Arquivo por tag: nebulosa planetária

out 25

SAO 244567: astrônomos observam o renascimento de uma estrela em um flash de hélio

Um time internacional de astrônomos tem sido capaz de estudar a evolução estelar em tempo real através do Observatório Espacial Hubble. Ao longo de um período de 30 anos, têm sido observados aumentos dramáticos na temperatura da estrela SAO 244567. Agora, essa estrela está novamente esfriando, tendo renascido para uma fase anterior da evolução estelar. …

Continue lendo »

set 20

NGC 7293: a Nebulosa da Hélice em infravermelho pelo Spitzer

O que faz esse ’olho cósmico’ parecer tão vermelho? A resposta é simples: poeira. A imagem em destaque, capturada pelo observatório espacial robótico Spitzer, nos mostra a radiação em infravermelho emanada pela muito bem estudada Nebulosa da Hélice (NGC 7293) que reside ‘apenas’ a 700 anos luz da Terra na direção da constelação de Aquarius. O emaranhado com dois …

Continue lendo »

jul 24

M2-9: a Nebulosa da Borboleta capturada pelo Hubble e processada por Judy Schmidt

Por que as estrelas são mais apreciadas como ‘arte cósmica’ depois de mortas? De fato, as estrelas produzem formas artísticas notáveis e únicas à medida que se tornam moribundas. No caso de estrelas de massas similares ao nosso Sol tais como a M2-9 mostrada na imagem em destaque, o processo as transforma de estrelas normais em anãs brancas ejetando …

Continue lendo »

dez 14

NGC 3699: uma nebulosa planetária dividida

Esta nuvem de gás, observada pelo instrumento ESO Faint Object Spectrograph and Camera (EFOSC2) instalado no Observatório de La Silla do ESO, pode ser encontrada bem aninhada na constelação do Centauro no céu do hemisfério sul.

Continue lendo »

dez 07

Cygnus: a Nebulosa Crescente e a Nebulosa Bolha de Sabão capturadas por Ivan Eder

Nuvens de gás e poeira vagueiam através de ricos campos estelares ao longo do plano da nossa galáxia Via Láctea, na direção da constelação do Cisne (Cygnus). Capturadas dentro do mesmo campo de visão telescópico aqui se apresentam a Nebulosa da Bolha de Sabão (Soap Bubble) na parte inferior à esquerda e a NGC 6888 –  Nebulosa Crescente (Crescent …

Continue lendo »

ago 04

Objeto de Sakurai: Flash de hélio ressuscita anã branca

O efêmero flash de hélio coloca a estrela moribunda em ação Este sol brilhante no centro da imagem não é o ator principal deste espetáculo. Na região inferior central da imagem nota-se uma singela mancha vermelha que é propriamente um objeto raro e valioso. O objeto foi inicialmente pelo astrônomo amador japonês Yukio Sakurai em …

Continue lendo »

ago 02

NGC 3132: A Nebulosa do Anel do Sul revelada pelo Hubble

Estrela moribunda é responsável pela belíssima Nebulosa do Anel do Sul Foi a estrela mais tênue e não a mais brilhante perto do centro desta imagem da NGC 3132 que criou esta estranha, porém belíssima nebulosa planetária. Apelidada de Nebulosa do Anel do Sul (Southern Ring Nebula) ou também em inglês como Eight-Burst Nebula (pois lembra o número 8 explodindo), …

Continue lendo »

maio 17

NGC 2440: a pérola de uma Anã Branca

http://apod.nasa.gov/apod/ap150517.html

Como uma pérola, os restos de uma estrela (anã branca) brilham através de sua concha de poeira e gás. Se fosse possível uma analogia com essa, entretanto, o nosso Sol seria um ‘molusco cósmico‘ e seu casco descartado iria brilhar da forma mais bela de todas ! Na concha acima de gás e poeira a nebulosa planetária NGC 2440 abriga a mais quente das …

Continue lendo »

jul 19

Ou4: A Nebulosa da Lula Gigante por Romano Corradi

http://apod.nasa.gov/apod/ap140718.html

  Uma misteriosa aparição que nos lembra uma lula etérea é esta nebulosa bem tênue mas de grande tamanho nos céus. Nesta composição de imagens, formando um mosaico, capturada pelo telescópio Isaac Newton de 2,5 metros, vemos uma área correspondente a 2,5 luas cheias na direção da constelação de Cepheus.

Continue lendo »

maio 30

A nebulosa planetária Abell 36 mostra uma visão de como Sistema Solar ficará quando o Sol morrer

http://skycenter.arizona.edu/gallery/Nebulae/Abell36

Este belo manto em torno de uma estrela moribunda, originalmente similar ao nosso Sol, forma a bela nebulosa planetária Abell 36. Esta nuvem de escombros estelares reside a 800 anos luz de distância na direção da constelação de Virgem. Abell 36 se espalha por uma área com um diâmetro de 1,5 anos luz nesta precisa visão telescópica.

Continue lendo »

Posts mais antigos «