Arquivo por tag: Subaru

jan 26

Lentes gravitacionais suportam a descoberta que a expansão do Universo se dá mais rápido do que se pensava

Através do uso de galáxias massivas como lentes gravitacionais gigantes, um grupo internacional de astrônomos, com o auxílio do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, fez uma medição independente de quão rápido o Universo está em expansão. A recém-medida velocidade de expansão, para o Universo local, é consistente com as descobertas anteriores. Estes estão, no entanto, …

Continue lendo »

jan 21

Abell 3411 versus Abell 3412: colisão de aglomerados de galáxias criou poderoso acelerador de partículas cósmicas

Astrônomos descobriram uma combinação de dois dos fenômenos mais poderosos do Universo, um buraco negro supermassivo em ação e a colisão de aglomerados de galáxias gigantes. A conjugação desses eventos criou um estupendo acelerador de partículas cósmicas. Combinando dados do Observatório de raios-X Chandra da NASA, do GMRT (Giant Metrewave Radio Telescope) na Índia, do …

Continue lendo »

dez 08

Cientistas elucidam os mistério das galáxias ultra difusas

Ao longo do último ano, pesquisadores observaram algumas galáxias muito tênues e difusas. As galáxias estudadas são tão tênues quanto as galáxias anãs, mas estão distribuídas em uma área tão grande quanto a Via Láctea. Tem sido um mistério, como galáxias tão tênues, com até 1.000 vezes menos estrelas do que a Via Láctea, conseguem …

Continue lendo »

set 04

Os sóis jovens da nebulosa NGC 7129 por Robert Gendler, Roberto Colombari, Eric Recurt e Adam Block

Jovens sóis ainda residem dentro da poeirenta nebulosa NGC 7129, situada a cerca de 3.000 anos luz do Sol, na direção da constelação de Cepheus. Enquanto essas estrelas ainda estão em tenra idade, com apenas alguns milhões de anos, provavelmente nosso Sol se formou em um berçário estelar similar há mais de 4,5 bilhões de anos. O …

Continue lendo »

maio 26

IC 5067 na Nebulosa do Pelicano por Roberto Colombari

Esse proeminente cume de emissão apresentado nessa precisa e colorida paisagem cósmica está catalogado como a nebulosa IC 5067. Parte de uma nebulosa de emissão de maior porte com uma forma distinta, popularmente chamado de Nebulosa do Pelicano, o cume IC 5067 se estende por cerca de 10 anos luz, seguindo a curva da cabeça …

Continue lendo »

mar 12

12 de março de 2007 – Modéstia japonesa: Subaru e a nebulosa do Caranguejo

Não Há Dia Sem História Modéstia japonesa: Subaru e a nebulosa do Caranguejo 12 de março de 2007 Na noite de 12 de março de 2007, há nove anos, uma equipe de astrônomos reunidos no Telescópio Subaru, do Observatório Astronômico Nacional do Japão, no alto do pico Mauna Kea, Hawai, por problemas técnicos não pode realizar …

Continue lendo »

out 22

Roberto Colombari e Robert Gendler apresentam a fábrica de estrelas Messier 17

O que está acontecendo no centro desta nebulosa? Esculpida pela radiação e pelos ventos estelares, esta fábrica de estrelas, conhecida como Messier 17 (NGC 6618) reside a 5.500 anos-luz na direção da constelação rica em nebulosas de Sagitário (Sagittarius). A imagem acima, uma precisa composição montada por Roberto Colombari usando dados do ESO, destaca detalhes tênues dessa região …

Continue lendo »

out 11

M20: no centro da Nebulosa Trífida por Robert Gendler e Martin Pugh

Nuvens de gás brilhante se mesclam com faixas de poeira na Nebulosa Trífida, uma região de formação estelar na direção da constelação de Sagittarius. No centro do panorama celestial juntam-se três proeminentes trilhas de poeira cósmica. Esse trio de faixas escuras é a razão do nome da nebulosa: Trífida.

Continue lendo »

jun 15

Robert Gendler nos mostra as maravilhas da M101 – a Galáxia do Cata-vento

http://chandra.harvard.edu/photo/2004/m101/

Porque tantas galáxias parecem espirais? Um exemplo contundente é a M101, mostrada acima, situada a uma distância relativamente curta (em termos galácticos, é claro) de 27 milhões de anos luz de nós. Esta ‘proximidade’ permite-nos estudá-la com mais detalhes.

Continue lendo »

out 21

New Horizons: 3 novos alvos no Cinturão de Kuiper identificados para a extensão da missão

Através do Telescópio Espacial Hubble os astrônomos encontraram três novo alvos potenciais no Cinturão de Kuiper para serem explorados pela missão New Horizons, o que significa que nossas esperanças na continuação da missão serão satisfeitas. Plutão/Caronte e as demais luas são alvos intrigantes, mas quanto mais usarmos a espaçonave robótica para visitar outros membros gelados …

Continue lendo »

Posts mais antigos «