Arquivo por tag: M42

jan 04

O rastreamento VISTA revela os segredos escondidos de Órion e mostra a imagem mais detalhada até hoje no infravermelho próximo da nuvem molecular Órion A

Esta bela imagem é um dos maiores mosaicos em alta resolução no infravermelho próximo da nuvem molecular Orion A, a fábrica de estrelas massivas mais próxima que se conhece, situada a cerca de 1350 anos-luz de distância da Terra. Esta imagem foi obtida com o telescópio infravermelho de rastreamento VISTA instalado no Observatório do Paranal …

Continue lendo »

out 17

M42: a nebulosa de Órion pelo Herschel

Essa deslumbrante imagem revela as entranhas da M42 (Nebulosa de Órion), uma região onde reside o mais próximo berçário estelar. Usando dados nos comprimentos de onda do infravermelho, capturados pelo Observatório Espacial Herschel da ESA, essa composição em cores falsas explora essa nuvem cósmica de formação estelar que dista cerca de 1.500 anos luz.

Continue lendo »

ago 15

Bordas Turbulentas

Estas imagens mostram o limite da vasta nuvem molecular que se situa por trás da Nebulosa de Orion, a 1.400 anos-luz de distância da Terra. A imagem da esquerda mostra uma vista de grande angular da região, obtida pelo instrumento HAWK-I, instalado no Very Large Telescope do ESO. Nesta imagem encontra-se destacada com um retângulo …

Continue lendo »

maio 19

M42: a Grande Nebulosa de Órion no visível por Oliver Czernetz e no infravermelho pelo Spitzer

A Grande Nebulosa em Órion é um lugar colorido. Visível sem ajuda de equipamentos em noite escura, ela aparece como uma pequena mancha difusa na direção da constelação de Órion. No entanto, imagens de longa exposição e múltiplos comprimentos de onda como essa mostram que a Nebulosa de Órion é uma ativa vizinhança cósmica de jovens estrelas quentes, gás aquecido …

Continue lendo »

abr 14

Órion em Vermelho e Azul por David Lindemann

Como é que Órion se tornou tão deslumbrante? Essa colorida renderização de uma parte da constelação de Órion é oriunda da luz avermelhada emitida pelo hidrogênio e enxofre (SII) e a emissão azul esverdeada vem do oxigênio (OIII). Os tons coloridos na imagem em destaque foram digitalmente associados para se tornar indicativos da presença das origens dos elementos, mas também para causar …

Continue lendo »

mar 28

O Cinturão e a Espada de Órion sobre o Vulcão Teide em Tenerife por Cesar & Carlos Tedejor

O Sul da famosa constelação de Órion, o mítico caçador, aparece nessa astrofotografia de uma forma pitoresca, posando sobre um famoso vulcão.

Continue lendo »

dez 29

A poeira cósmica e a Nebulosa de Órion por Raul Villaverde Fraile

http://apod.nasa.gov/apod/image/1512/OrionDust_Fraile_1037.jpg

O que envolve uma região de formação de estrelas ? No caso da nebulosa de Órion (Orion Nebula) a resposta é: a poeira cósmica. De fato, O inteiro campo de Órion, localizado a cerca de 1.600 anos-luz de distância, é inundado com pitorescos e intricados filamentos de poeira.

Continue lendo »

nov 04

M42: a grande nebulosa de Órion por Terry Hancock

A Grande Nebulosa em Órion (M42) é uma das mais famosas nebulosas nos céus. Esta região de formação estelar com brilhantes nuvens de gás e jovens estrelas massivas e quentes residem à direita desta aguçada e colorida imagem. Essa notável foto inclui a nebulosa azulada de reflexão NGC 1977 e suas companheiras, também azuis, à esquerda.

Continue lendo »

jul 10

Yuri Beletsky dá um close na bela região de formação estelar Messier 43

Frequentemente fotografado, mas raramente mencionado, Messier 43 é uma enorme região de formação estelar com todos os ‘direitos e atributos desta função cósmica’. M43 faz parte do complexo de formação de formação estelar de gás e poeira que inclui a mais famosa e maior nebulosa Messier 42, conhecida popularmente como a Grande Nebulosa de Órion.

Continue lendo »

out 05

A dramática visão da Nebulosa de Órion, a Cabeça do Cavalo e o Homem Correndo em uma só imagem

A obscura Nebulosa da Cabeça de Cavalo e a esfuziante Nebulosa de Órion são visões contrastantes do Cosmos. Ambas residem a 1.500 anos-luz de distância da Terra na direção de uma das constelações mais fáceis de reconhecer no céu noturno, Órion. Neste deslumbrante mosaico estes dois famosos objetos aparecem em cantos opostos.

Continue lendo »

Posts mais antigos «