Arquivo por tag: SDSS

fev 21

NGC 5907 X-1: XMM-Newton da ESA estuda o pulsar mais luminoso e distante conhecido

O XMM-Newton da ESA revelou dados de um pulsar mil vezes mais luminoso do que se pensava ser possível. O pulsar NGC 5907 X-1 é também o mais distante do seu tipo já detectado, pois sua radiação viajou 50 milhões de anos-luz até ser detectada pelo XMM-Newton. Os pulsares são estrelas de nêutrons magnetizadas que giram …

Continue lendo »

jan 24

Descoberta uma das mais brilhantes galáxias distantes “não-ativas” até agora conhecidas

Uma equipe internacional liderada por investigadores do IAC (Instituto de Astrofísica das Canárias) e da ULL (Universidade de La Laguna) descobriu uma das galáxias “não-ativas” mais luminosas do Universo primordial. A descoberta de BG1429+1202 foi possível graças à “ajuda” de uma enorme galáxia elíptica ao longo da linha de visão do objeto, que agiu como uma …

Continue lendo »

jan 03

Nova pesquisa reforça o papel das Supernovas tipo Ia no entendimento do comportamento do Universo

Quanto da história do Universo podemos conhecer com ajuda das supernovas tipo Ia? Uma nova pesquisa realizada por cosmologistas da Universidade de Chicago e da Universidade Estatal de Wayne confirmou a precisão do uso das supernovas do Tipo Ia na medição do ritmo através do qual o Universo se expande. As descobertas suportam uma teoria …

Continue lendo »

nov 23

NGC 4414: Uma Galáxia Espiral Floculenta e a Matéria Escura

Quanta massa uma galáxia espiral floculenta esconde? A imagem em cores reais da galáxia espiral floculenta NGC 4414 foi capturada pelo Telescópio Espacial Hubble para ajudar a responder essa questão.

Continue lendo »

jan 15

O maior mapa das idades das estrelas da Via Láctea revela como nossa galáxia evoluiu

Pais orgulhosos monitoram e registram o crescimento de seus filhos, no entanto, os astrônomos da SDSS realizaram uma tarefa muito maior: documentaram o crescimento da nossa própria Via Láctea. No recente encontro da Sociedade Astronômica Americana em Kissimmee, Flórida, EUA,  a equipe liderada por Melissa Ness do Instituto Max Planck para Astronomia em Heidelberg, Alemanha, …

Continue lendo »

nov 26

SDSS J103842.59+484917.7: Gato de Cheshire e os 100 anos da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein

Quando Alice no País das Maravilhas encontra Albert Einstein? Há 100 anos, em novembro de 1915, Albert Einstein publicou a sua teoria da relatividade geral, uma das conquistas científicas mais importantes do século XX. Um resultado chave da teoria de Einstein é que a matéria distorce o espaço-tempo. Assim, um objeto massivo pode provocar uma …

Continue lendo »

ago 11

GAMA: iniciativa com vários telescópios mapeia a morte lenta do Universo

Rastreamento GAMA divulga primeiros dados na Assembleia Geral da UAI Uma equipe internacional de astrônomos estudou mais de 200.000 galáxias e mediu a energia gerada numa enorme região do espaço com a maior precisão até hoje. Este estudo representa a estimativa mais completa de produção de energia no Universo próximo. A equipe confirmou que a …

Continue lendo »

jun 14

Chandra: Erupções sequenciais de buraco negro supermassivo moldou grupo de galáxias

Um time de astrônomos usou o observatório espacial de raios-X CHANDRA da NASA para mostrar que múltiplas erupções de um buraco negro supermassivo, ao longo de 50 milhões de anos, reorganizaram a paisagem cósmica no centro de um grupo de galáxias. Os cientistas descobriram a história das erupções do buraco negro supermassivo através do estudo …

Continue lendo »

abr 03

Hubble revela fantasmas de quasares extintos

http://www.spacetelescope.org/images/heic1102a/

O Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA capturou um conjunto de imagens de enigmáticos “fantasmas de quasares”, filamentos verdes e etéreos que assinalam os túmulos destes objetos que brilharam fortemente outrora e depois evanesceram. As oito estruturas incomuns residem em suas galáxias hospedeiras e brilham com tons esverdeados. Estas imagens fornecem novas informações sobre o passado …

Continue lendo »

mar 17

Via Láctea é uma galáxia enrugada e 50% maior do que pensávamos!

http://news.rpi.edu/sites/default/files/styles/large/public/HNewbergApJRippledGalaxy5.jpg?itok=1ngxyso7

Novas descobertas sugerem que o disco galáctico tem uma arquitetura com várias ondas concêntricas e consequentemente a Via Láctea é pelo menos 50% maior do que antes estimávamos. A pesquisa foi realizada por um time internacional liderado pela Professora Heidi Jo Newberg do Instituto Politécnico Rensselaer. Os cientistas revisitaram os dados astronômicos da pesquisa de …

Continue lendo »

Posts mais antigos «