Arquivo por tag: quasar

fev 01

O observatório de raios gama FERMI revela os blazares mais extremos até então já observados

O Telescópio Espacial de Raios-gama FERMI da NASA identificou os blazares de raios-gama mais longínquos. Um blazar é um tipo de galáxia ativa cujas emissões intensas são alimentadas por buracos negros supermassivos. Para ser um blazar, o feixe de radiação da galáxia ativa deve estar apontado em nossa direção. A luz destes objetos distantes começou …

Continue lendo »

jan 26

Lentes gravitacionais suportam a descoberta que a expansão do Universo se dá mais rápido do que se pensava

Através do uso de galáxias massivas como lentes gravitacionais gigantes, um grupo internacional de astrônomos, com o auxílio do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, fez uma medição independente de quão rápido o Universo está em expansão. A recém-medida velocidade de expansão, para o Universo local, é consistente com as descobertas anteriores. Estes estão, no entanto, …

Continue lendo »

dez 05

Impressões digitais do Universo primordial

As galáxias mais massivas do Universo hospedam buracos negros supermassivos nos seus centros. Estes buracos negros verdadeiramente colossais “engolem” o material que os rodeia a taxas extremamente elevadas, liberando enormes quantidades de radiação no processo e resplandecendo, sendo os objetos mais brilhantes que se conhecem no Universo! Apesar das enormes distâncias a que se encontram …

Continue lendo »

nov 18

O “código de barras cósmico” mede o eletromagnetismo de uma galáxia longínqua e confirma parâmetros da “Constante de Estrutura Fina”

Seriam as ‘constantes da física’ efetivamente constantes em todo o Universo Observável? Astrônomos mediram com precisão a intensidade de uma força fundamental da Natureza em uma galáxia cuja luz leva 8,5 bilhões de anos para chegar a Terra. Cientistas da Universidade de Tecnologia de Swinburne e da Universidade de Cambridge confirmaram que as forças eletromagnéticas …

Continue lendo »

out 29

O VLT do ESO detectou halos gigantes brilhantes inesperados em torno de quasares distantes

Uma equipe internacional de astrônomos descobriu nuvens de gás brilhante em torno de quasares distantes. Esta é a primeira vez que todos os quasares um em rastreamento apresentam estes halos, dos quais as assinaturas inconfundíveis foram observadas pelo instrumento MUSE montado no Very Large Telescope do ESO. As propriedades dos halos desta descoberta surpreendente encontram-se …

Continue lendo »

fev 24

B3 0727+409: a radiação de fundo de micro-ondas do Big Bang permitiu a descoberta de jato relativístico emanado por quasar distante

Astrônomos usaram o Observatório de Raios-X Chandra da NASA para descobrir um jato emitido por um buraco negro supermassivo muito distante iluminado pela luz mais antiga do Universo. Esta descoberta mostra que os buracos negros com jatos poderosos podem ser mais comuns do que se pensava nos primeiros bilhões de anos após o Big Bang. …

Continue lendo »

jan 16

O nascimento turbulento de um quasar – ALMA revela segredos sobre a galáxia mais luminosa conhecida no Universo

A galáxia mais luminosa conhecida no Universo — o quasar W2246-0526, observado quando o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual — é tão turbulenta que se encontra ejetando o seu fornecimento total de gás destinado a formação estelar, de acordo com novas observações obtidas com o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).

Continue lendo »

out 06

SPT-CLJ2344-4243: Chandra e Hubble revelam uma nova perspectiva sobre um extraordinário aglomerado de galáxias

Os aglomerados de galáxias são frequentemente descritos por superlativos. Afinal de contas, são gigantescos aglomerados de galáxias, gás aquecido e matéria escura e representam as maiores estruturas no Universo, mantidas coesas pela gravidade. De maneira geral, os aglomerados de galáxias tendem a ser pobres na produção de novas estrelas em seus núcleos. Normalmente os aglomerados …

Continue lendo »

ago 29

Markarian 231: Hubble descobre que o quasar mais próximo é alimentado por um buraco negro duplo

Astrônomos usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA descobriram que Markarian 231 (Mrk 231), a galáxia mais próxima da Terra que abriga um quasar, é alimentada por dois buracos negros centrais que giram furiosamente sobre seu centro de massa. A descoberta sugere que os quasares (núcleos brilhantes de galáxias ativas) podem, de maneira relativamente comum, …

Continue lendo »

jun 21

Choques de galáxias alimentaram os quasares no Universo antigo

Usando a visão em infravermelho do telescópio espacial de Hubble, os astrônomos revelaram as origens anteriormente ocultas dos quasares, os objetos mais brilhantes do Universo. Um novo estudo descobriu que os quasares efetivamente surgem quando as galáxias colidem entre si e sua matéria alimenta os supermassivos buracos negros centrais.

Continue lendo »

Posts mais antigos «