Arquivo por tag: Chandra

jan 21

Abell 3411 versus Abell 3412: colisão de aglomerados de galáxias criou poderoso acelerador de partículas cósmicas

Astrônomos descobriram uma combinação de dois dos fenômenos mais poderosos do Universo, um buraco negro supermassivo em ação e a colisão de aglomerados de galáxias gigantes. A conjugação desses eventos criou um estupendo acelerador de partículas cósmicas. Combinando dados do Observatório de raios-X Chandra da NASA, do GMRT (Giant Metrewave Radio Telescope) na Índia, do …

Continue lendo »

dez 26

NGC 6357: a Maravilhosa Fábrica Estelar por L, Townsley et al (UKIRT), Chandra e Spitzer

Por razões ainda desconhecidas, a região NGC 6357 está formando as mais massivas estrelas até então descobertas. Essa região complexa de maravilhas da formação estelar consiste em numerosos filamentos de gás e poeira cósmica envolvendo gigantescas cavidades onde residem massivos aglomerados estelares. Os padrões intricados são causados por interações complexas entre os ventos interstelares, pressões de …

Continue lendo »

dez 13

O ‘Pequeno Amigo’ da fonte de raios-X Cygnus X-3: Chandra revela uma estrela que está nascendo

Um retrato do ciclo de vida estelar foi capturado na nova imagem capturada pelo Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente como o SMA (Smithsonian’s Submillimeter Array). A imagem retrata uma nuvem que está ‘dando à luz’ a estrelas, a qual foi observada refletindo raios-X emanados por Cygnus X-3. Cyg X-3 é uma fonte de …

Continue lendo »

nov 08

NGC 281: retratos da nebulosa PacMan por Martin Pugh e Ken Crawford (Rancho Del Sol Observatory)

Olhe através da estrutura cósmica catalogada como NGC 281 e você possivelmente deixará de reparar nas estrelas do aglomerado estelar aberto IC 1590. No entanto, formado dentro da nuvem NGC 281, o jovem aglomerado de estrelas massivas IC 1590 é o verdadeiro responsável pelo persuasivo brilho nebular. As atraentes formas flutuando nesse retrato da nebulosa NGC 281 são colunas …

Continue lendo »

nov 07

Colaboração “Frontier Fiels” revela dados das galáxias primordiais usando lentes gravitacionais

Na caçada permanente pelas galáxias primordiais do Universo, o Telescópio Espacial Spitzer da NASA concluiu suas observações para o programa “Frontier Fields”. Este projeto ambicioso combinou o poder de todos os três grandes observatórios espaciais da NASA (Spitzer, Hubble e Chandra) para voltar no espaço e no tempo o máximo que a tecnologia atual permite.

Continue lendo »

nov 01

Astrônomos descobrem um par incomum de fontes ultra luminosas de raios-X

Astrônomos descobriram um par de objetos cósmicos extraordinários que explodem dramaticamente irradiando em raios-X. Esse achado, atingido com ajuda do Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o Observatório XMM-Newton da ESA, pode representar uma nova classe de eventos explosivos encontrados no espaço. As misteriosas fontes de raios-X tornam-se cerca de cem vezes mais …

Continue lendo »

out 06

XJ1417+52: Observatórios de raios-X Chandra e XMM-Newton encontram evidências de um buraco negro errante

Uma equipe de astrônomos utilizou o Observatório de raios-X Chandra da NASA juntamente com o observatório de raios-X XMM-Newton da ESA para descobrir uma fonte de raios-X extremamente luminosa e variável localizada fora do centro da sua galáxia hospedeira. Este objeto peculiar pode ser um buraco negro errante oriundo de uma pequena galáxia colidiu com …

Continue lendo »

set 16

Markarian 1018: buraco negro supermassivo esfomeado devolve galáxia brilhante à escuridão

O mistério da estranha mudança de comportamento de um buraco negro supermassivo situado no centro de uma galáxia distante foi resolvido por uma equipe internacional de astrônomos com o auxílio do Very Large Telescope do ESO, do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA e do Observatório de Raios X Chandra da NASA. A equipe concluiu que …

Continue lendo »

set 12

O magnetar jovem em RCW 103 é o pulsar com o período mais lento já detectado até hoje

Através da utilização do observatório de raios-X Chandra da NASA junto com outros observatórios de raios-X, os astrônomos encontraram evidências de um objeto que é provavelmente um dos pulsares (estrela de nêutrons em rotação) mais extremos, até então já detectado. A fonte de raios-X exibe propriedades de uma estrela de nêutrons altamente magnetizada, denominada magnetar, …

Continue lendo »

maio 30

Cientistas usando os grandes telescópios da NASA encontram pistas de como os buracos negros supermassivos se formaram tão rapidamente no Universo primordial

Usando dados dos Grandes Observatórios da NASA (Chandra, Hubble e Spitzer), os astrônomos descobriram as melhores evidências, até à data, das sementes cósmicas no Universo primordial que criaram os buracos negros supermassivos. Os pesquisadores combinaram dados do Observatório de raios-X Chandra, do Telescópio Espacial Hubble e do Telescópio Espacial Spitzer para identificar estas possíveis sementes …

Continue lendo »

Posts mais antigos «