Arquivo por tag: Spitzer

fev 23

TRAPPIST-1: a Anã Superfria e seus Sete Exoplanetas

Mundos temperados do tamanho da Terra foram descobertos em um sistema planetário extraordinariamente rico Astrônomos descobriram um sistema com sete exoplanetas do tamanho da Terra a cerca de apenas 40 anos-luz de distância. Com o auxílio de telescópios no espaço e também no solo, incluindo o Very Large Telescope do ESO, os exoplanetas foram todos …

Continue lendo »

jan 26

Lentes gravitacionais suportam a descoberta que a expansão do Universo se dá mais rápido do que se pensava

Através do uso de galáxias massivas como lentes gravitacionais gigantes, um grupo internacional de astrônomos, com o auxílio do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, fez uma medição independente de quão rápido o Universo está em expansão. A recém-medida velocidade de expansão, para o Universo local, é consistente com as descobertas anteriores. Estes estão, no entanto, …

Continue lendo »

jan 01

M20: a nebulosa Trífida em infravermelho examinada pelo SPITZER

A Nebulosa Trífida (NGC 6514), catalogada como Messier 20, é relativamente fácil de ser encontrada com telescópios de menor porte. Trífida é uma nebulosa rica que reside na direção da constelação de Sagittarius. As imagens no espectro visível mostram a nebulosa dividida em três partes por trilhas de poeira escuras. Na verdade, o nome Trífida significa “dividida em três lóbulos”. Esta …

Continue lendo »

dez 26

NGC 6357: a Maravilhosa Fábrica Estelar por L, Townsley et al (UKIRT), Chandra e Spitzer

Por razões ainda desconhecidas, a região NGC 6357 está formando as mais massivas estrelas até então descobertas. Essa região complexa de maravilhas da formação estelar consiste em numerosos filamentos de gás e poeira cósmica envolvendo gigantescas cavidades onde residem massivos aglomerados estelares. Os padrões intricados são causados por interações complexas entre os ventos interstelares, pressões de …

Continue lendo »

nov 15

OGLE-2015-BLG-1319: uma anã marrom dentro do “Deserto de Anãs Marrons”?

A recém descoberta anã marrom (em Portugal: anã castanha) nomeada OGLE-2015-BLG-1319 é bem significativa em várias frentes, pelo menos pela maneira pela qual foi detectada. Estamos lidando aqui não apenas com um novo evento de microlente gravitacional (onde a luz de uma estrela de fundo é afetada por um objeto à frente) o qual fornece …

Continue lendo »

nov 07

Colaboração “Frontier Fiels” revela dados das galáxias primordiais usando lentes gravitacionais

Na caçada permanente pelas galáxias primordiais do Universo, o Telescópio Espacial Spitzer da NASA concluiu suas observações para o programa “Frontier Fields”. Este projeto ambicioso combinou o poder de todos os três grandes observatórios espaciais da NASA (Spitzer, Hubble e Chandra) para voltar no espaço e no tempo o máximo que a tecnologia atual permite.

Continue lendo »

set 20

NGC 7293: a Nebulosa da Hélice em infravermelho pelo Spitzer

O que faz esse ’olho cósmico’ parecer tão vermelho? A resposta é simples: poeira. A imagem em destaque, capturada pelo observatório espacial robótico Spitzer, nos mostra a radiação em infravermelho emanada pela muito bem estudada Nebulosa da Hélice (NGC 7293) que reside ‘apenas’ a 700 anos luz da Terra na direção da constelação de Aquarius. O emaranhado com dois …

Continue lendo »

jun 27

Kepler: a missão K2 descobriu exoplaneta recém-nascido formado em volta de estrela jovem

Quando um exoplaneta passa em frente da sua estrela hospedeira, o objeto bloqueia uma pequena parte da luz estelar. Observando a diminuição do brilho estelar, em um evento que os astrônomos chamam de ‘trânsito’, e monitorando de forma contínua o comportamento da estrela os astrônomos conseguem detectar planetas fora do Sistema Solar com um alto …

Continue lendo »

jun 12

O Hubble nos conta que dias nublados em exoplanetas podem esconder vapor d’água em suas atmosferas

O estudo da presença de água é sempre um tema em destaque na pesquisa sobre exoplanetas. Tal inclui também os ‘Júpiteres quentes’, objetos cujas massas são semelhantes à de Júpiter, mas que estão muito mais perto da sua estrela hospedeira do que Júpiter está do nosso Sol. Esses gigantes gasosos podem alcançar temperaturas escorchantes da …

Continue lendo »

jun 01

YLW 16B: Ecos de luz dão informações sobre disco protoplanetário

Imagine que você quer medir o tamanho de um quarto, mas está completamente no escuro. No entanto, se você gritar, conseguirá discernir se o espaço é relativamente grande ou pequeno, dependendo de quanto tempo leva para ouvir o eco de sua voz depois de retornar das paredes. Os astrônomos usam este princípio para estudar objetos …

Continue lendo »

Posts mais antigos «