Arquivo por tag: aglomerado estelar

fev 14

NGC 2237: a ‘Nebulosa Roseta’ por Evangelos Souglakos

Se a Nebulosa Roseta (Rosette Nebula) tivesse outro nome pareceria tão delicada? A insípida designação dada pelo New General Catalog (sigla NGC) da nuvem cósmica NGC 2237 não parece influenciar e diminuir a beleza da aparência dessa nebulosa de emissão em formato de flor. Dentro da nebulosa reside um aglomerado estelar aberto com brilhantes estrelas, designado como NGC 2244. As estrelas por lá se formaram há ‘apenas’ …

Continue lendo »

fev 10

IC 1805: O jovem aglomerado estelar Melotte 15 dentro da Nebulosa do Coração por Steve Cooper

Nuvens cósmicas formam formatos fantásticos nas regiões centrais da nebulosa de emissão IC 1805. As nuvens são esculpidas pelos ventos estelares e pela forte radiação emanada pelas estrelas quentes e massivas presentes no recém-nascido aglomerado estelar Melotte 15. De fato, Melotte 15 é um aglomerado estelar com ‘apenas’ 1,5 milhões de anos de idade e suas estrelas estão espalhadas …

Continue lendo »

nov 29

Westerhout 5: dentro da ‘Alma’ da formação estelar por José Jiménez Priego (Astromet)

Onde é que as estrelas se formam? Na maioria das vezes as estrelas se formam em regiões energéticas onde gás e poeira cósmica escura são atraídos em um processo de caótica mutilação. Essa astrofotografia de José Jiménez Priego (Astromet) revela estrelas massivas brilhantes, perto do centro de W5, a Nebulosa da Alma (também catalogada como: Westerhout 5, …

Continue lendo »

nov 17

IC 1805: as nebulosas do Coração e Alma por David Lindemann

Estariam ‘o coração e a alma’ de nossa galáxia situados em Cassiopeia? Obviamente que não, mas é lá que residem duas brilhantes nebulosas de emissão apelidadas de ‘Coração e Alma’ (Heart and Soul).

Continue lendo »

nov 09

NGC 3603: um notável aglomerado próximo com surto explosivo de formação estelar

Situado a ‘apenas’ 20.000 anos luz do nosso Sol, o aglomerado estelar NGC 3603 reside no braço espiral próximo de Carina, em nossa Galáxia Via Láctea. NGC 3603 é bem conhecido dos astrônomos como uma das maiores regiões de formação estelar em nossa galáxia. O aglomerado estelar aberto central contém milhares de estrelas mais massivas que o nosso Sol, …

Continue lendo »

nov 08

NGC 281: retratos da nebulosa PacMan por Martin Pugh e Ken Crawford (Rancho Del Sol Observatory)

Olhe através da estrutura cósmica catalogada como NGC 281 e você possivelmente deixará de reparar nas estrelas do aglomerado estelar aberto IC 1590. No entanto, formado dentro da nuvem NGC 281, o jovem aglomerado de estrelas massivas IC 1590 é o verdadeiro responsável pelo persuasivo brilho nebular. As atraentes formas flutuando nesse retrato da nebulosa NGC 281 são colunas …

Continue lendo »

out 23

M45: o poeirento aglomerado estelar das Plêiades por Hermann von Eiff

Você já viu o aglomerado estelar das Plêiades? Mesmo que já tenha observado, provavelmente você não notou o quanto esse aglomerado estelar é poeirento, como está retratado nessa foto. As Plêiades talvez sejam o mais famoso aglomerado estelar aberto observável nos céus. Suas estrelas podem ser facilmente vistas sem o auxílio de binóculos mesmo em uma cidade …

Continue lendo »

set 24

As Nebulosas da Alma e do Coração e o Aglomerado Duplo por Adrien Klamerius

Esse rico campo estelar se espalha por quase 10 graus nos céus na direção das constelações boreais de Cassiopeia e Perseus. A esquerda vemos a nuvem cósmica IC 1805/IC 1848, popularmente conhecida como as Nebulosas da “Alma e Coração” (Heart and Soul nebulae). Fáceis de visualizar, à direita, estão os aglomerados estelares NGC 869 e NGC …

Continue lendo »

set 17

Terzan 5: astrônomos do ESO descobrem relíquia fóssil rara da Via Láctea primordial

Com auxílio do Very Large Telescope do ESO e outros telescópios, uma equipe internacional de astrônomos descobriu um resto fossilizado da Via Láctea primordial, que contém estrelas com idades muito diferentes. Este sistema estelar é parecido com um aglomerado globular, mas ao mesmo tempo diferente dos outros aglomerados já conhecidos, pois contém estrelas muito similares …

Continue lendo »

ago 11

ESO: Um laboratório estelar em Sagitário

O pequeno punhado de estrelas azuis brilhantes situado em cima e à esquerda nesta imagem enorme do ESO, com 615 milhões de pixels, é o laboratório cósmico perfeito para estudar a vida e a morte das estrelas. Conhecido por Messier 18, este aglomerado estelar contém estrelas que se formaram ao mesmo tempo a partir da …

Continue lendo »

Posts mais antigos «