Arquivo por tag: NASA

maio 26

2014 MU69: a Missão New Horizons convoca um time global de astrônomos para um raro olhar do seu próximo alvo

Na passagem do Ano Novo de 2019, a mais de 6,4 bilhões de quilômetros de casa, a sonda New Horizons da NASA passará por um pequeno objeto da Cinturão de Kuiper conhecido como 2014 MU69, transformando esse remanescente rochoso da formação planetária o objeto mais distante já visitado por qualquer espaçonave. No entanto, ao longo …

Continue lendo »

maio 25

Estrela colapsou e desapareceu, dando origem a um buraco negro

Astrônomos viram como uma estrela enorme e moribunda provavelmente renasceu criando um buraco negro. Foi necessário o poder combinado do LBT (Large Binocular Telescope) e dos telescópios espaciais Hubble e Spitzer da NASA para estudar o remanescente da estrela que pereceu, para constatarem que o astro desapareceu completamente de vista. A estrela N6946-BH1 sucumbiu com …

Continue lendo »

maio 24

Galáxias recentemente descobertas com rápido crescimento podem elucidar enigma cosmológico – astrônomos mostram imagens da mais antiga fusão cósmica

Astrônomos descobriram um novo tipo de galáxia no Universo Primordial, menos de um bilhão de anos após o Big Bang. Estas galáxias estão formando estrelas a um ritmo cem vezes superior ao da nossa própria Via Láctea. A descoberta poderá explicar uma descoberta anterior: uma população de galáxias surpreendentemente massivas 1,5 bilhões de anos após …

Continue lendo »

maio 21

2007 OR10: Hubble vislumbra lua orbitando o 3º maior planeta anão do Sistema Solar

O poder combinado de três observatórios espaciais, com a participação do Telescópio Espacial Hubble da NASA juntamente com os Observatórios Espaciais Kepler e Herschel, ajudou aos astrônomos a descobrir uma lua em órbita do terceiro maior planeta anão conhecido, catalogado como OR10 em 2007. O par de objetos reside nos confins do nosso Sistema Solar, …

Continue lendo »

maio 18

Simeis 147: a Intrincada Remanescente de Supernova por Daniel Lopez (IAC)

Simeis 147: a Intrincada Remanescente de Supernova

É fácil se perder seguindo visualmente os intrincados filamentos nessa imagem detalhada dessa tênue nebulosa remanescente de supernova Simeis 147. Também catalogada como Sh2-240 e visível na constelação de Taurus (Touro), ela cobre quase 3º (6 luas cheias) no céu.

Tal corresponde a uma largura de 150 anos-luz da nuvem de resíduo estelar que dista 3.000 anos-luz da Terra. Essa imagem composta em banda-estreita através da palheta de cores do Hubble inclui a emissão a partir dos átomos hidrogênio, enxofre e oxigênio traçando regiões de ondas de choque de gás brilhante. Essa remanescente de supernova tem uma idade estimada em cerca de 40.000 anos – o que implica que a luz proveniente dessa massiva explosão estelar atingiu a Terra pela primeira vez há 40.000 anos. Todavia essa nebulosa em expansão não é a única seqüela cósmica. A catástrofe cósmica deixou também uma estrela de nêutrons em rotação (pulsar), que foi tudo que restou do núcleo original da estrela.

maio 16

Astrônomos perseguem buraco negro supermassivo em fuga

Em geral, os buracos negros supermassivos são objetos estacionários, residentes habituais nos núcleos da maioria das galáxias. Em contrapartida, através dos dados fornecidos pelo Observatório de raios-X Chandra da NASA e outros telescópios, os astrônomos recentemente caçaram o que deve ser um buraco negro supermassivo em fuga. Contudo, esse possível buraco negro desertor, que possui …

Continue lendo »

maio 13

As cores da aurora planetária observadas da Estação Espacial Internacional

Que bizarro planeta alienígena é esse? É claro que se trata do planeta Terra, visto através do brilho cintilante das auroras, a partir da Estação Espacial Internacional (International Space Station). Orbitando a cerca de 400 quilômetros acima do planeta, a estação orbital está propriamente dentro do ‘reino superior’ das auroras. Esta aurora também foi apreciada a …

Continue lendo »

maio 12

Arp 273: Hubble captura UGC 1810, uma galáxia altamente interativa com sua companheira UGC 1813

O que está acontecendo nessa galáxia espiral? Embora vários detalhes permaneçam incertos, os astrônomos certamente julgam que se relacionam com a batalha em andamento entre a galáxia maior e sua vizinha menor. A galáxia em destaque na imagem (UGC 1810) juntamente com sua parceira em colisão (UGC 1813 – que não aparece na imagem acima) é uma dupla conhecida …

Continue lendo »

maio 11

Galáxias em processo de fusão apresentam seus buracos negros supermassivos envolvidos e altamente obscurecidos por matéria circunvizinha

Os buracos negros têm, erroneamente, uma má reputação na cultura popular pois engolem tudo o que conseguem apanhar. Na realidade, as estrelas, gases e poeiras podem orbitar os buracos negros durante bem longos períodos de tempo, até que uma grande perturbação pode eventualmente empurrar esse material para dentro do buraco negro. A fusão entre duas …

Continue lendo »

maio 10

M1: um incrível retrato composto da Nebulosa do Caranguejo pelo Spitzer, XMM-Newton, VLA e Chandra

Um grupo de astrônomos produziu uma imagem altamente detalhada da Nebulosa do Caranguejo (M1), combinando dados de diversos telescópios abrangendo quase toda a amplitude do espectro eletromagnético, desde as ondas de rádio vistas pelo VLA (Karl G. Jansky Very Large Array) até ao poderoso brilho de raios-X capturado pelo Observatório Espacial Chandra. Foram incluídos, dentro …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos

error: Esse blog é protegido!