Arquivo por tag: Robert Gendler

ago 17

A galáxia distorcida espiral NGC 2442 por Robert Gendler e Roberto Colombari

A galáxia distorcida NGC 2442 pode ser encontrada na constelação meridional do Peixe Voador (flying fish ou Piscis) Volans. Localizada a cerca de 50 milhões de anos luz da Via Láctea essa galáxia possui dois braços expirais que se estendem a partir de uma pronunciada barra central, parecendo um gancho nas imagens de campo largo.

Continue lendo »

set 04

Os sóis jovens da nebulosa NGC 7129 por Robert Gendler, Roberto Colombari, Eric Recurt e Adam Block

Jovens sóis ainda residem dentro da poeirenta nebulosa NGC 7129, situada a cerca de 3.000 anos luz do Sol, na direção da constelação de Cepheus. Enquanto essas estrelas ainda estão em tenra idade, com apenas alguns milhões de anos, provavelmente nosso Sol se formou em um berçário estelar similar há mais de 4,5 bilhões de anos. O …

Continue lendo »

fev 27

A nebulosa da Tarântula processada por Robert Gendler e Roberto Colombari

A magnífica nebulosa da Tarântula possui mais de mil anos luz de diâmetro. Trata-se de uma gigantesca região de formação estelar dentro da vizinha galáxia satélite Grande Nuvem de Magalhães, que reside a 180.000 anos luz de distância da Terra. De fato, os cientistas julgam que essa nebulosa é a mais violenta área de criação de estrelas …

Continue lendo »

nov 30

Hubble revela o coração da galáxia espiral NGC 3521, processada por Robert Gendler

Esta gigantesca roda massiva de estrelas, gases e poeira cósmica ocorre perto do centro de uma galáxia espiral relativamente próxima de nós. A deslumbrante galáxia espiral NGC 3521 reside a ‘apenas’ 35 milhões de anos luz na direção da constelação do Leão (Leo). NGC 3521 tem um diâmetro estimado em cerca de 50.000 anos luz.

Continue lendo »

nov 19

NGC 5128: uma notável imagem da galáxia ativa Centaurus A por Robert Gendler e Roberto Colombari 

Afinal, qual é a galáxia ativa mais próxima do planeta Terra? Certamente a resposta está na rádio galáxia Centaurus A, que reside na constelação do Centauro a uns meros 11 milhões de anos luz. A galáxia elíptica peculiar Centaurus A tem um diâmetro acima dos 60.000 anos luz. Seu nome no catálogo de nebulosas e aglomerados estelares é …

Continue lendo »

out 22

Roberto Colombari e Robert Gendler apresentam a fábrica de estrelas Messier 17

O que está acontecendo no centro desta nebulosa? Esculpida pela radiação e pelos ventos estelares, esta fábrica de estrelas, conhecida como Messier 17 (NGC 6618) reside a 5.500 anos-luz na direção da constelação rica em nebulosas de Sagitário (Sagittarius). A imagem acima, uma precisa composição montada por Roberto Colombari usando dados do ESO, destaca detalhes tênues dessa região …

Continue lendo »

out 11

M20: no centro da Nebulosa Trífida por Robert Gendler e Martin Pugh

Nuvens de gás brilhante se mesclam com faixas de poeira na Nebulosa Trífida, uma região de formação estelar na direção da constelação de Sagittarius. No centro do panorama celestial juntam-se três proeminentes trilhas de poeira cósmica. Esse trio de faixas escuras é a razão do nome da nebulosa: Trífida.

Continue lendo »

out 10

M83: a Galáxia dos Mil Rubis por Robert Gendler

Grande, brilhante e belíssima, a galáxia espiral M83 dista da Terra cerca de 12 milhões de anos luz, na direção da longa constelação de Hidra. Proeminentes braços espirais traçados por raias escuras de poeira cósmica e aglomerados estelares azuis levaram a escolha de seu nome popular: a galáxia do “Cata-vento do Sul”. Regiões de formação estelar avermelhadas que …

Continue lendo »

set 21

M96 revelada por Robert Gendler via Hubble

Faixas de poeira parecem girar em torno do núcleo de Messier 96 neste retrato colorido detalhado deste belo ‘universo ilha’. Obviamente, M96 é uma galáxia espiral. Contando os braços tênues que ultrapassam a região central mais brilhante, essa galáxia se estende por mais de 100 mil anos luz, o que a torna maior que a …

Continue lendo »

ago 31

M31: mosaico da galáxia de Andrômeda por Robert Gendler

Qual é a galáxia de grande porte mais próxima da nossa Via Láctea? Andrômeda é a resposta. De fato, nossa galáxia é considerada muito parecida com Andrômeda. Juntas a Via Láctea e Andrômeda dominam o Grupo Local de Galáxias. A luz difusa de Andrômeda é gerada por centenas de bilhões de suas estrelas componentes.

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!