Arquivo por tag: Planck

dez 10

ESO: a matéria escura pode ser mais uniforme do que se esperava

Estudo detalhado de uma grande área do céu feito com base em dados do VST revela resultado intrigante A análise de um enorme levantamento de galáxias, obtido pelo Telescópio de Rastreamento do VLT do ESO (VST) no Chile, sugere que a matéria escura pode ser menos densa e estar distribuída de forma mais uniforme no …

Continue lendo »

nov 25

ESASKY: Todo o céu ao seu alcance

Como vê o XMM-Newton um remanescente de uma supernova em raios-X? E como o mesmo objeto pode ser visto em observações de luz visível a partir do telescópio espacial Hubble? É fácil saber através da aplicação em rede ESASky, que põe à nossa disposição os dados públicos disponíveis de todas as missões científicas da ESA. Fazendo …

Continue lendo »

maio 13

Astrônomos explicam o supervazio, uma gigantesca lacuna dentro do Universo

http://www.ifa.hawaii.edu/info/press-releases/ColdSpot/cmb_v_jav.jpg

Em 2004, astrônomos examinaram o mapa da radiação fóssil remanescente do Big Bang (radiação cósmica de fundo ou CMB) e descobriram o ‘Ponto Frio’, uma área excepcionalmente fria no céu, muito maior do que se esperava. Sabemos que a física por trás da teoria do Big Bang prevê a existência de manchas mais quentes e …

Continue lendo »

abr 07

Astrônomos usam dados dos observatórios Planck e Herschel para elucidar a origem dos aglomerados de galáxias

Através da combinação de observações do Universo distante feitas com os observatórios espaciais da ESA (Agência Espacial Europeia) Herschel e Planck, os cosmologistas descobriram objetos candidatos a serem os percursores de vastos aglomerados de galáxias que vemos hoje em dia.

Continue lendo »

maio 09

Planck obtém a impressão digital magnética da Via Láctea

http://www.esa.int/spaceinimages/Images/2014/05/Milky_Way_s_magnetic_fingerprint

A missão Planck publicou um mapa do brilho da radiação CMB com um nível de detalhe sem precedentes, e os cientistas estão examinando os dados para isolarem a polarização deste sinal. Este é um dos principais objetivos científicos do Planck, uma vez que poderá fornecer provas que confirmem a produção de ondas gravitacionais imediatamente após …

Continue lendo »

jul 06

Novo mapa celeste gerado pelo Planck ajuda a entender como o Universo se formou

Resultado do primeiro ano do Planck

  O observatório espacial Planck da ESA concluiu a primeira (de uma série de quatro) varredura de todo o céu e nos revela detalhes em primeira mão das duas maiores fontes celestes de microondas: o fundo cósmico e a Via Láctea.  

Continue lendo »

abr 27

ESA: Planck revela a complexidade dos processos de formação das estrelas

Imagens inéditas e inovadoras liberadas pela equipe do observatório espacial Planck (ESA) nos revelam as forças que comandam o nascimento das estrelas e fornecem aos astrônomos uma nova forma de perceber como atua a física que consolida o pó cósmico e o gás interestelar em nossa galáxia.

Continue lendo »

mar 30

Física: Quem tem medo do LHC? Quem tem medo de um mini-buraco-negro?

Uma vez que hoje, 30 de março de 2010, o CERN (Organização Européia para a Investigação Nuclear – França e Suíça) está iniciando as tentativas para recriar condições que ocorreram no Universo nos seus primórdios, logo após o Big Bang, confirmar a existência da supersimetria e descobrir o misterioso bóson de Higgs no acelerador de …

Continue lendo »

mar 19

ESA: Planck revela estruturas e filamentos de poeira da Via Láctea

Filamentos gigantescos de fria poeira cósmica, alongados através de nossa galáxia, foram agora revelados em uma nova imagem do satélite cosmológico Planck da ESA. A análise destas estruturas poderá ajudar a desvendar as forças que dão forma a nossa Galáxia e ativam o criação de novas estrelas.

Continue lendo »

out 03

Planck revela segredos do nascimento do Universo

A espaçonave PLANCK da ESA (European Space Agency) foi lançada no espaço em 14 de maio de 2009. Seu destino é observar o brilho do gás cósmico cerca de 380.000 anos após o Big Bang (13,73±0,12 bilhões de anos atrás), a radiação de microondas cósmica de fundo (CMB – Cosmic Microwave Background radiation). As propriedades …

Continue lendo »

Posts mais antigos «