Arquivo por tag: KBO

jan 19

19 de janeiro de 2006 – Lançamento da New Horizons

Não Há Dia Sem História 19 de janeiro de 2006 Lançamento da New Horizons Em 19 de janeiro de 2006, há 10 anos, a espaçonave New Horizons foi lançada com destino de Plutão na plataforma da NASA em Cabo Canaveral, Florida, EUA, com uma missão de aventuras nos confins do Sistema Solar. Uma das mais rápidas espaçonaves já lançadas pelo humanos, A New …

Continue lendo »

out 21

New Horizons: 3 novos alvos no Cinturão de Kuiper identificados para a extensão da missão

Através do Telescópio Espacial Hubble os astrônomos encontraram três novo alvos potenciais no Cinturão de Kuiper para serem explorados pela missão New Horizons, o que significa que nossas esperanças na continuação da missão serão satisfeitas. Plutão/Caronte e as demais luas são alvos intrigantes, mas quanto mais usarmos a espaçonave robótica para visitar outros membros gelados …

Continue lendo »

nov 22

Cientistas do ESO revelaram que o planeta anão Makemake não tem atmosfera

Astrônomos utilizaram três telescópios nos observatórios do ESO, no Chile, para observar o planeta anão Makemake, no momento em que este passou em frente a uma estrela distante, bloqueando assim a radiação emitida pela estrela. As observações permitiram verificar se o planeta se encontra ou não rodeado por uma atmosfera. Este mundo gelado tem uma …

Continue lendo »

nov 08

A Astrobiologia e o Cinturão de Kuiper

Vamos olhar hoje algumas novidades trazidas pela equipe da New Horizons. É importante lembrar que esta nave espacial, após completar sua passagem pelo sistema Plutão/Caronte em 2015, estará se movendo cada vez mais além, para explorar as profundezas do Cinturão de Kuiper. Assim, a equipe de planejamento desta missão tem a esperança que vai haver …

Continue lendo »

mar 13

Gliese 710 será a estrela mais próxima da Terra além do Sol

Um novo conjunto de dados sobre as velocidades radiais das estrelas revela que a estrela anã laranja Gliese 710 tem uma chance de 86% de passar perto do sistema solar dentro de 1,45 ± 0,06 milhões de anos.

Continue lendo »

set 19

Haumea: uma enorme mancha escura vermelha detectada no planeta-anão deixa os astrônomos intrigados

Uma área vermelha escura encontrada no planeta anão Haumea parece ser mais rica em minerais e componentes orgânicos que o resto de sua superfície congelada. Como Haumea é tão pequeno está tão longe este plutóide aparece nos telescópios como apenas um singelo ponto de luz, mas a mancha foi descoberta através das medições das mudanças …

Continue lendo »

mar 12

Por que Plutão não é mais um Planeta?

Por que Plutão não é mais um planeta? Alguns anos depois da decisão controversa da União Astronômica Internacional, o debate segue não resolvido, e as pessoas às vezes parecem não aceitar. Isso é um ponto sensível para muitos – Plutão não é um planeta. Neste artigo, vou explicar os acontecimentos que levaram à decisão, o estado atual da definição planetária, e se Plutão tem qualquer esperança para o futuro. Vamos descobrir porque Plutão não é mais considerado um planeta.

mar 11

A procura pelo planeta X vai ganhar um reforço extra do observatório Pan-STARRS

A procura pelo planeta X vai ganhar um reforço extra!

A persistente procura pelo planeta X vai ganhar um reforço extra a partir do novo sistema Pan-STARRS, um programa de procura por asteróides potencialmente perigosos (PHAs) em desenvolvimento pelo instituto de astronomia da universidade do Havaí.

jan 22

Não haverá Planeta X

Tendo em vista os diversos alertas e notícias falsas sobre tragédias a ocorrer no ano de 2012 alegando o suposto ‘fim do calendário Maia’, estamos postando uma série de artigos para desmistificar esses cenários apocalípticos impossíveis. Esse é o terceiro artigo que fala sobre o suposto Planeta X que supostamente se aproximará perigosamente da Terra em 2012 e provocará o fim do mundo.

jan 18

O Planeta X não é Nibiru

Os limites exteriores do sistema Solar contêm muitos planetas anões ou plutóides ainda a serem descobertos. Desde que começou a busca do Planeta X no início do século XX, a possibilidade da existência de um hipotético planeta a orbitar o Sol além do Cinturão de Kuiper tem alimentado muitas teorias apocalípticas e especulações se, na realidade, o Planeta X é de fato um irmão binário do Sol perdido há muito tempo. Mas, qual é a razão para se temer a combinação Planeta X/Fim do Mundo? Não seria o tal Planeta X apenas em um objeto hipotético, desconhecido e nada sinistro?

Posts mais antigos «