Arquivo por tag: Órion

mar 22

Hubble: Estrelas em fuga revelam o embate gravitacional ocorrido em um sistema que se desmantelou séculos atrás na Nebulosa Kleinmann-Low dentro do Complexo de Órion

Enquanto as famílias reais inglesas lutavam a Guerra das Rosas no século XV para controlar o trono da Inglaterra, um grupo de estrelas travava uma luta contenciosa: uma autêntica guerra estelar  em Órion. Estrelas lutavam entre si em um conflito gravitacional, que terminou com o sistema se desmantelando, com pelo menos três estrelas ejetadas em …

Continue lendo »

mar 14

M42/M43: no Coração de Órion por Christoph Kaltseisd

Próximo ao centro desse preciso e magnífico retrato cósmico, no âmago da Nebulosa de Órion, residem quatro estrelas bem massivas muito quentes (entre 15 a 30 massas solares), as quais fazem parte do aglomerado aberto do Trapézio (Trapezium), descoberto por Galileo Galilei.

Continue lendo »

mar 13

Poeiras, gases e estelas na Nebulosa de Órion por Jesús M.Vargas e Maritxu Poyal

A Grande Nebulosa de Órion, uma imensa região de formação estelar próxima, é provavelmente a mais famosa das nebulosas astronômicas. Na imagem em destaque, filamentos de poeira escura e gás brilhante envolvem estrelas jovens quentes e massivas na fronteira dessa gigantesca nuvem molecular interestelar situada a ‘apenas’ 1.500 anos luz. Aqui, parte do centro da nebulosa é revelada nessa detalhada imagem, …

Continue lendo »

mar 11

Iota Orionis é como um coração pulsante na Constelação de Órion

Um time de astrônomos do projeto de constelações BRITE (BRight Target Explorer) e do Observatório Ritter descobriu um aumento cíclico de 1% na emissão de radiação por uma estrela muito massiva do sistema Iota Orionis que poderá mudar o nosso entendimento sobre essa classe de estrelas. O sistema binário Iota Orionis é facilmente visível a …

Continue lendo »

jan 25

M78 e NGC 2071 – duas nebulosas de reflexão no complexo molecular de Órion

No vasto Complexo Molecular de Nuvens de Órion várias nebulosas azuladas são particularmente visíveis. Na imagem em destaque se apresentam duas importantes nebulosas de reflexão da região. Tratam-se de nuvens de poeira cósmica embebidas pela luz de luminosas estrelas próximas.

Continue lendo »

jan 04

O rastreamento VISTA revela os segredos escondidos de Órion e mostra a imagem mais detalhada até hoje no infravermelho próximo da nuvem molecular Órion A

Esta bela imagem é um dos maiores mosaicos em alta resolução no infravermelho próximo da nuvem molecular Orion A, a fábrica de estrelas massivas mais próxima que se conhece, situada a cerca de 1350 anos-luz de distância da Terra. Esta imagem foi obtida com o telescópio infravermelho de rastreamento VISTA instalado no Observatório do Paranal …

Continue lendo »

dez 02

AE Aurigae e a Nebulosa da Estrela Flamejante por Adam Block

Uma massiva estrela em fuga ilumina a “Nebulosa da Estrela Flamejante”, nessa paisagem cósmica. Essa nebulosa está catalogada como IC 405. Suas nuvens interestelares de gás e poeira cósmica reside a cerca de 1.500 anos luz na direção constelação de Auriga. AE Aurigae (o objeto muito brilhante na parte superior esquerda do quadro) é uma estrela …

Continue lendo »

out 17

M42: a nebulosa de Órion pelo Herschel

Essa deslumbrante imagem revela as entranhas da M42 (Nebulosa de Órion), uma região onde reside o mais próximo berçário estelar. Usando dados nos comprimentos de onda do infravermelho, capturados pelo Observatório Espacial Herschel da ESA, essa composição em cores falsas explora essa nuvem cósmica de formação estelar que dista cerca de 1.500 anos luz.

Continue lendo »

out 15

Tudo menos escuro…

Os vários observatórios do ESO no Chile — Paranal, La Silla e Chajnantor — apresentam invejáveis níveis baixos de poluição luminosa. No entanto, o céu raramente se encontra completamente escuro!

Continue lendo »

ago 15

Bordas Turbulentas

Estas imagens mostram o limite da vasta nuvem molecular que se situa por trás da Nebulosa de Orion, a 1.400 anos-luz de distância da Terra. A imagem da esquerda mostra uma vista de grande angular da região, obtida pelo instrumento HAWK-I, instalado no Very Large Telescope do ESO. Nesta imagem encontra-se destacada com um retângulo …

Continue lendo »

Posts mais antigos «