Arquivo por categoria: Astrofotografia

fev 25

As ‘quase’ três caudas do cometa 2P/Encke por Fritz Helmut Hemmerich

Como pode um cometa ter três caudas? Normalmente, um cometa abriga duas caudas: Uma cauda iônica formada de partículas eletricamente carregadas emitidas pelo cometa e empurradas para fora pelo vento solar; Uma cauda de poeira que abriga diminutos escombros que orbitam atrás do cometa, mas que também sofrem alguma interferência do vento solar. Contudo, frequentemente, um cometa vai apresentar aos …

Continue lendo »

fev 24

A portentosa galáxia espiral NGC 3621 capturada pelo ESO e Hubble, processada por Robert Gendler e Roberto Colombari

Muito além do grupo local de galáxias reside a espiral NGC 3621, uma galáxia ‘grand design‘, situada a cerca de 22 milhões de anos luz de distância de nós. Encontramos a NGC 3621 na constelação meridional de Hydra, a maior de todas as constelações nos céus. Os magníficos braços espirais desse portentoso universo-ilha estão carregados de aglomerados de estrelas luminosas azuis, …

Continue lendo »

fev 18

A Tulipa e o microquasar Cygnus X-1 por Ivan Eder

Capturando uma brilhante região de emissão, essa visão telescópica retrata uma área ao longo do plano da nossa galáxia Via Láctea na direção da constelação rica em nebulosas conhecida por Cygnus, o Cisne. Popularmente conhecida como a nebulosa da Tulipa, essa luminosa nuvem de gás interestelar e poeira cósmica consta do catálogo de 1959 produzido pelo astrônomo Stewart Sharpless com a …

Continue lendo »

fev 15

OH 231.8+04.2: a Nebulosa do ‘Ovo Podre’ revelada pelo Hubble e processada por Judy Schmidt

Nuvens em expansão revelam espetacularmente o fim da vida útil da estrela central na Nebulosa Calabash. Uma estrela antes ordinária, similar ao nosso Sol, esgotou o seu combustível nuclear, causando que suas áreas centrais se contraíssem e criassem uma anã branca. Durante o processo de contração, parte da energia liberada fez com que suas camadas externas se …

Continue lendo »

fev 14

NGC 2237: a ‘Nebulosa Roseta’ por Evangelos Souglakos

Se a Nebulosa Roseta (Rosette Nebula) tivesse outro nome pareceria tão delicada? A insípida designação dada pelo New General Catalog (sigla NGC) da nuvem cósmica NGC 2237 não parece influenciar e diminuir a beleza da aparência dessa nebulosa de emissão em formato de flor. Dentro da nebulosa reside um aglomerado estelar aberto com brilhantes estrelas, designado como NGC 2244. As estrelas por lá se formaram há ‘apenas’ …

Continue lendo »

fev 12

A Nebulosa da Borboleta capturada pelo Hubble e processada por Jesús M.Vargas e Maritxu Poyal

Os brilhantes aglomerados e nebulosas nos céus da Terra são usualmente chamados por flores ou insetos. As asas dessa borboleta cósmica se espalham por 3 anos luz. Essa nebulosa foi catalogada como NGC 6302. A estrela moribunda central dessa nebulosa tem uma temperatura estimada de 250.000 graus Celsius. A estrela à morte progenitora dessa nebulosa planetária específica se tornou excepcionalmente …

Continue lendo »

fev 10

IC 1805: O jovem aglomerado estelar Melotte 15 dentro da Nebulosa do Coração por Steve Cooper

Nuvens cósmicas formam formatos fantásticos nas regiões centrais da nebulosa de emissão IC 1805. As nuvens são esculpidas pelos ventos estelares e pela forte radiação emanada pelas estrelas quentes e massivas presentes no recém-nascido aglomerado estelar Melotte 15. De fato, Melotte 15 é um aglomerado estelar com ‘apenas’ 1,5 milhões de anos de idade e suas estrelas estão espalhadas …

Continue lendo »

fev 08

ESO/VLT: Gato Celeste encontra Lagosta Cósmica

Os astrônomos estudam há muito tempo as nuvens cósmicas brilhantes de gás e poeira catalogadas com os nomes NGC 6334 e NGC 6357, sendo esta nova imagem gigante, obtida com o Telescópio de Rastreamento do Very Large Telescope do ESO, apenas uma das mais recentes. Com cerca de dois bilhões de pixels trata-se de uma …

Continue lendo »

fev 06

Arp 142: a galáxia do Golfinho pelo Hubble

O que está acontecendo com essa galáxia espiral? Há cerca de algumas centenas de milhões de anos a galáxia NGC 2936 (a que aparece acima nesse grupo de duas grandes galáxias em destaque) era provavelmente uma espiral normal, girando e criando estrelas, sozinha no espaço. Então, a NGC 2936 se aproximou dramaticamente da massiva galáxia elíptica NGC 2937 …

Continue lendo »

jan 31

Novas imagens feitas pelos rasantes da Cassini revelam detalhes inéditos dos seus anéis

Fotografias recém-publicadas pelo time da missão Cassini mostram a incrível proximidade com que a espaçonave robótica está observando os deslumbrantes anéis criogênicos de Saturno. Cassini está agora na sua nova fase de “pastoreio dos anéis”. As fantásticas imagens são algumas das visões mais próximas das partes externas dos anéis principais, fornecendo aos astrônomos uma oportunidade …

Continue lendo »

Posts mais antigos «