Arquivo por tag: jato relativístico

jan 21

Abell 3411 versus Abell 3412: colisão de aglomerados de galáxias criou poderoso acelerador de partículas cósmicas

Astrônomos descobriram uma combinação de dois dos fenômenos mais poderosos do Universo, um buraco negro supermassivo em ação e a colisão de aglomerados de galáxias gigantes. A conjugação desses eventos criou um estupendo acelerador de partículas cósmicas. Combinando dados do Observatório de raios-X Chandra da NASA, do GMRT (Giant Metrewave Radio Telescope) na Índia, do …

Continue lendo »

fev 24

B3 0727+409: a radiação de fundo de micro-ondas do Big Bang permitiu a descoberta de jato relativístico emanado por quasar distante

Astrônomos usaram o Observatório de Raios-X Chandra da NASA para descobrir um jato emitido por um buraco negro supermassivo muito distante iluminado pela luz mais antiga do Universo. Esta descoberta mostra que os buracos negros com jatos poderosos podem ser mais comuns do que se pensava nos primeiros bilhões de anos após o Big Bang. …

Continue lendo »

fev 09

Pictor A: Astrônomos estudam a explosão do buraco negro em rádio galáxia muito, muito distante

A saga “Guerra nas Estrelas” caracterizou a fictícia máquina chamada de “Estrela da Morte”, a qual pode disparar raios poderosos de radiação no espaço. O Universo, no entanto, produz fenômenos que frequentemente sobrepujam o que a ficção científica pode conjurar. A rádio galáxia Pictor A é um desses objetos cósmicos impressionantes. Esta galáxia, localizada a …

Continue lendo »

maio 31

Buracos negros de galáxias em colisão emitem jatos que gritam em ondas de rádio

http://cdn.spacetelescope.org/archives/images/large/heic1511b.jpg

Na mais exaustiva pesquisa deste tipo até hoje executada, um time de cientistas encontrou uma relação concreta entre a presença de buracos negros supermassivos que geram jatos velozes que emitem sinais de rádio e a história da fusão das suas galáxias hospedeiras. Descobriu-se que quase todas as galáxias que contêm estes jatos estão ou em …

Continue lendo »

fev 19

Pulsar em fuga produz o jato de plasma mais longo observado na Via Láctea

O Observatório de Raios-X Chandra, da NASA, avistou um pulsar em fuga a grande velocidade de um remanescente de supernova e emitindo um gigantesco jato de partículas de alta energia – o mais longo jato de qualquer objeto na Via Láctea. O pulsar, um tipo de estrela de nêutrons, é conhecido como IGR J11014-6103 e …

Continue lendo »

out 23

Os Blazares e os jatos relativísticos

Jatos polares são freqüentemente encontrados em torno de objetos cósmicos com discos de acresção em rotação. Nós observamos a presença dos jatos tanto em estrelas recém nascidas como nos mortos pulsares (estrelas de nêutrons). Contudo, os jatos polares mais poderosos são os originados pelos discos de acresção ao redor dos buracos negros, sejam eles os …

Continue lendo »

jul 08

ESO e NASA revelam o mais poderoso microquasar já observado

Astrônomos combinaram observações a partir do VLT (Very Large Telescope) do ESO e do observatório espacial de raios-X Chandra da NASA e descobriram o mais poderoso par de jatos de matéria já vistos em um buraco negro de dimensão estelar. Este microquasar ejeta um par de potentes feixes de partículas que insuflam uma enorme bolha …

Continue lendo »

dez 26

Robert Gendler mostra os jatos enigmáticos da galáxia espiral NGC 1097

A galáxia espiral NGC 1097 reside na constelação do hemisfério sul Fornax, dista 45 milhões de anos luz da Terra e apresenta características que a tornam uma galáxia singular dentro do Universo observável. Quais são?

Continue lendo »

dez 21

FERMI registra a explosão de raios gama mais brilhante do Universo observável

Uma galáxia distante com um buraco negro supermassivo em seu centro tem estado  mais ativa recentemente, emitindo rajadas extremamente brilhantes de raios gama. As explosões de raios gama começaram em 15 de setembro de 2009, fazendo com que esta galáxia seja atualmente a fonte mais brilhante de raios gama no céu e aumentando seu próprio …

Continue lendo »

nov 24

Os buracos negros são as centrais de energia do Universo

As luzes mais brilhantes e energéticas do Universo freqüentemente procedem dos buracos mais negros do espaço profundo. Os buracos negros, chamados assim por que nem sequer a luz pode escapar de sua força gravitacional, só podem ser detectados através da sua influência sobre a matéria em sua volta. Embora os próprios buracos negros sejam invisíveis, …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!