Arquivo por tag: Vela

nov 21

Time internacional de astrônomos descobre importante superaglomerado de galáxias escondido atrás da Via Láctea

Um time internacional de astrônomos descobriu uma desconhecida concentração massiva de galáxias na direção da constelação de Vela, que denominaram ‘superaglomerado de Vela’. A atração gravitacional desta grande concentração de massa na nossa vizinhança cósmica poderá ter um efeito importante no movimento do nosso ‘Grupo Local de Galáxias’, incluindo a Via Láctea. A existência desse …

Continue lendo »

jul 15

NGC 2736: a Nebulosa do Lápis por Howard Hedlund e Dave Jurasevich

Movendo-se de cima para baixo no quadro perto do centro desta composição colida acentuadamente detalhada, vemos filamentos finos e brilhantes trançados os quais são na verdade longas ondulações em uma folha cósmica de gás brilhante, vista praticamente de perfil. A onda de choque navega atravé do espaço interestelar em mais de 500.000 quilômetros por hora. …

Continue lendo »

maio 15

ESO: Um atropelamento cósmico

https://cdn.eso.org/images/wallpaper5/potw1619a.jpg

Esta foto do ESO mostra a galáxia em anel da Vela, visível como um núcleo brilhante rodeado por um halo azul. Como o nome sugere, esta galáxia em anel — situada na constelação meridional de Vela — é notável devido ao seu núcleo compacto e ao grande cinturão circular de gás e estrelas que o …

Continue lendo »

ago 28

Don Goldman revela detalhes da remanescente de supernova Puppis A

Originada pela explosão de uma estrela massiva, a nebulosa remanescente de supernova Puppis A se expande detonando o meio interestelar a 7.000 anos luz de distância da Terra. Nessa distância, esta colorida imagem telescópica, capturada usando dados tanto de amplo espectro quanto filtros de banda estreita, resolve uma área de 60 anos luz de diâmetro. …

Continue lendo »

jan 28

A boca do monstro – VLT revela detalhes do glóbulo cometário CG4

http://www.eso.org/public/images/eso1503c/

Tal como a boca escancarada de uma criatura celeste gigantesca, o glóbulo cometário CG4 brilha ameaçadoramente nesta nova imagem obtida pelo Very Large Telescope do ESO. Embora pareça grande e brilhante na imagem, este objeto na realidade é uma nebulosa bastante tênue, o que o torna muito difícil de observar por astrônomos amadores. A natureza …

Continue lendo »

set 11

O remanescente de supernova em Vela revelado pela lente de Marco Lorenzi

O disco da Via Láctea corta este intrincado panorama espacial. A região desta magnífica imagem se situa na extremidade noroeste da constelação de Vela. Na verdade, este retrato cósmico trata-se de um mosaico formado por quatro chapas fotográficas com mais de 10 graus de extensão, centrado na estrutura filamentosa brilhante da nebulosa Remanescente de Supernova em Vela.

Continue lendo »

ago 22

A nebulosa de Gum sob a lente de Axel Mellinder

A nebulosa de Gum ganhou esse nome em homenagem ao astrônomo australiano Colin Stanley Gum (1924-1960). A Nebulosa de Gum é tão grande e próxima que na verdade é até difícil de visualizá-la. Na verdade, estamos a cerca de 450 anos-luz da borda frontal desta nuvem cósmica de hidrogênio brilhante e a 1.500 anos-luz de …

Continue lendo »

jul 09

RCW 38: berçário estelar na Via Láctea é alvo de estudo detalhado

Uma visão da região onde está o berçário estelar RCW 38, localizado a 5.500 anos luz, na constelação de Vela. Crédito: ESO

Os berçários estelares podem ser encontrados nas nuvens moleculares gigantes de gás e poeira espalhadas por nossa galáxia, a Via Láctea. Essas regiões conseguem produzir múltiplas estrelas de uma só vez – até centenas de um só golpe. Qual a real freqüência em que isso ocorre? Na média sabemos que uma estrela nova surge por …

Continue lendo »

jun 13

Constelações: Universe Today publicou um guia completo com as 88 constelações

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!