Arquivo por tag: Sagittarius

abr 21

A nebulosa planetária da Aranha Vermelha capturada pelo Hubble e enriquecida por Jesús Vargas e Maritxu Poyal

Observe na imagem em destaque a teia emaranhada que uma nebulosa planetária pode tecer. De fato, a Nebulosa Planetária da Aranha Vermelha exibe uma complexa estrutura resultante do processo que ocorre quando uma estrela convencional (como o Sol) ejeta suas camadas externas e depois se transforma em uma anã branca.

Continue lendo »

nov 22

NOVA Sagittarius 2016 capturada nos céus da Tailândia por Jeff Dai (TWAN)

Uma NOVA na direção da constelação de Sagittarius tem estado brilhante o suficiente para ser observada através de binóculos. Essa explosão estelar foi detectada em outubro de 2016 e chegou a atingir o brilho máximo perto do limite de observação sem auxílio de instrumentos na segunda semana de novembro de 2016.

Continue lendo »

nov 14

O “Rio Negro” no centro da Via Láctea revelado por Rogelio Bernal Andreo (Deep Sky Colors)

Cerca de 108 painéis de imagens telescópicas compõem esse mosaico vertical deslumbrante que cobre uma área de cerca de 50 graus através do céu noturno. Esse projeto do astrofotógrafo Rogelio Bernal Andreo levou cerca de 5 meses para ser concluído e consumiu aproximadamente 130 horas de exposição. Os painéis do mosaico seguem a parte do …

Continue lendo »

out 25

SAO 244567: astrônomos observam o renascimento de uma estrela em um flash de hélio

Um time internacional de astrônomos tem sido capaz de estudar a evolução estelar em tempo real através do Observatório Espacial Hubble. Ao longo de um período de 30 anos, têm sido observados aumentos dramáticos na temperatura da estrela SAO 244567. Agora, essa estrela está novamente esfriando, tendo renascido para uma fase anterior da evolução estelar. …

Continue lendo »

jun 24

Girassóis em Sagittarius por Andrew Campbell

Três brilhantes nebulosas são usualmente observadas através de tours telescópicos na constelação de Sagittarius e os populosos campos estelares do centro da Via Láctea. De fato, o turista astronômico do século XVIII Charles Messier catalogou duas delas: a M8 (à esquerda do centro da imagem) e a colorida M20 (na parte inferior do quadro). A terceira nebulosa (NGC 6559) …

Continue lendo »

jan 18

2MASS: 1.000.000 de estrelas no centro da Via Láctea em infravermelho

O centro de nossa galáxia Via Láctea é um lugar de grande atividade Na luz visível, a maior parte do Centro Galáctico é obscurecida pela poeira cósmica opaca. Em contrapartida, em infravermelho a poeira cósmica brilha mais e obscurece bem menos os objetos que ficam por trás, permitindo o registro de quase um milhão de estrelas …

Continue lendo »

set 26

Sagittarius A*: Buraco Negro no centro da nossa galáxia Via Láctea mostra sinais de maior atividade

Três telescópios espaciais detectaram um aumento na taxa de erupções de raios-X do buraco negro gigante, em geral tranquilo, no centro da nossa Galáxia, após um novo acompanhamento a longo prazo. Os cientistas ainda estão tentando descobrir se este é um comportamento normal, que teria passado sem detecção devido a uma monitoração limitada, ou se estas …

Continue lendo »

out 02

VLT explora o aglomerado Messier 54 e mostra que o problema da escassez do lítio existe também fora da nossa galáxia

Esta imagem capturada pelo VLT Survey Telescope, no Observatório do Paranal do ESO, norte do Chile, mostra uma vasta coleção de estrelas, o aglomerado globular Messier 54. Este aglomerado parece muito semelhante a muitos outros, no entanto tem um segredo. Messier 54 não pertence à Via Láctea, mas sim a uma pequena galáxia satélite, a …

Continue lendo »

jul 19

Rogelio Bernal Andreo flagra o centro galáctico e suas vizinhanças cósmicas

Paisagem cósmica revela um rio negro ligando o centro galáctico às maravilhas do zoo celeste Um rio negro de poeira cósmica parece fluir a partir do centro galáctico e ‘desaguar’ em um campo estelar contendo maravilhas fotogênicas celestes.

Continue lendo »

jul 07

Ray Gralak flagrou Plutão transitando em frente à nebulosa escura Barnard 92

O tênue e distante planeta anão Plutão é muito difícil de ser visto com telescópios amadores, especialmente nos últimos meses porque está atravessando uma região repleta de estrelas perto do centro galáctico, na região da constelação de Sagitário.

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!