Arquivo por tag: M87

ago 05

Mosaico da região central do aglomerado de galáxias de Virgem por Rogelio Bernal Andreo

O Aglomerado de Galáxias de Virgem hospeda mais de mil galáxias e consiste no grande aglomerado de galáxias mais próximo do nosso Grupo Local de Galáxias. De fato, esse aglomerado gigante é muito difícil de ser apreciado como um todo devido à sua enorme extensão, cobrindo uma grande área do céu. Este preciso mosaico em campo …

Continue lendo »

jun 26

VLT do ESO mostra que a galáxia gigante M87 engoliu outra galáxia inteira no último bilhão de anos

Observações recentes obtidas com o Very Large Telescope do ESO mostraram que Messier 87, a galáxia elíptica gigante mais próxima de nós, engoliu uma galáxia inteira de tamanho médio no último bilhão de anos. Uma equipe de astrônomos conseguiu pela primeira vez seguir o movimento de 300 nebulosas planetárias brilhantes, encontrando evidências claras deste evento …

Continue lendo »

out 13

M87: Cromodinâmica Galáctica

http://www.eso.org/public/images/potw1441a/

Uma fotografia colorida ou pintura abstrata? Na realidade, trata-se de uma vista incomum de uma galáxia obtida com o instrumento MUSE, montado no Very Large Telescope do ESO. As cores nas imagens astronômicas estão geralmente relacionadas com a cor real do objeto em questão. No entanto, nesta imagem as cores representam o movimento das estrelas …

Continue lendo »

maio 04

Galáxia elíptica gigante M87 expulsa um aglomerado globular

A super galáxia M87 arremessou um aglomerado estelar em nossa direção a mais de 1.000 km/s. O recém-descoberto aglomerado, que os astrônomos chamaram de HVGC-1, está agora em uma viagem veloz pelo vazio. O seu destino será voar à deriva entre galáxias. Nelson Caldwell do Centro Harvard-Smithsonian para Astrofísica, autor principal do estudo, publicado na revista …

Continue lendo »

nov 24

Os buracos negros são as centrais de energia do Universo

As luzes mais brilhantes e energéticas do Universo freqüentemente procedem dos buracos mais negros do espaço profundo. Os buracos negros, chamados assim por que nem sequer a luz pode escapar de sua força gravitacional, só podem ser detectados através da sua influência sobre a matéria em sua volta. Embora os próprios buracos negros sejam invisíveis, …

Continue lendo »

jul 06

Os buracos negros galácticos supermassivos são muito maiores do que pensávamos?

Através de novo modelo de simulação computacional, os astrônomos determinaram que o buraco negro supermassivo central da galáxia ativa M87 possui pelo menos duas vezes mais massa do que se pensava anteriormente: cerca de 6,4 bilhões de vezes a massa do Sol. A nova metodologia de medição sugere que as massas estimadas de outros buracos …

Continue lendo »

jul 05

Os astrônomos da ESA acharam o elo-perdido dos buracos negros: HLX-1 na galáxia ESO 243-49

Acharam o ‘elo-perdido’ entre as famílias de buracos negros: não tão grandes quanto os que ficam no núcleo das galáxias (como a M87), nem pequenos como os que resultam diretamente do colapso de estrelas massivas (como Cygnus X-1). O novo ‘embaixador’ dessa nova classe de buracos negros é o HLX-1 (Hyper-Luminous X-ray source 1), o …

Continue lendo »

jul 04

A galáxia M87 dá um show cósmico que foi assistido por 390 astrônomos

Quando a rádio galáxia gigante Messier 87 (M87) lançou uma torrente de radiação gama e ondas de rádio, havia um time internacional de colaboração com 390 cientistas  assistindo o espetáculo. As descobertas associadas ao evento foram relatadas na Science Express. Os resultados fornecem evidências experimentais que as partículas (raios cósmicos) foram aceleradas a velocidades relativísticas, …

Continue lendo »