Arquivo por tag: metalicidade

mar 30

O VLT do ESO encontra novo tipo de formação estelar: estrelas nascidas em ventos de buracos negros supermassivos

Com o auxílio do Very Large Telescope do ESO foram descobertas estrelas formando-se nos poderosos fluxos de matéria lançados por buracos negros supermassivos, situados nos núcleos de galáxias. Tratam-se das primeiras observações confirmadas de estrelas em formação neste tipo de ambiente extremo. A descoberta tem muitas consequências para a compreensão da evolução e propriedades das …

Continue lendo »

mar 28

SDSS J0104+1535: astrônomos descobrem a anã marrom (anã castanha) mais pura e mais massiva até a data

Um time internacional de astrônomos identificou uma anã marrom (anã castanha), um objeto estelar sem massa suficiente para desencadear a fusão nuclear em seu núcleo, com a composição mais “pura” e a massa mais alta já conhecida. O objeto, conhecido como SDSS J0104+1535, é um membro do halo galáctico, a região situada nas bordas externas …

Continue lendo »

abr 27

Faróis cómicos revelam o núcleo antigo da Via Láctea

Um time internacional de astrônomos liderado pela Dra. Andrea Kunder do Instituto Leibniz de Astrofísica de Podstam, Alemanha, e pelo Dr. R. Michael Rich da Universidade da Califórnia, Los Angeles, EUA, descobriu que os 2.000 anos-luz centrais da Via Láctea hospedam uma antiga população de estrelas. Esses astros têm mais de 10 bilhões de anos …

Continue lendo »

fev 25

O VLT do ESO encontra estrelas primitivas nas vizinhanças da Via Láctea

Durante muitos anos as estrelas anciãs primordiais residentes fora da Via Láctea se mantiveram escondidas. Agora elas finalmente foram detectadas. O ESO utilizou o Very Large Telescope (VLT) para resolver este importante problema astrofísico, relativo às estrelas mais antigas na nossa vizinhança galáctica. O entendimento sobre as estrelas primitivas é crucial o conhecimento da evolução …

Continue lendo »

set 03

Zona Habitável na Galáxia, o que significa isso?

Para abrigar vida complexa, um sistema estelar deve estar suficientemente próximo ao centro de sua galáxia para possuir um nível elevado de metalicidade (é necessária a presença massiva no sistema estelar de elementos pesados, acima do hidrogênio e hélio na tabela periódica) para permitir a formação de planetas rochosos, do tipo terrestre, que permitam o …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!