Arquivo por tag: FORS

ago 05

NGC 7098: Uma Visão dupla

Residindo a cerca de 95 milhões de anos-luz de distância, na direção da constelação do Oitante, situa-se a NGC 7098 — uma galáxia espiral intrigante com vários grupos de estruturas duplas. O primeiro destes grupos é o duo de estruturas em forma de anel que se enrolam à volta do coração nebuloso da galáxia, os braços espirais …

Continue lendo »

jun 24

NGC 4321: a majestosa galáxia espiral M100 capturada pelo Hubble e processada por Judy Schmidt

Majestoso em uma verdadeira escala cósmica, esse “Universo-Ilha” é apropriadamente classificado como uma galáxia espiral do tipo “Grand Design” [1]. Trata-se de uma portentosa galáxia com mais de 100 bilhões de estrelas com braços espirais bem definidos, em estruturas similares as da nossa galáxia Via Láctea, as da galáxia do Cata-Vento (M101) e as encontradas na galáxia …

Continue lendo »

maio 22

N55: Um belo exemplo de ornamentação estelar

Nesta imagem obtida com o Very Large Telescope do ESO (VLT), a luz emitida por estrelas azuis resplandecentes energiza o gás que restou da sua recente formação. O resultado é esta colorida nebulosa de emissão, chamada LHA 120-N55, na qual as estrelas se encontram “adornadas” por um manto de gás brilhante. Os astrônomos estudam este …

Continue lendo »

dez 30

Caçada XXL de Aglomerados de Galáxias – Observações obtidas com os telescópios do ESO fornecem terceira dimensão crucial para sondar o lado escuro do Universo

Os telescópios do ESO forneceram a uma equipe internacional de astrônomos a terceira dimensão na maior caçada até hoje das maiores estruturas gravitacionalmente ligadas do Universo — os aglomerados de galáxias. Observações obtidas pelo VLT e pelo NTT complementam as capturadas por outros observatórios em todo o mundo e no espaço, no âmbito do rastreamento …

Continue lendo »

dez 11

NGC 5291: Colisões cósmicas revisitadas pelo VLT do ESO

http://www.eso.org/public/images/eso1547d/

O Very Large Telescope do ESO, instalado no Observatório do Paranal, obteve novas imagens que revelam a espetacular consequência de uma colisão cósmica com 360 milhões de anos. Entre os restos da colisão encontra-se uma jovem galáxia anã rara e misteriosa. Esta galáxia dá aos astrônomos uma excelente oportunidade de aprender mais sobre galáxias semelhantes …

Continue lendo »

maio 27

RCW 34 – Uma celebração cósmica borbulhante

http://cdn.eso.org/images/large/eso1521a.jpg

Na região mais brilhante da nebulosa brilhante RCW 34 o gás é aquecido de forma dramática pelas estrelas jovens, expandindo-se na direção do gás mais frio à sua volta. Assim que o hidrogênio quente atinge o limite exterior da nuvem de gás, é liberado para o vácuo exterior tal como o conteúdo de uma garrafa …

Continue lendo »

error: Esse blog é protegido!