Arquivo por tag: VLT

fev 08

ESO/VLT: Gato Celeste encontra Lagosta Cósmica

Os astrônomos estudam há muito tempo as nuvens cósmicas brilhantes de gás e poeira catalogadas com os nomes NGC 6334 e NGC 6357, sendo esta nova imagem gigante, obtida com o Telescópio de Rastreamento do Very Large Telescope do ESO, apenas uma das mais recentes. Com cerca de dois bilhões de pixels trata-se de uma …

Continue lendo »

jan 26

Lentes gravitacionais suportam a descoberta que a expansão do Universo se dá mais rápido do que se pensava

Através do uso de galáxias massivas como lentes gravitacionais gigantes, um grupo internacional de astrônomos, com o auxílio do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, fez uma medição independente de quão rápido o Universo está em expansão. A recém-medida velocidade de expansão, para o Universo local, é consistente com as descobertas anteriores. Estes estão, no entanto, …

Continue lendo »

jan 11

O VLT vai procurar planetas no sistema Alfa Centauri

ESO assina acordo com Breakthrough Initiatives O ESO assinou um acordo com a Breakthrough Initiatives para adaptar a instrumentação do Very Large Telescope, instalado no Chile, visando realizar uma busca de planetas no sistema estelar vizinho Alfa Centauri. Tais planetas poderão ser alvos para eventuais lançamentos de sondas espaciais miniaturas pela Breakthrough Starshot initiative.

Continue lendo »

dez 25

VIPERS: terminada a construção de mapa tridimensional de galáxias distantes

Programa de rastreamento do VLT mostra a distribuição no espaço de 90.000 galáxias Durante quase 8 anos, o espectrógrafo VIMOS (VIsible MultiObject Spectrograph), montado no Very Large Telescope do ESO (VLT) no Chile, esteve construindo um mapa tridimensional de galáxias em duas zonas do céu austral. Usaram-se um total de 440 horas de observação para medir os espectros …

Continue lendo »

dez 15

M8: a Nebulosa da Lagoa em alta definição do VST por Roberto Colombari e E. Recurt

As estrelas estão em batalha com o gás e a poeira na Nebulosa da Lagoa, mas quem estão ganhando são os astrofotógrafos! Conhecida formalmente como M8, essa nebulosa fotogênica é visível inclusive por binóculos na direção da constelação de Sagittarius. Os energéticos processos de formação estelar criam não apenas as belas cores mas também um verdadeiro caos na M8.

Continue lendo »

dez 12

ASASSN-15lh: evento superluminoso foi explicado por buraco negro em rotação “engolindo” estrela

Os telescópios do ESO ajudam a reinterpretar uma explosão brilhante Foi observado, há cerca de um ano atrás, um ponto de luz extraordinariamente brilhante numa galáxia distante, ao qual se deu o nome ASASSN-15lh, supondo tratar-se da supernova mais brilhante observada até hoje. No entanto, novas observações obtidas em vários observatórios, incluindo o ESO, lançam …

Continue lendo »

dez 05

Impressões digitais do Universo primordial

As galáxias mais massivas do Universo hospedam buracos negros supermassivos nos seus centros. Estes buracos negros verdadeiramente colossais “engolem” o material que os rodeia a taxas extremamente elevadas, liberando enormes quantidades de radiação no processo e resplandecendo, sendo os objetos mais brilhantes que se conhecem no Universo! Apesar das enormes distâncias a que se encontram …

Continue lendo »

dez 03

ESO: Primeiros sinais de estranha propriedade quântica do espaço vazio?

Observações VLT de estrela de nêutrons podem confirmar previsão com 80 anos sobre o vácuo Ao estudar com o Very Large Telescope do ESO a radiação emitida por uma estrela de nêutrons muito densa e fortemente magnetizada, astrônomos descobriram os primeiras indícios observacionais de um estranho efeito quântico, previsto inicialmente nos anos 1930. A polarização …

Continue lendo »

nov 20

GJ 536b: uma super-Terra revelada em estrela próxima visível em ambos os hemisférios da Terra

O estudante de doutorado Alejandro Suárez Mascareño, pertencente ao IAC (Instituto de Astrofísica das Canárias) e da Universidade de La Laguna, juntamente com os coordenadores de sua tese Rafael Rebolo e Jonay Isaí González Hernández descobriram a super-Terra GJ 536b, cuja massa foi estimada em cerca de 5,36 (±0,69) vezes a da Terra (0,0169 ( -0,002 +0,0022 ) …

Continue lendo »

nov 18

O “código de barras cósmico” mede o eletromagnetismo de uma galáxia longínqua e confirma parâmetros da “Constante de Estrutura Fina”

Seriam as ‘constantes da física’ efetivamente constantes em todo o Universo Observável? Astrônomos mediram com precisão a intensidade de uma força fundamental da Natureza em uma galáxia cuja luz leva 8,5 bilhões de anos para chegar a Terra. Cientistas da Universidade de Tecnologia de Swinburne e da Universidade de Cambridge confirmaram que as forças eletromagnéticas …

Continue lendo »

Posts mais antigos «