Arquivo por tag: lente gravitacional

mar 09

Astrônomos revisitam teorias sobre as origens da matéria escura e descartam a hipótese sobre buracos negros primordiais

Um novo estudo sugere que as ondas gravitacionais detectadas pelo experimento LIGO foram provenientes de buracos negros formados durante o colapso de estrelas e não das primeiras eras do Cosmos, no Universo Primordial. A natureza da matéria escura, que os cientistas estimam que compõe cerca 80% da massa das partículas no Universo Observável, permanece como …

Continue lendo »

mar 08

ESO: Poeira estelar antiga lança luz sobre as primeiras estrelas

A galáxia A2744_YD4 é o objeto mais distante observado até hoje pelo ALMA Astrônomos usaram o ALMA para detectar uma enorme quantidade de poeira estelar resplandecente em uma galáxia observada quando o Universo tinha apenas 4% da sua idade atual. Esta galáxia foi observada pouco depois da sua formação e trata-se da galáxia mais distante …

Continue lendo »

jan 26

Lentes gravitacionais suportam a descoberta que a expansão do Universo se dá mais rápido do que se pensava

Através do uso de galáxias massivas como lentes gravitacionais gigantes, um grupo internacional de astrônomos, com o auxílio do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, fez uma medição independente de quão rápido o Universo está em expansão. A recém-medida velocidade de expansão, para o Universo local, é consistente com as descobertas anteriores. Estes estão, no entanto, …

Continue lendo »

jan 24

Descoberta uma das mais brilhantes galáxias distantes “não-ativas” até agora conhecidas

Uma equipe internacional liderada por investigadores do IAC (Instituto de Astrofísica das Canárias) e da ULL (Universidade de La Laguna) descobriu uma das galáxias “não-ativas” mais luminosas do Universo primordial. A descoberta de BG1429+1202 foi possível graças à “ajuda” de uma enorme galáxia elíptica ao longo da linha de visão do objeto, que agiu como uma …

Continue lendo »

nov 15

OGLE-2015-BLG-1319: uma anã marrom dentro do “Deserto de Anãs Marrons”?

A recém descoberta anã marrom (em Portugal: anã castanha) nomeada OGLE-2015-BLG-1319 é bem significativa em várias frentes, pelo menos pela maneira pela qual foi detectada. Estamos lidando aqui não apenas com um novo evento de microlente gravitacional (onde a luz de uma estrela de fundo é afetada por um objeto à frente) o qual fornece …

Continue lendo »

nov 07

Colaboração “Frontier Fiels” revela dados das galáxias primordiais usando lentes gravitacionais

Na caçada permanente pelas galáxias primordiais do Universo, o Telescópio Espacial Spitzer da NASA concluiu suas observações para o programa “Frontier Fields”. Este projeto ambicioso combinou o poder de todos os três grandes observatórios espaciais da NASA (Spitzer, Hubble e Chandra) para voltar no espaço e no tempo o máximo que a tecnologia atual permite.

Continue lendo »

out 30

O futuro de Alfa Centauri: rara oportunidade para busca de exoplanetas prevista para 2028

Um evento muito raro de lente gravitacional, que ocorrerá em 2028, foi previsto por uma equipe de astrônomos franceses liderada por Pierre Kervella do CNRS/Universidad de Chile. Este fenômeno proporcionará a oportunidade ideal para se procurar evidências de um exoplaneta em torno de uma estrela próxima.

Continue lendo »

set 06

Abell 370: Hubble mostra aglomerado de galáxias atuando como lente gravitacional

O que é esse arco estranho à direita na imagem? Várias décadas atrás, enquanto examinavam imagens do aglomerado de galáxias Abell 370, os astrônomos notaram um estranho arco à direita das galáxias desse aglomerado. Embora os observadores tenham considerado isso bem curioso na ocasião, a primeira reação inicial foi a de evitar comentários sobre o arco uma …

Continue lendo »

jul 25

Hubble capturou o aglomerado de galáxias Abell S1063 atuando como lente gravitacional

A luz vinda do massivo aglomerado de galáxias Abell S1063 leva 4 bilhões de anos para chegar até nós. A imagem em destaque foi capturada pelo Hubble mostra o aglomerado Abell S1063 próximo ao centro do quadro. Em contrapartida, os arcos azulados tênues são imagens ampliadas de galáxias que residem muito além do aglomerado Abell S1063.

Continue lendo »

nov 26

SDSS J103842.59+484917.7: Gato de Cheshire e os 100 anos da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein

Quando Alice no País das Maravilhas encontra Albert Einstein? Há 100 anos, em novembro de 1915, Albert Einstein publicou a sua teoria da relatividade geral, uma das conquistas científicas mais importantes do século XX. Um resultado chave da teoria de Einstein é que a matéria distorce o espaço-tempo. Assim, um objeto massivo pode provocar uma …

Continue lendo »

Posts mais antigos «