Arquivo por tag: galáxia elíptica

fev 20

Revelando a origem e a natureza da periferia das megalópoles estelares

O mais detalhado estudo [1] da periferia de galáxias elípticas massivas a meio da idade atual do Universo foi feito por uma equipe internacional liderada por Fernando Buitrago, do IA (Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço [2] e da FCUL (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa). O estudo foi publicado na revista MNRAS (Monthly …

Continue lendo »

set 09

NGC 1316: depois das galáxias colidirem por Damian Peach

Os astrônomos se transformam em detectives quando tentam compreender o que causa surpreendentes visões cósmicas como a da galáxia NGC 1316. A investigação indica que a NGC 1316 é uma gigantesca galáxia elíptica que começou há cerca de 100 milhões de anos a devorar uma galáxia espiral vizinha de menor porte, a NGC 1317, visível logo acima da NGC 1316, …

Continue lendo »

jun 26

VLT do ESO mostra que a galáxia gigante M87 engoliu outra galáxia inteira no último bilhão de anos

Observações recentes obtidas com o Very Large Telescope do ESO mostraram que Messier 87, a galáxia elíptica gigante mais próxima de nós, engoliu uma galáxia inteira de tamanho médio no último bilhão de anos. Uma equipe de astrônomos conseguiu pela primeira vez seguir o movimento de 300 nebulosas planetárias brilhantes, encontrando evidências claras deste evento …

Continue lendo »

maio 24

Hubble revela as camadas da galáxia elíptica em concha NGC 3923

http://www.spacetelescope.org/images/heic1318a/

O objeto brilhante nesta imagem do Telescópio Espacial Hubble é a galáxia elíptica NGC 3923. Ela reside a cerca de 90 milhões de anos-luz de distância na constelação de Hydra. NGC 3923 é um exemplo de uma ‘galáxia em concha’ onde as estrelas em seu halo estão dispostas em camadas.

Continue lendo »

maio 18

Inédito: Astrônomos do CfA descobrem 11 galáxias em fuga

Nós sabemos sobre cerca de duas dúzias de estrelas em fuga e até já descobrimos um aglomerado estelar que escapava da sua galáxia para sempre. Agora, astrônomos descobriram 11 galáxias fugitivas, expulsas das suas casas (os aglomerados de galáxias) em rumo do vazio do espaço intergaláctico. O astrônomo Igor Chilingarian, membro do Centro Harvard-Smithsonian para …

Continue lendo »

abr 17

Como morrem as galáxias gigantes? De dentro para fora!

http://www.eso.org/public/images/eso1516a/

Observações do VLT e do Hubble mostram que a formação estelar “se desliga” primeiramente nos centros das galáxias elípticas Astrônomos mostraram pela primeira vez como é que a formação estelar em galáxias “mortas” (ou “estéreis”) se desligou há bilhões de anos atrás. O Very Large Telescope do ESO e o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA …

Continue lendo »

set 28

ALMA explica porque que as galáxias como a nossa Via Láctea são tão comuns no Universo

http://www.eso.org/public/images/eso1429a/

Durante décadas os cientistas acreditaram que da fusão de galáxias resultavam geralmente em galáxias elípticas. Agora, pela primeira vez, os pesquisadores, com o auxílio do complexo de radiotelescópios ALMA e um conjunto de outros radiotelescópios, descobriram evidências diretas de que as galáxias em fusão podem também dar origem a galáxias de disco e que este …

Continue lendo »

abr 07

ESO revela detalhes da galáxia assassina NGC 1316

Esta imagem capturada pelo telescópio MPG/ESO de 2,2 metros situado no Observatório de La Silla do ESO, mostra duas galáxias muito contrastantes: NGC 1316 e a sua companheira menor NGC 1317 (à direita). Estas duas galáxias encontram-se muito próximas uma da outra, mas têm histórias muito distintas. A pequena galáxia espiral NGC 1317 tem tido …

Continue lendo »

abr 02

Hubble ajuda a resolver o mistério da extinção das antigas galáxias ultracompactas

Usando os telescópios espaciais Hubble e Spitzer e o Observatório Espacial Herschel, os astrônomos conseguiram obter a sequência evolutiva das galáxias elípticas compactas que se tornaram ativas e se extinguiram no início da história do Universo. Com a ajuda dos sensores em infravermelho do Telescópio Espacial Hubble, os astrônomos conseguiram, pela primeira vez, uma amostra …

Continue lendo »

fev 12

ESO NTT revela os segredos da galáxia canibal Centaurus A

Usando uma técnica especial que utiliza imagens na faixa de frequências próximas do infravermelho, através telescópio do ESO New Technology Telescope (NTT) de 3,58 metros, os astrônomos foram capazes de olhar através das camadas espessas de poeira da galáxia canibal gigante Centaurus A. Assim, conseguiram nos revelar sua última refeição com detalhes inéditos: uma galáxia …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!