Arquivo por categoria: Galáxias

maio 25

Estrela colapsou e desapareceu, dando origem a um buraco negro

Astrônomos viram como uma estrela enorme e moribunda provavelmente renasceu criando um buraco negro. Foi necessário o poder combinado do LBT (Large Binocular Telescope) e dos telescópios espaciais Hubble e Spitzer da NASA para estudar o remanescente da estrela que pereceu, para constatarem que o astro desapareceu completamente de vista. A estrela N6946-BH1 sucumbiu com …

Continue lendo »

maio 24

Galáxias recentemente descobertas com rápido crescimento podem elucidar enigma cosmológico – astrônomos mostram imagens da mais antiga fusão cósmica

Astrônomos descobriram um novo tipo de galáxia no Universo Primordial, menos de um bilhão de anos após o Big Bang. Estas galáxias estão formando estrelas a um ritmo cem vezes superior ao da nossa própria Via Láctea. A descoberta poderá explicar uma descoberta anterior: uma população de galáxias surpreendentemente massivas 1,5 bilhões de anos após …

Continue lendo »

maio 23

Uma visão na direção da grande galáxia espiral M101 por Laszlo Bagi

A enorme e bela galáxia espiral M101 é uma das últimas entradas no famoso catálogo do astrônomo Charles Messier, mas, definitivamente, ela não tem pequena importância. M101 possui um diâmetro  de 170.000 anos-luz. Trata-se de uma galáxia de grande porte, com quase duas vezes o diâmetro da Via Láctea.

Continue lendo »

maio 16

Astrônomos perseguem buraco negro supermassivo em fuga

Em geral, os buracos negros supermassivos são objetos estacionários, residentes habituais nos núcleos da maioria das galáxias. Em contrapartida, através dos dados fornecidos pelo Observatório de raios-X Chandra da NASA e outros telescópios, os astrônomos recentemente caçaram o que deve ser um buraco negro supermassivo em fuga. Contudo, esse possível buraco negro desertor, que possui …

Continue lendo »

maio 12

Arp 273: Hubble captura UGC 1810, uma galáxia altamente interativa com sua companheira UGC 1813

O que está acontecendo nessa galáxia espiral? Embora vários detalhes permaneçam incertos, os astrônomos certamente julgam que se relacionam com a batalha em andamento entre a galáxia maior e sua vizinha menor. A galáxia em destaque na imagem (UGC 1810) juntamente com sua parceira em colisão (UGC 1813 – que não aparece na imagem acima) é uma dupla conhecida …

Continue lendo »

maio 11

Galáxias em processo de fusão apresentam seus buracos negros supermassivos envolvidos e altamente obscurecidos por matéria circunvizinha

Os buracos negros têm, erroneamente, uma má reputação na cultura popular pois engolem tudo o que conseguem apanhar. Na realidade, as estrelas, gases e poeiras podem orbitar os buracos negros durante bem longos períodos de tempo, até que uma grande perturbação pode eventualmente empurrar esse material para dentro do buraco negro. A fusão entre duas …

Continue lendo »

maio 03

O telescópio VISTA enxerga através do véu de poeira da Pequena Nuvem de Magalhães

A Pequena Nuvem de Magalhães é uma galáxia proeminente que pode ser vista a olho nu no céu austral. No entanto, os telescópios que operam no visível não conseguem obter uma visão clara desta galáxia, devido às nuvens de poeira interestelar que a obscurecem. As capacidades infravermelhas do VISTA permitiram aos astrônomos observar a miríade …

Continue lendo »

abr 24

NuSTAR elucida o mistério da origem da fonte dominante de raios-X de alta energia em Andrômeda

A galáxia de grande porte mais próxima da Via Láctea, Andrômeda, contém uma fonte dominante de emissão de raios-X altamente energéticos, mas a identidade dessa fonte permanecia desconhecida até então. Como reportado em estudo recente, a missão NuSTAR (Nuclear Spectroscopic Telescope Array) da NASA localizou um objeto responsável por esta radiação de alta energia. Segundo …

Continue lendo »

mar 30

O VLT do ESO encontra novo tipo de formação estelar: estrelas nascidas em ventos de buracos negros supermassivos

Com o auxílio do Very Large Telescope do ESO foram descobertas estrelas formando-se nos poderosos fluxos de matéria lançados por buracos negros supermassivos, situados nos núcleos de galáxias. Tratam-se das primeiras observações confirmadas de estrelas em formação neste tipo de ambiente extremo. A descoberta tem muitas consequências para a compreensão da evolução e propriedades das …

Continue lendo »

mar 17

A matéria escura era menos influente no Universo primordial?

Observações do VLT sugerem que as galáxias distantes são dominadas pela matéria ordinária Novas observações indicam que galáxias massivas que estavam formando estrelas durante o pico da formação galáctica, há 10 bilhões de anos atrás, eram dominadas por matéria “bariônica”, ou seja, matéria normal. Este fato está em perfeito contraste com as galáxias atuais, onde …

Continue lendo »

Posts mais antigos «

error: Esse blog é protegido!