Arquivo por tag: júpiter quente

dez 16

HAT-P-7b: ventos de rubis e safiras assolam os céus de um exoplaneta gigante

Conforme nova pesquisa liderada pela Universidade de Warwick, foram detectados sinais de ventos poderosos em um exoplaneta 16 vezes maior que a Terra, a mais de 1.000 anos-luz de distância, em uma detecção inédita de sistemas climáticos em um gigante gasoso além do nosso Sistema Solar. Dr. D. J. David Armstrong, membro do Grupo de …

Continue lendo »

out 24

Previsão do tempo: “Noites nubladas e dias ensolarados nos longínquos Júpiteres quentes”

A “previsão meteorológica local” para exoplanetas longínquos e quentes denominados ‘Júpiteres quentes’ poderia ser alguma coisa assim: “noites nubladas e dias ensolarados, com uma temperatura máxima de 1.300 graus Celsius”. Estes misteriosos mundos estão demasiadamente distantes de nós para podermos observar nuvens nas suas atmosferas. Contudo, um estudo recente usando o Telescópio Espacial Kepler da …

Continue lendo »

jun 12

O Hubble nos conta que dias nublados em exoplanetas podem esconder vapor d’água em suas atmosferas

O estudo da presença de água é sempre um tema em destaque na pesquisa sobre exoplanetas. Tal inclui também os ‘Júpiteres quentes’, objetos cujas massas são semelhantes à de Júpiter, mas que estão muito mais perto da sua estrela hospedeira do que Júpiter está do nosso Sol. Esses gigantes gasosos podem alcançar temperaturas escorchantes da …

Continue lendo »

mar 03

Hubble revela a taxa de rotação de um nebuloso Super-Júpiter

Astrônomos, através do Telescópio Espacial Hubble da NASA, mediram a taxa de rotação de um exoplaneta extremo, observando a variação no brilho da sua atmosfera. Esta é a primeira vez que se apura a velocidade de rotação de um exoplaneta massivo usando imagens diretas.

Continue lendo »

dez 05

Metade dos candidatos a exoplanetas gigantes do Kepler são falsos positivos

Um time [1] internacional de astrônomos, liderado por Alexandre Santerne do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) [2], realizou uma campanha de 5 anos para medir velocidades radiais [3] com o espectrógrafo SOPHIE [4] (Observatory of Haute-Provence na França) e descobriram que 52,3% dos candidatos a exoplanetas gigantes detectados pelo telescópio espacial Kepler (NASA) são na realidade binários de eclipse [5], …

Continue lendo »

nov 18

HD 189733b o exoplaneta tórrido (1.200 C) dos ‘ventos uivantes’ (a 8.600 km/h)

Cientistas da Universidade de Warwick descobriram ventos de mais de 2 km/s no exoplaneta HD 189733b, Trata-se da primeira medição precisa de um sistema meteorológico em um exoplaneta. A velocidade registada é 20 vezes superior à mais alta velocidade do vento registada aqui no planeta Terra, equivalente a sete vezes a velocidade do som.

Continue lendo »

jul 29

Kepler-421b: David Kipping apresenta um mundo em trânsito detectado além da Linha de Neve

http://arxiv.org/pdf/1407.4807v1.pdf

Encontrar um “Netuno Quente” é 9.000 vezes mais fácil que achar um exoplaneta tipo Netuno após a “linha de neve”, a região circunvizinha de uma estrela fria o suficiente para que grãos de gelo se formem em um sistema solar. Agora, David Kipping (Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics), nos apresenta o exoplaneta Kepler-421b. Trata-se um mundo interessante sobre …

Continue lendo »

maio 08

Encontrando Terras ao procurar Júpiteres em Sistemas Extrasolares

Na caça de exoplanetas similares ao nosso é útil procurarmos por evidências e padrões que possam servir na delimitação das categorias dos sistemas onde exoplanetas em zonas habitáveis poderão eventualmente ser encontrados. Novos estudos estabelecem restrições pela busca por exoplanetas tipo-Terra perto de exoplanetas tipo-Júpiter. Os cientistas neste trabalho explicam que os movimentos (migrações planetárias) …

Continue lendo »

dez 10

WASP12b: um exoplaneta de grafite e diamante intriga cientistas

Embora grande parte dos mais de 500 exoplanetas, descobertos até hoje, sejam demasiado quentes para serem habitáveis, a probabilidade de descobrirmos um exoplaneta pequeno e frio o bastante sustentar a vida deverá aumentar à medida que a tecnologia melhora, nos próximos anos. Telescópios maiores e melhores deverão ajudar os astrônomos a decompor as atmosferas de …

Continue lendo »

maio 22

WASP 12b: exoplaneta da classe Júpiter quente é assassinado lentamente por estrela vampira

O exoplaneta mais aquecido já descoberto será também o de vida mais curta. Novas observações realizadas pelo dispositivo COS (Cosmic Origins Spectrograph) instalado recentemente do Observatório Espacial Hubble demonstram que este exoplaneta está condenado ser absorvido por sua estrela-mãe. Os cientistas estimam que dentro de 10 milhões de anos WASP-12b será integralmente consumido. O que …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!