Arquivo por tag: NSF

jan 21

Abell 3411 versus Abell 3412: colisão de aglomerados de galáxias criou poderoso acelerador de partículas cósmicas

Astrônomos descobriram uma combinação de dois dos fenômenos mais poderosos do Universo, um buraco negro supermassivo em ação e a colisão de aglomerados de galáxias gigantes. A conjugação desses eventos criou um estupendo acelerador de partículas cósmicas. Combinando dados do Observatório de raios-X Chandra da NASA, do GMRT (Giant Metrewave Radio Telescope) na Índia, do …

Continue lendo »

dez 22

ALMA e VLA estudam os locais de nascimento das estrelas atualmente mais comuns

Os astrônomos analisaram pela primeira vez o local exato onde a maioria das estrelas atuais nasceram. Para obter esses resultados os cientistas usaram tanto o VLA (Karl G. Jansky Very Large Array) do NSF (National Science Foundation) quanto o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) para observar galáxias distantes, da forma como eram há cerca de …

Continue lendo »

nov 05

B3 1715+425: colisão de galáxias deixa para trás um buraco negro supermassivo “quase nu”

Os astrônomos usaram a visão de rádio super precisa do VLBA (Very Long Baseline Array) pertencente ao NSF (National Science Foundation) e descobriram os restos de uma galáxia que passou através de outra galáxia maior, emergindo dessa fusão apenas um buraco negro supermassivo “despido” com uma velocidade de mais de 3.600 km/s. O par das …

Continue lendo »

jun 10

ALMA: Um buraco negro alimentado por dilúvio intergaláctico frio

Com o auxílio do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), uma equipe internacional de astrônomos foi testemunha de um evento meteorológico cósmico nunca antes observado — um aglomerado de enormes nuvens de gás intergaláctico “chovendo” sobre um buraco negro supermassivo situado no centro de uma enorme galáxia a um bilhão de anos-luz de distância da Terra. …

Continue lendo »

fev 13

LIGO abre uma Nova Janela no Universo com a Observação das Ondas Gravitacionais geradas pela Colisão De Buracos Negros – 100 anos após a Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein [artigo original]

Pela primeira vez na história da ciência, cientistas observaram as ondulações no tecido do espaço-tempo chamadas de ‘ondas gravitacionais’, que chegaram na Terra oriundas de um evento cataclísmico no Universo distante. Isto confirma uma importante previsão da teoria geral da relatividade de Albert Einstein, publicada em 1915, e abre uma nova janela sem precedentes para …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!