Arquivo por tag: reionização

mar 08

ESO: Poeira estelar antiga lança luz sobre as primeiras estrelas

A galáxia A2744_YD4 é o objeto mais distante observado até hoje pelo ALMA Astrônomos usaram o ALMA para detectar uma enorme quantidade de poeira estelar resplandecente em uma galáxia observada quando o Universo tinha apenas 4% da sua idade atual. Esta galáxia foi observada pouco depois da sua formação e trata-se da galáxia mais distante …

Continue lendo »

jun 22

ESO: ALMA detecta o oxigênio mais distante já observado até hoje

Com o auxílio do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), uma equipe de astrônomos conseguiu detectar oxigênio brilhante numa galáxia distante observada apenas 700 milhões de anos depois do Big Bang. Trata-se da galáxia mais longínqua na qual foi detectado oxigênio de forma inequívoca, que está certamente sendo ionizado pela forte radiação emitida por estrelas gigantes …

Continue lendo »

out 27

Hubble investiga o Cosmos nas fronteiras do Big Bang

Observações realizadas através Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA tiraram proveito do efeito proporcionado pelas lentes gravitacionais para revelar a maior amostra de galáxias mais tênues e primordiais do Universo. Algumas destas galáxias surgiram a apenas 600 milhões de anos após o Big Bang e são mais tênues do que qualquer outra galáxia já descoberta pelo …

Continue lendo »

ago 08

EGSY8p7: a galáxia mais distante conhecida foi medida pelos Observatórios Keck do Havaí

MAUNAKEA, Havaí: Um time de astrofísicos, usando o Observatório W. M. Keck no Havaí, mediu com sucesso a galáxia mais distante já registada. Mais interessante ainda, a equipe capturou suas emissões de hidrogênio quando o Universo tinha menos de 600 milhões de anos de idade. Além disso, o método de detecção da galáxia, a EGSY8p7, …

Continue lendo »

jul 22

ALMA observa de forma inédita a formação de galáxias no Universo primordial

Com o auxílio do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) foram detectadas as nuvens de gás de formação estelar mais distantes observadas até hoje em galáxias normais no Universo primordial. As novas observações permitem aos astrônomos começar a ver como é que as primeiras galáxias foram construídas e como é que limparam o nevoeiro cósmico durante …

Continue lendo »

maio 08

EGS-zs8-1: dados combinados do Hubble, Keck e do Spitzer encontram a galáxia mais distante já observada

Um time internacional de astrônomos, liderados por cientistas da Universidade de Yale e da Universidade da Califórnia, aprofundou a fronteira cósmica da exploração galáctica até uma época em que o Universo tinha apenas 5% da sua idade corrente de 13,8 bilhões de anos. A equipe descobriu uma galáxia excepcionalmente luminosa com mais de 13 bilhões …

Continue lendo »

out 20

ESO usa o Very Large Telescope para investigar a galáxia mais distante conhecida

Uma equipe de astrônomos europeus utilizou o Very Large Telescope (VLT) do ESO para medir a distância à galáxia mais distante conhecida até hoje. Ao analisar cuidadosamente a fraca luminosidade da galáxia, a equipe descobriu que está na realidade a observar esta galáxia quando o Universo tinha apenas 600 milhões de anos (o que corresponde …

Continue lendo »

jan 07

Visão de campo ultra profundo do Hubble revela as primeiras galáxias do Universo

O telescópio espacial Hubble quebrou o limite de distância na busca das galáxias primordiais e descobriu uma população primitiva de galáxias jovens, ultra azuis e compactas, nunca antes observadas. Olhando para o passado longínquo… o ‘túnel do tempo’ Quanto mais fundo o Hubble olha dentro do Cosmos, mais para trás no tempo ele vê, uma …

Continue lendo »

nov 14

Descobertas 22 das galáxias mais antigas do Universo

Um novo estudo encontrou 22 das primeiras galáxias que se formaram no Universo, confirmando a sua idade em cerca de 787 milhões de anos após o nascimento do Universo. Estas e outras galáxias da infância do Universo poderiam ajudar a trazer nova luz para a cosmologia, mostrando as condições que governaram o início do Universo. …

Continue lendo »

jun 02

A matéria escura foi responsável pela reconstrução do Universo primordial (a era da reionização)?

Até 380,000 anos após o Big Bang, o Universo era uma sopa quente de plasma que se esfriou. Nessa ocasião a temperatura universal caiu ao nível onde prótons e elétrons podiam se recombinar formando átomos. Esse ‘calmo’ período de formação do Hidrogênio neutro na história universal não durou muito tempo. Os átomos de Hidrogênio primordiais …

Continue lendo »