Arquivo por tag: ultravioleta

abr 01

As missões MAVEN e CURIOSITY confirmam que a maior parte da atmosfera de Marte foi perdida para o espaço

O vento solar e a radiação emitida pelo Sol são os responsáveis pela perda da atmosfera marciana para o espaço, transformando Marte de um planeta que poderia ter suportado vida há bilhões de anos em um mundo frio e desértico, conforme os novos resultados anunciados por pesquisadores usando dados da espaçonave robótica MAVEN e também …

Continue lendo »

mar 23

SWIFT mapeia uma estrela em uma espiral da morte na direção de um buraco negro supermassivo

Há cerca de 290 milhões de anos, uma estrela parecida com o Sol perambulou demasiadamente perto do buraco negro central de sua galáxia hospedeira. As marés gravitacionais intensas rasgaram a estrela e isso produziu um surto de radiação tanto no visível, quanto no ultravioleta e nos raios-X que foi detectado aqui na Terra em 2014. …

Continue lendo »

mar 14

M42/M43: no Coração de Órion por Christoph Kaltseisd

Próximo ao centro desse preciso e magnífico retrato cósmico, no âmago da Nebulosa de Órion, residem quatro estrelas bem massivas muito quentes (entre 15 a 30 massas solares), as quais fazem parte do aglomerado aberto do Trapézio (Trapezium), descoberto por Galileo Galilei.

Continue lendo »

fev 11

Exoplanetas hospedados por a Anãs Vermelhas podem sofrer perdas de Oxigênio dentro de zonas potencialmente habitáveis

Cientistas dão uma nova visão sobre habitabilidade em volta das estrelas anãs vermelhas A busca por vida fora do planeta Terra começa dentro das zonas habitáveis, as regiões em torno das estrelas onde as condições podem, potencialmente, permitir a existência de água líquida (essencial para a vida como a conhecemos) existindo na superfície de um …

Continue lendo »

jan 24

Descoberta uma das mais brilhantes galáxias distantes “não-ativas” até agora conhecidas

Uma equipe internacional liderada por investigadores do IAC (Instituto de Astrofísica das Canárias) e da ULL (Universidade de La Laguna) descobriu uma das galáxias “não-ativas” mais luminosas do Universo primordial. A descoberta de BG1429+1202 foi possível graças à “ajuda” de uma enorme galáxia elíptica ao longo da linha de visão do objeto, que agiu como uma …

Continue lendo »

out 17

M42: a nebulosa de Órion pelo Herschel

Essa deslumbrante imagem revela as entranhas da M42 (Nebulosa de Órion), uma região onde reside o mais próximo berçário estelar. Usando dados nos comprimentos de onda do infravermelho, capturados pelo Observatório Espacial Herschel da ESA, essa composição em cores falsas explora essa nuvem cósmica de formação estelar que dista cerca de 1.500 anos luz.

Continue lendo »

out 12

M33: as nuvens de hidrogênio da galáxia do Triângulo por Danilo Pivato e Gimmi Ratto

A majestosa galáxia espiral M33 parece possuir bem mais que deveria da sua quota esperada de gás hidrogênio brilhante. M33 é um importante membro do grupo local de galáxias. Também conhecida como a Galáxia do Triângulo, ela reside a cerca de 3 milhões de anos luz da nossa galáxia e seu diâmetro mede cerca de …

Continue lendo »

jul 28

AR Scorpii: Anã branca castiga anã vermelha com feixes de elétrons em velocidades relativísticas

Astrônomos utilizaram o Very Large Telescope do ESO e mais outros telescópios tanto no solo como no espaço, e descobriram um novo tipo de estrela binária exótica. No sistema AR Scorpii, uma anã branca em rotação rápida acelera elétrons até quase à velocidade da luz. Estas partículas de alta energia liberam quantidades de radiação que …

Continue lendo »

maio 11

09 de maio de 2016: SDO mostra em vídeo os detalhes do trânsito de Mercúrio

Que é esse pequeno ponto negro que está se movendo através do Sol? https://youtu.be/8J4LoX3eOWc Esse é o planeta Mercúrio em trânsito! Possivelmente essa é uma das visões mais claras em toda a história de Mercúrio cruzando em frente ao Sol, capturada em 09 de maio de 2016 a partir do observatório SDO em órbita da Terra. …

Continue lendo »

nov 06

A sonda MAVEN revela a taxa de influência do vento solar na erosão da atmosfera de Marte

A sonda MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da NASA evidenciou detalhes do processo que parece ter desempenhado um papel chave na transição do clima marciano: de um ambiente primordial ameno e molhado, que pode eventualmente ter suportado vida, para o frio e árido Planeta Vermelho que presenciamos atualmente. Os dados da MAVEN permitiram que …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!