Arquivo por tag: SN 1987a

fev 27

Vamos celebrar o 30º aniversário da Supernova SN 1987A ?

Há 30 anos, os astrônomos detectaram uma das explosões estelares mais brilhantes nos últimos quatro séculos. Assim, em 23 de fevereiro de 1987, a estrela supergigante azul de nome Sanduleak –69° 202 explodiu, gerando a primeira supernova visível a olho nu desde a supernova de Kepler em 1604. A supernova titânica chamada de SN 1987A brilhou …

Continue lendo »

fev 27

A nebulosa da Tarântula processada por Robert Gendler e Roberto Colombari

A magnífica nebulosa da Tarântula possui mais de mil anos luz de diâmetro. Trata-se de uma gigantesca região de formação estelar dentro da vizinha galáxia satélite Grande Nuvem de Magalhães, que reside a 180.000 anos luz de distância da Terra. De fato, os cientistas julgam que essa nebulosa é a mais violenta área de criação de estrelas …

Continue lendo »

jan 31

MWC 922: A Nebulosa do Quadrado Vermelho por Peter Tuthill e James Lloyd

O que poderia fazer uma nebulosa se parecer com um quadrado? Não sabemos ao certo. No entanto, o sistema conhecido como MWC 922 parece conter uma quente estrela, embutida em uma nebulosa com um exótico formato de quadrado.

Continue lendo »

ago 18

ESO revela a Supernova 1987A modelada em 3 dimensões

Baseando-se nos dados fornecidos pelo VLT (Very Large Telescope) do ESO, os astrônomos modelaram uma imagem tridimensional da distribuição do material ejetado pela supernova SN1987A, cuja explosão se deu há pouco mais de 23 anos. Os resultados do estudo indicam que a explosão estelar foi intensa e teve uma direção privilegiada, o que sugere que …

Continue lendo »

mar 22

Estrelas desaparecidas ajudam astrônomos a comprovar a origem das supernovas tipo II

Os astrônomos confirmaram através de imagens dos telescópios Hubble e Gemini o que há muito suspeitavam: as supernovas tipo II são de fato resultantes da explosão de estrelas supergigantes vermelhas.

fev 22

Estrela de quarks pode conter os segredos do Universo primordial

Um novo tipo de estrela pode estar oculto nos restos de uma explosão de supernova próxima. Se confirmada, a “estrela de quarks” pode oferecer novas perspectivas para os primeiros momentos do Universo. Quando uma supernova explode, deixa para trás um buraco negro ou um denso objeto estelar remanescente chamado estrela de nêutrons. No entanto, segundo …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!