado de galáxias gigante observado pelos olhos infravermelhos do SPTIZER e do WISE

Astrônomos descobriram um aglomerado gigante de galáxias em uma parte remota do Universo, graças ao uso em conjunto do Telescópio Espacial SPITZER e do Observatório WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer). O aglomerado de galáxias, localizado a 8,5 bilhões de anos-luz, é uma das estruturas mais massivas já encontrada nestas grandes distâncias no Cosmos.

Continue lendo »

jun 30

Podem os exoplanetas orbitando estrelas moribundas rejuvenescer?

http://www.nasa.gov/sites/default/files/thumbnails/image/pia19346.jpg

Para um exoplaneta, o processo de rejuvenescimento seria como um dia no SPA. Depois de passar anos envelhecendo, um exoplaneta massivo poderá, em teoria, iluminar-se com um brilho radiante e jovem. Na verdade, os ditos “exoplanetas rejuvenescidos” são apenas objetos hipotéticos. Agora, no entanto, uma pesquisa através do Telescópio Espacial de infravermelho Spitzer (NASA) identificou …

Continue lendo »

mar 07

WISE já descobriu milhares de novas estrelas, mas, até agora, nenhum sinal do PLANETA X…

Após pesquisar bilhões de objetos em todo o céu, o observatório espacial de infravermelho WISE (Wide-Field Infrared Survey Explorer) da NASA até agora não obteve evidências do suposto corpo celeste no nosso Sistema Solar chamado “Planeta X”. Os astrônomos têm especulado sobre a possível existência de um corpo celeste, mas invisível, suspeito de orbitar o …

Continue lendo »

mar 23

Conjecturas sobre o Sistema Solar: Onde está o verdadeiro Planeta X? Onde está Nêmesis?

Uma das coisas que precisamos aprender sobre o sistema estelar α Centauri é se Próxima Centauri está ou não gravitacionalmente ligada ao par binário α Centauri A / B. Muito depende da veracidade desta questão, pois se Próxima apenas está ‘de passagem’ pelo sistema α Centauri, então qualquer efeito perturbador que Próxima pode ter sobre …

Continue lendo »

jan 02

Anãs marrons gêmeas no sistema 2M 0939 são os objetos sub-estelares mais tênues já observados

Essa recém descoberta dupla de anãs marrons, embora notáveis por sua excepcional debilidade luminosa, provavelmente não será lembrada pelo seu nome original. Esse sistema é conhecido como 2MASS J09393548-2448279 através do “Estudo de Todo o Céu de 2 Mícron” (Two Micron All-Sky Survey), ou “2MASS,” missão em parte patrocinada pela NASA que detectou pela primeira vez esse sistema em 1999.

error: Esse blog é protegido!