Arquivo por tag: Donald Brownlee

mar 03

A missão Stardust relata resultados que indicam as origens caóticas do Sistema Solar

Os astrônomos em geral estimam que os cometas sejam alguns dos corpos mais antigos e primitivos no Sistema Solar. Agora, novos resultados das análises das amostras do Cometa 81P/Wild 2 coletados pela sonda Stardust indicam que material do Sistema Solar interior foi transportado até as regiões de formação cometária pelo menos 1,7 milhões de anos …

Continue lendo »

fev 09

A Terra é Rara? Ou não?

Se as civilizações alienígenas ou a vida inteligente extraterrestre são realmente raras em nossa galáxia, a Via Láctea, então é provável que não iremos ouvir algo dos ET antes do Sol tornar-se uma gigante vermelha, em cerca de cinco bilhões anos, no entanto, se contatarmos os alienígenas inteligentes antes disso, nós teremos muitas boas conversas …

Continue lendo »

nov 25

Está a vida baseada no cianureto gerado pelos impactos espaciais?

A vida na Terra pode ter sido construída sobre uma fundação de cianureto que foi gerado nas ferozes passagens dos asteróides através da atmosfera. Este cenário foi sugerido por novos experimentos de impacto em altas velocidades. A Terra provavelmente não nasceu com uma grande quantidade de material orgânico (moléculas complexas de carbono que a vida …

Continue lendo »

ago 17

Aminoácido descoberto pela sonda Stardust no cometa Wild 2 causa comoção nos cientistas que buscam pela vida extraterrestre

Cientistas da NASA descobriram o aminoácido glicina, um dos blocos fundamentais da vida, em amostras do cometa Wild 2 recolhidas pela sonda Stardust [que significa ‘poeira das estrelas’] da NASA. A Glicina é um dos Blocos Fundamentais para a Vida “A glicina é um aminoácido usado pelos organismos vivos para construir proteínas e esta é …

Continue lendo »

mar 22

Existem outras civilizações? Elas também sonham em viajar para outras estrelas e mundos?

George Dvorsky defende uma forte opinião quanto à ‘hipótese da terra rara’ em seu blog Sentient Developments, referindo-se a esse tema como uma desilusão e contestando os motivos pelos quais a vida na galáxia é provável de ser incomum. O post lembra o livro que deu origem a tudo isso: Rare Earth: Why Complex Life is Uncommon in the Universe (Copernicus, 2000), escrito por Peter Ward e Donald Brownlee. Os autores do livro argumentam que a vida complexa (multicelular) na Terra só foi possível devido a uma incrível cadeia de circunstâncias acidentais. Ward e Brownlee defendem que grande parte da nossa galáxia é composta de ‘zonas mortas’.

O tema é complexo e envolve fatores como o lugar do planeta na zona habitável da galáxia (um assunto controverso), sua órbita em torno da sua estrela, seu tamanho, seus satélites, sua magnetosfera, suas placas tectônicas, e muito mais.

error: Esse blog é protegido!