Arquivo por tag: formação

jul 15

IC 342 – a galáxia escondida revelada

Semelhante em tamanho as grandes e brilhantes galáxias espirais em nossa vizinhança, IC 342 dista meramente 10 milhões de anos luz na direção da constelação boreal Camelopardalis. Como um proeminente universo ilha, IC 342 seria, de outro modo, uma galáxia notável no céu noturno, mas ela permanece escondida da visão clara e é vislumbrada com grande dificuldade através de …

Continue lendo »

jun 12

Júpiter é provavelmente o planeta mais antigo do nosso Sistema Solar

Um grupo internacional de cientistas revelou que Júpiter é provavelmente o planeta mais antigo do nosso Sistema Solar. Analisando isótopos de tungstênio e molibdênio em meteoritos ferrosos, o time constituído por cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, Califórnia, EUA, juntamente com membros do Instituto de Planetologia da Universidade de Monastério (Institut fur Planetologie at the …

Continue lendo »

mar 02

Armadilhas espontâneas de poeira: astrônomos descobrem o elo perdido na formação planetária

Os astrônomos planetários julgam que os planetas se formam nos discos protoplanetários de gás e poeira que circundam as estrelas recém-nascidas. No entanto, os astrônomos têm lutado para construir uma teoria completa da sua origem que explicaria como é que a poeira inicial se desenvolve em sistemas planetários. Uma equipa francesa, britânica e australiana agora …

Continue lendo »

jan 28

N159 e a Nebulosa de Papillon na Grande Nuvem de Magalhães

Com cerca de 150 anos luz de diâmetro, este turbilhão cósmico de gás e poeira não está tão longe de nós. Essa ‘pintura cósmica’ reside ao sul da Nebulosa da Tarântula dentro da nossa galáxia satélite Grande Nuvem de Magalhães a cerca de 180.000 anos luz de distância.

Continue lendo »

nov 29

Westerhout 5: dentro da ‘Alma’ da formação estelar por José Jiménez Priego (Astromet)

Onde é que as estrelas se formam? Na maioria das vezes as estrelas se formam em regiões energéticas onde gás e poeira cósmica escura são atraídos em um processo de caótica mutilação. Essa astrofotografia de José Jiménez Priego (Astromet) revela estrelas massivas brilhantes, perto do centro de W5, a Nebulosa da Alma (também catalogada como: Westerhout 5, …

Continue lendo »

nov 19

IC 5070: um ‘poeirento’ Pelicano em Cygnus por Steve Richards (Chanctonbury Observatory)

O perfil reconhecível da Nebulosa do Pelicano reside a quase 2.000 anos luz na direção da constelação de Cygnus (O Cisne).

Continue lendo »

nov 16

IC 2163: ALMA revela um ‘tsunami’ de estrelas e gás que produziu magníficas “pálpebras galácticas”

Astrônomos utilizaram o complexo de radiotelescópios do ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) e descobriram um tsunami de estrelas e gás em colisão a meio caminho no disco da galáxia espiral IC 2163. Esta onda colossal de matéria, a qual foi disparada quando IC 2163 passou de raspão pela galáxia espiral NGC 2207, produziu arcos deslumbrantes …

Continue lendo »

nov 12

NGC 7822: estrelas jovens esculpem pilares de gases e poeira cósmica em Cepheus capturados por Steve Cannistra (StarryWonders)

Jovens e quentes estrelas juntamente com pilares cósmicos de gás e poeira se agrupam na NGC 7822. Residindo na fronteira de uma nuvem molecular gigante na direção da constelação de Cepheus, essa brilhante região de formação estelar se localiza a 3.000 anos luz da Terra. Dentro da nebulosa, bordas brilhantes e formatos escuros se destacam nessa colorida paisagem celeste.

Continue lendo »

nov 02

Anãs Vermelhas preferencialmente hospedam exoplanetas do tamanho da Terra e com muita água?

Simulações de computador foram levadas a cabo por astrofísicos da Universidade de Berna, estudando a formação de exoplanetas em órbita na zona habitável de estrelas baixa massa, tais como Proxima Centauri. Os resultados mostram que os exoplanetas nesses sistemas são mais propensos a terem aproximadamente do tamanho da Terra e provavelmente contêm grandes quantidades de …

Continue lendo »

set 22

Análise geoquímica revela que a Lua é formada pelo manto da proto-Terra realocado

Medições de um elemento em rochas terrestres e lunares refutou hipótese principal para a origem da Lua. Pequenas diferenças na segregação dos isótopos de potássio entre a Lua e a Terra estavam, até há pouco, escondidas fora dos limites de detecção das técnicas analíticas. Em 2015, no entanto, o geoquímico Kun Wang da Universidade de …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!